Blog Destaque Mensagens

Sofrimentos e recompensas da vida cristã

5 de February 2024

Sofrimentos e recompensas da vida cristã

Quando li pela primeira vez esta passagem, algo me foi revelado e quero compartilhar com você, leia:

“Mas que diz? A PALAVRA ESTÁ JUNTO DE TI, NA TUA BOCA E NO TEU CORAÇÃO; esta é a palavra da fé, que pregamos,
A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus O ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.
Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. Porque a Escritura diz: TODO AQUELE QUE NELE CRER NÃO SERÁ CONFUNDIDO.” Romanos 10:8-11

Nesta passagem, vi claramente que não precisamos ter medo de confessar abertamente, publicamente, o Senhor Jesus como o Único e Suficiente Salvador.

Assim como vimos nos versículos acima, no capítulo 10 do livro de Mateus, Deus deixa claro o motivo pelo qual nos chamou, e ainda nos deu várias razões e promessas pelas quais devemos ser ousados em nosso testemunho sobre Ele. Podemos esperar recompensas, mas também “sofrimentos”.

“Não é o discípulo mais do que o Mestre, nem o servo mais do que o seu Senhor.
Basta ao discípulo ser como seu mestre, e ao servo como seu senhor. Se chamaram Belzebu ao pai de família, quanto mais aos seus domésticos?” Mateus 10:24,25

Jesus Cristo foi perseguido enquanto estava servindo e ministrando aqui na Terra, então, por que nós, como servos e imitadores de Cristo, deveríamos esperar algo diferente? Se Ele mesmo disse que os discípulos não são maiores que o Mestre.

O Senhor Jesus foi acusado de ser cúmplice de Satanás (Belzebu significa senhor do esterco, senhor das trevas-cego, senhor da derrota trina: no céu, na terra e abaixo da terra), que absurdo!

Mas Jesus disse que nós, Seus servos e seguidores, seremos chamados pelo mesmo nome e até de coisas piores. No entanto, devemos considerar isso um privilégio, porque proclamamos o Senhor Jesus.

Contudo, a nossa guerra é espiritual! Por isso, ainda que você seja atribulado e perseguido por proclamar o Nome do Senhor Jesus, ser fiel aos Seus Mandamentos e levar a Salvação àqueles que estão ao seu redor, lembre-se de guardar a Palavra tanto na sua boca como também no seu coração, ou seja, na sua alma, nas suas atitudes, no seu testemunho diário. Pois muito mais que falar do Senhor Jesus, devemos mostrar Suas obras em nossa vida, todos os dias, como testemunhas vivas.

Inclusive, ainda que você seja perseguido, blasfemado, odiado, até por aqueles que dizem ser de Deus, mantenha-se firme na fé, apegado ao primeiro amor, e siga o mesmos conselhos que o apóstolo Paulo deu a Timóteo nos seus últimos escritos:

“Tu pois, sofre as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo.” II Timóteo 2:3

“Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste…” II Timóteo 3:14

“… tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério.” II Timóteo 4:5

Ainda que você sofra as aflições por causa do evangelho;
Ainda que você veja muitos desistirem e abandonarem a fé;
Ainda que os seus desejos terrenos até o momento não tenham sido realizados…
PERMANEÇA FIRME, OLHANDO SOMENTE PARA JESUS!

E lembre-se: nos veremos na IURD ou nas Nuvens!

Bispo Júlio Freitas

previous post

5 de fevereiro

next post

6 de fevereiro