Mensagens

A Samaritana (Parte 1)

7 de Fevereiro 2015

A Samaritana (Parte 1)

Um copo em troca de uma Fonte

É característico do ser humano estar tão assoberbado com os seus problemas e as questões do dia a dia que não consegue ver mais nada… pois, quantas vezes aquela oportunidade que você tanto queria lhe bateu à porta e você não soube reconhecê-la?

Teria sido um acaso da vida daquela mulher e do Ministério do Senhor Jesus, naquele preciso momento, ambos se encontrarem naquele poço, Ele cansado e com sede e ela, precisamente, quando se preparava para ir buscar água? Com certeza que não… todavia, o resultado daquele encontro, o diálogo que partiu daquele momento definiu não só a vida dela, como do resto da população daquela cidade.

Em primeiro lugar vamos analisar, quem era aquela mulher? Primeiramente, a única referência que temos é quanto à sua origem: ELA ERA SAMARITANA! Não tem nome, apelido, idade, aparência ou profissão… dela apenas se sabe a nacionalidade, que tinha sido casada 5 vezes e que o seu atual homem não era seu, e o que estava prestes a fazer: a ir tirar água à fonte.

Porém, ao interagir com Jesus, a sua postura revelou tudo sobre ela, que era feminista, nacionalista, incrédula, religiosa, amargurada, traumatizada e desconfiada… por isso, o Senhor Jesus estava ali… só por causa dela. E, também por isso, lhe disse: “dá-me de beber…”, porém, ela não compreendeu o verdadeiro motivo daquele pedido.

[floatquote]Estava ali a fonte de Jacó. Cansado da viagem, assentara-se Jesus junto à fonte, por volta da hora sexta. 7 Nisto, veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber.[/floatquote]

O machismo, o feminismo, a religiosidade, o dinheiro, a fama, os bens, os diplomas, os traumas… o Senhor Jesus está cansado de ver as pessoas insistirem em algo que nunca poderá saciar a sua alma, o seu espírito: as coisas deste mundo. Por isso, Ele pediu: “Dá-me de beber”… um copo d’agua, mas, aquela mulher negou o Seu pedido, que representa tudo isso, a entrega das nossas realizações, frustrações, ideais, teimas, fantasias, quando, em contrapartida, o que Ele nos oferece é uma verdadeira Fonte. Um copo tem limites, contudo, uma fonte não, pois ela jorra água a todo o momento, de forma ininterrupta, independentemente do clima ou das circunstâncias.

Não deveríamos ser nós, que temos as muitas necessidades, a pedir-lhe? No entanto, Ele pede o que só nós Lhe podemos dar, que é uma única coisa: A nossa vida em Obediência! E ninguém pode se entregar, obedecer por alguém e, muitos menos, a Deus. Mesmo porque, ninguém e Deus jamais aceitaria.

[floatquote]Pois Seus discípulos tinham ido à cidade para comprar alimentos. 9. Então, lhe disse a mulher samaritana: Como, sendo tu judeu, pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se dão com os samaritanos)?[/floatquote]

O Senhor Jesus não fez acepção de pessoas, pois ali estava Ele, a dirigir-se a uma mulher, que, para além disso, pertencia a um povo que não se dava com o judeus. Jesus, cheio de compaixão e misericórdia, foi àquele lugar especialmente para lhe dar a Oportunidade da sua vida, de se libertar, perdoar e Salvar. Mas ela, por causa da religiosidade, tradições, traumas, erros cometidos… O rejeitava e negava-O algo tão simples, como um copo de água. Assim, somos nós seres humanos, quando valorizamos as coisas fúteis e passageiras desta vida, quando não queremos deixar o passado triste de deceções e traumas. Tornamo-nos egoístas, materialistas, fanáticos… porém, só nós podemos “dar este copo com água”, ninguém o pode fazer por si, pois ele diz respeito às vivências de cada um.

[floatquote]Replicou-lhe Jesus: Se conheceras o Dom de Deus e quem é o que te pede: dá-me de beber, tu Lhe pedirias, e Ele te daria Água Viva. (João 4.6-10)[/floatquote]

O que seria o Dom de Deus? É o Espírito Santo, o que Ele deseja dar a cada um de nós! Deus quer-nos dar muito mais do que um corpo saudável, que uma vida sentimental realizada, que uma família unida, que uma vida económica bem-sucedida, que uma posição na Igreja, que conhecimentos teológicos ou diplomas nas paredes… ELE QUER-NOS DAR O SEU ESPÍRITO, porque é isso que nos torna uma Fonte a jorrar para a Vida Eterna!

Se as pessoas conhecessem o Espírito Santo, elas seriam Transformadas, Realizadas, Seguras e Salvas. Os crentes, os religiosos, sabem o que está escrito, mas não conhecem a Deus porque não receberam ao Espírito Santo… e por que motivo não O receberam? Porque negam ao Senhor Jesus um “copo com água”… que seria o arrependimento, abandono do erro, a capacidade de perdoar, de ser verdadeiro, justo, misericordioso, fiel, grato a Deus.

O Senhor Jesus Disse que para receber o Espírito Santo, deve-se priorizar, pedir, buscar a Vida Eterna, a Salvação sobre todas as coisas.

