Mensagens

Você é perito em alguma coisa?

2 de Novembro 2015

Você é perito em alguma coisa?

Existe um versículo que revela bastante a respeito do motivo que levou Esaú a abrir mão do seu direito de primogenitura, explicando, assim, a diferença entre os “Esaús” e os “Jacós” que existem neste mundo… onde será que você se enquadra?

[blockquote autor=”Gn. 25.27″]”Cresceram os meninos. Esaú saiu perito caçador, homem do campo; Jacó, porém, homem pacato, habitava em tendas.”[/blockquote]

Em primeiro lugar, comecemos por entender o significado da palavra “perito”: um perito em alguma coisa é alguém que tem grandes conhecimentos numa determinada área, é hábil, douto. Mas, tornar-se perito não acontece de um dia para o outro, muito menos por se ter um hobby.

Para que alguém se torne perito em algo, são necessários muitos esforços, dedicação, horas, dias, meses, anos de empenho. Esse era o caso de Esaú! Tente imaginar… naquela época, para alguém ir caçar tinha de andar bastante, ir para longe, ficar dias sem voltar a casa para poder trazer algo que valesse a pena. Certamente, para Esaú tudo isso representava um sacrifício, pois tinha que ficar longe do conforto da sua casa, sem a comida da sua mãe…

Quando ele regressava, todos se alegravam por ter voltado são e salvo, e ele, por sua vez, feliz por estar de volta e, certamente, exausto, apenas querendo descansar para recuperar forças e, depois de uns dias, voltar a sair para a caça. Entenda que ele se tornou “perito” na caça. Cometeu erros, houve vezes que voltou sem nada, apenas com o sentimento de frustração e a vontade de voltar para provar que era capaz.

E Jacó? Em que é que se tornou perito? Em nada! Ele habitava em tendas. Enquanto o seu irmão se dedicava à caça, ele ficava a aprender a administrar, a como cuidar dos detalhes, e, certamente, a ouvir tudo o que o seu pai e, principalmente, a sua mãe, lhe contavam sobre o seu avô, Abraão: de como ele tinha obedecido à Voz de Deus quando por Ele foi chamado a deixar tudo… das muitas provas que passara… de quando estava disposto a sacrificar o seu filho por obediência a Deus e Ele jurou abençoá-lo… que Isaque, seu pai, recebera do seu avô a bênção…

Imagine como Jacó recebia tudo isso, o que estas palavras causavam no seu interior, a força das mesmas no seu espírito. A cada dia deveria crescer mais a vontade de ter aquela bênção! A sua visão estaria a cada dia mais no que não era visível (a bênção) do que no visível (a herança material do seu pai).

Esaú dedicava-se à caça, e pouco tempo tinha para ouvir a respeito da Fé, Obediência, Sacrifício…

Os “Esaús” de hoje são justamente aqueles que visam apenas o material, são pessoas de fé, creem em Deus, mas todo o tempo que têm dedicam-no para melhorar o seu nível de vida, adquirir bens materiais, fazer novos cursos, administrar a sua empresa… acabando exaustos com tudo isso, sem sequer terem tempo ou disposição para orar (e quando o fazem, é uma oração “rapidinha”, pois “Deus já sabe de tudo”), não têm a iniciativa de meditar na Bíblia (só “leem” quando estão na Igreja e ouvem a pregação), e quando vêm à Igreja, é apenas para reclamar com Deus sobre a sua situação, para pedir uma resposta urgente, para pedir a cura, libertação, emprego…

Os “Jacós”, são todas as pessoas que, apesar de precisarem melhorar muitas coisas na sua vida (pois precisam de saúde, de emprego, de clientes, de uma casa, de carros, família feliz, realização sentimental…), procuram “habitar na tenda”, ou seja, têm os seus olhos e a sua atenção voltadas para o que vem do Espírito Santo, o que não se vê mas é Eterno, que têm sede da Palavra da Verdade, cujo prazer está em Obedecer ao Senhor da sua Alma.

