Não Desista! Vídeos

Não Desista! 24/04/14

24 de Abril 2014

Ver um homem que não pára em um trabalho; que gasta o salário no àlcool e agride a mulher é muito mau, mas… Pior que isso, é ver uma mulher com esses mesmos problemas.

Ilda era uma pessoa instável e agressiva que, por onde passava, colhia confusão! Ilda não se deixou dominar pelos pensamentos de colocar um fim à sua vida. Apesar de aparentemente ela demonstrar ser uma pessoa orgulhosa, interiormente ela sentia vergonha pelo que fazia e por isso lutou para hoje ser um exemplo para a sua família.

Faça como a ilda, não deixe que a vergonha que sente agora o impeça de tornar-se uma pessoa exemplar.

[iframe width=”600″ height=”400″ src=”//www.youtube.com/embed/tPKLhIRaHzI”]

Anterior

24 de abril

Seguinte

25 de abril


6 comments
  1. Felipe Silva

    Bispo, qual o nome do fundo musical?

  2. Felipe

    Bispo, qual o nome do fundo musical? Obrigado

  3. Micael Ferreira - FJE Alcobaça

    Boa noite, um bom testemunho, o Centro de Ajuda tem realizado um óptimo trabalho. Deus pode transformar o carácter de quem se entregar a ele de coração. Procure um Centro de Ajuda mais próximo de si. Deus abençoe e até uma próxima.

  4. Joana Custódio - FJE Alcobaça

    Boa noite Bispo, é muito importante o trabalho realizado no Centro de Ajuda, para que a vida das pessoas mude, assim como mudou a vida da D. Ilda. Que Deus o abençoe.

  5. Tiago Neto-FJE ALCOBAÇA

    Ola boa tarde, tal como a Senhora Ilda eu também tinha pensamentos de suícido e eu só encontrei a solução no Cda. Só mesmo Deus nos pode ajudar quando parece que não há mais solução, ele é o Deus do impossivel. Muito Obrigado

  6. Fabiana FJE Alcobaça

    Bom dia grande testemunho! A mulher não tem o direito de sofrer maus tratos, violência doméstica. A mulher deve ser bem tratada com carinho, delicadeza e acima de tudo terem respeito por nós mulheres. Foi o que a Senhora Ilda vez, lutou e venceu e ultrapassou todos os seus problemas interiores e exteriores. Muito obrigada Deus o abençoe.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.