É disso que trata esta passagem… porque quem já está Salvo, quer que os seus familiares e amigos também o sejam!

Deus é contigo e eu também!
Bjf


12 comments
  1. sonia Pinto

    Boa tarde Sr. Bispo Júlio O ser humano procura em todas as coisas futeis deste mundo o preenchimento e realização pessoal, mas a questão é que o objectivo de Jesus é que sejamos preenchidos e cheios pelo seu espirito pois como o Sr. Bispo fala " é isso que nos torna uma Fonte a jorrar para a Vida Eterna!" Aquela mulher samaritana teve de abandonar a o seu "copo" (feminista, nacionalista, incrédula, religiosa, amargurada, traumatizada e desconfiada) para ser fonte Agua Viva . Sonia Pinto

  2. Elizabete Sousa(FJE-Setúbal

    Boa tarde bispo, essa historia da mulher samaritana chama-me muito a atenção porque , Deus esperou aquele momento para que estivesse a sós com aquela mulher e ela puder falar o que estava dentro dela, pois Deus apenas lhe pediu um como de agua, que significa a nossa transparecia para com ele falarmos tudo o que vai dentro de nós,só assim poderemos ser livres de tudo que nos acusa.

  3. Maria Clara Brites- Holanda/Amsterdam

    Boa noite Bispo, Conhecer a palavra muitos conhecem. Mas ter o Senhor Jesus dentro de si,são poucos! Obrigado por compartilhar,pois a história desta mulher está. Me ajudando muito e abrindo meus olhos. Na fé Clara Brites/Holanda-Amsterdam

  4. Airon Jaso/Macapá-Ap

    O apego às futilidades é o maior dos obstáculos para a salvação, um exemplo disso foi o jovem rico, preferiu suas riquezas do que o maior tesouro de todos, a salvação.

  5. Fábio Medeiros - FJE Açores - S.Miguel

    Tal como aconteceu com Abrão, assim aconteceu com aquela Samaritana, ambos tinham mente fechada, e nós não fomos diferentes antes de receber a Revelação da Fé, por isso agora tendo-a, não podemos desprezá-la, pois dependemos dela para saciarmos nossas "sedes".

  6. Diarelly Granviel

    Goedemiddag Bishop, Dit verhaal is leerzaam en inspirerend. Ik heb het vaker gelezen, maar dit keer geeft het mij meer kracht en voeding om mezelf verder te analyseren. Hoe vaak heb ik de Here Jezus een beetje water geweigerd, omdat ik op dat moment met iets anders bezig was? Hij spreekt dagelijks door Zijn woord, maar geef ik wel gehoor aan Zijn stem? Geef ik wel gehoor aan wat Hij tegen me zegt? Deze 21 dagen van de vasten geeft God mij een nieuwe gelegenheid om beter te luisteren en te doen wat Hij aan mij vraagt en wat Hij van mij verwacht. Bedankt voor de boodschap Diarelly Granviel Den Haag Holanda

  7. Ana Carolina

    Muitíssimo Forte!!!!!!!!!!!!!

  8. Boa noite Bispo, essa mensagem e muito forte em primeiro refiro a mim, por muitas das vezes que eu tenho negado um copo de agua para o sr. JESUS por não ter da ouvido a sua vos atravez dos conselhos que vem do altar querendo eu fazer do meu jeito as coisas que nos e orientados, e também quero me referir as pessoas que sempre que e evangelizado que o sr. JESUS pede lhe um copo de agua (que e vá na igreja que vou transformar a sua vida a resposta que vem EU NÃO TENHO TEMPO ) mas quem nos deu vinte quatro horas?

  9. Eurico

    OLA BISPO, esta mensagem é de salvação mesmo! !! Por veses esse espírito de samaritana se manifesta "inconscientemente", a partir do momento em que damos ouvido a nossa carne; Obrigado e continuação!!

  10. Maria Fernanda - Rusia

    ¨ o Senhor Jesus está cansado de ver as pessoas insistirem em algo que nunca poderá saciar a sua alma, o seu espírito¨ As coisas deste mundo¨como o sr. fala no post;e tao certo bispo! Nestas coisas superficiais um dia tambem eu me escondi para nao revelar a incertidumbre e o vazio que carregava na minha alma.As veces fico olhando para as pessoas,para os jovens,e es tao evidente que esse oco que tentan encher com tanta coisa so vai ficando maior cada vez. Vamos a achar o Caminho deles achar o que e Certo! Muito obrigada!

  11. Vanessa

    Hum Sr Bispo com está explicação entendi a parte por ela negar um copo de água ao senhor Jesus, eu lia está passagem e ñ compreendia agora ficou mais claro, pois eu tb preciso abrir mão de muitas coisa algumas estão claras e quero me descobrir mais e mais.

  12. Denise Figueiredo. IURD- Sevilla- España.

    a cada dia que venho ler suas mensagens aprendo sim mais , Deus o abençoe a cada dia mais. "É disso que trata esta passagem… porque quem já está Salvo, quer que os seus familiares e amigos também o sejam Esta a minha missão atual e de sempre.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.