Pense, então comigo, você tem-se tornado num “perito caçador” ou tem “habitado em tendas”?

Deus é contigo, e eu também!

Bjf

Anterior

02 novembro

Seguinte

03 novembro


24 comments
  1. claudio santos

    Boa tarde sr; bispo e bem verdade nos dias de hoje isto tudo estar acontecer tenho aprendido a guardar os meus olhos, pois é bastante natural o que os nossos olhos vêem logo querem! e está escrito onde colocares o teu coração ali esta o seu deus. Entao eu creio que devemos buscar quilo que de bom Deus têm a nos dar mas nunca e jamais disviar a nossa visão/olhos para as mesmas, pois a nossa visão tem que estar nEle-Deus para que possamos ouvi-Lo , Obedece-Lo par então habitarmos na tenda

  2. Antonio Marcos Lisboa

    Bom dia Bispo . muito forte esta inspiração;Qual é o valor em ser perito experiente e conquistar muitas coisas , ser Reconhecido diante da Sociedade e não ser reconhecido diante Deus.Muitos passa a vida assim a dedicar-se nos estudos, na sua formação ,no crescemento de sua empresa,em ter um bom carro, uma boa casa e ate mesmo formar á aparência perfeita, porém isso tudo não completa, pois tornar-se perito,nas coisas físicas,mas nas espirituais não,pois não tem a promessa de Deus (À BENÇÃO), Pois embora tenha tudo isso,na verdade ela não tem nada,mas se torna-se Jacó e passa a ter os olhos no espiritual, mesmo não sendo perfeita o Próprio DEUS á a faz perito,no que faz pois os olhos Dela esta NELE e o DELE Nela.

  3. Clayton Silva

    Uma abençoado dia bispo Júlio e á todos. Uma boa e forte expiração. Do que realmente vale ser perito ser até reconhecido diante dos homens e por toda sociedade, se não se é perito para com as coisas de Deus ? Prefiro viver na tenda com meu SENHOR. Fico agradecido. Saudações.

  4. Joyce Holanda

    Olá Bispo, boa noite. Aqui podemos ver uma grande diferença entre dois irmãos criado pelo mesmo pai e mãe, enfim ambos creio que conheciam história do seu avó, que foi o Pai da fé. Realmente, quero dizer infelizmente, os dois sabiam da sua história na teoria, mas somente Jacó desejou conquistar a benção, aquela que ninguém tiraria dele, e que o acompanharia pelo resto dos seus dias, e que se perpetuaria por muitas gerações. Quando vivemos nas "tendas" fazemos tempo para estar a sós com o Abençoador, separamos tempo para ouvir a sua voz, e procuramos saber Dele, qual a sua vontade para a nossa vida. Por isso Bispo, uma pessoa pode até dizer que é um Jacó, mas somente em suas atitudes diante de Deus é que pode provar isso diante dos homens. Todos os dias temos que nos ver como Jacó dependente do Abençoador, e não somente das bençãos. Deus abençoe Bispo, na fé.

  5. Jéssica Guedes

    Muuito Forte Bp, O que aprendi neste post é que temos que dar atenção á aquilo que é eterno o espiritual e não dar a vida ao material somente, que é o que muitos fazem dão atenção ao material e esqueci do espiritual aquilo que é mais valioso!

  6. Nuno Ávila

    Olá sr Bispo, Muitas das vezes tornamos-nos Esaús por todos os factores que influenciam a "caçada" do nosso dia a dia. Não é desculpa, porque o nosso foco tem de ser constante, independente de onde estamos e de como nos sentimos. Para que possamos prevalecer na tenda de Jacó, a tenda da justiça, do amor e da certeza de que tudo já deu certo só temos de a limpar diariamente, retirando o lixo que aparece e que por vezes tende acumular-se, ao ter o prazer e privilégio de ouvir e de obedecer a Palavra do Senhor através do nosso testemunho diário.

  7. Lucas

    Bispo Julio bom dia!! Muito obrigado por esta mensagem de hoje!! Me ajudou bastante mesmo.. Nunca tinha visto a comparação de Esau e Jacó desta maneira!!! Agora sim, vejo que tenho que ser mais 'habitador de tenda' e me voltar mais ainda para o Espírito Santo, e obedecer a Palavra dEle.. Agradeço a Deus por esta usando a sua vida bispo para transformar a minha... Abraços!!

  8. Rafael

    Bom dia bispo Julio. Quando a pessoa valoriza o espiritual, ela consegue entender os planos de Deus para ela. Como posso ouvir a voz de Deus e pratica-la se estou todo o tempo ocupado e preocupado em conquistar algo, sem ao menos saber o que realmente Deus quer de mim. Jaco se preparou, compreendeu os planos de Deus, e valorizou o que era mais importante.

  9. Wilson Toste

    Boa noite senhor bispo, temos que ter sempre o nosso foco no maior tesouro que o nosso Deus prometeu na sua palavra, a nossa salvação, a maior das bênçãos, sermos "Jacós" e estarmos atentos a tudo quanto vem do Espírito Santo, "a tudo o que não se vê mas é eterno." Deus abençoe a todos.

  10. Ivana Garcia- Rotterdam,Hollanda

    Pois é,muita das vezes perdemos a nossa benção porque nos apoiado no nosso conhecimento e não na palavra de Deus. Se formos analisar bem os grades testemunhos são de pessoas que tem pouco conhecimento,que não é perito em nada,mas que confiou e se apoiou nas promessas de Deus.

  11. Daniel MacArthur

    Boa noite Bispo . O lugar onde devemos habitar é na tenda; porque quando habitamos na tenda priorizamos o espiritual ou seja a Bênção primogénita . Quando há um em empenho total em sermos peritos caçadores, priorizar o material acabamos por errar para com a nossa fé, assim deixar Deus em segundo . Por isso a nossa prioridade deve ser o espiritual exercitando a fé por meio da meditação na palavra de Deus, a evangelização, a ida ao Centro de Ajuda não só em busca de uma solução para os problemas mas acima de tudo a Salvação

  12. SALOME

    E verdades as veze noss os cristao pensamos mais a receber de Deus do que dar a el a nossa vida. EU estou a prender cada dia da ninha vida e entregar mais e ser mais dependente del .EU nao daria por mada deste nundo as minhas bencas de meu DEUs .DEUS abencoa todos nosso.

  13. Caio Reis

    Boa noite Bispo. Observemos bem que Esaú havia feito a sua escolha, não preocupando em nenhum momento com a vontade de Deus, em procurar conhecer a mesma saber mais sobre o seu avô mas ele priorizou a si mesmo, fazendo a vontade dele. Deus ele respeita a decisão de cada um, mas se a pessoa opta por conquistar pela forca do seu braço, Deus a deixa seguir sozinha, para que veja o seu erro no futuro quando ela cair.Esaú caiu e viu mas foi tarde de mais. Já Jacó foi o oposto de Esaú, preocupou se com a vontade de Deus confiou Nele e Deus o abençoou em toda a sua vida, cumprindo assim aquilo que prometeu a Abraão.

  14. Cristiano

    Boa tarde Bispo, Resumindo o que eu compreendi, o que adianta nos temos tudo mas ao mesmo tempo nada. Por que nos nao invistimos no que dura para sempre!

  15. Pedro Rebelo

    Bispo boa tarde sem a benção de Deus nada o que conquistamos nos faz realizados pois tantos no dia do casamento juraram e falaram e de nada serviu, se divorciam pois o objetivo não é dar e sim receber mas quando o objetivo e dar então o Rei faz nos ser realizados em tudo pois quando fazemos a pensar em dar a honra e a glória ao Rei então o Rei nos faz reinar e realizados.

  16. wilson

    Boa tarde Bispo, Nesta mensagem eu pode perceber que Jacó, ele ficava na tenda a ouvir, a observar, a sonhar com a bendita bênção, de avô, de pai, pois ele queria, só quem quer observa, ele queria e conseguiu.

  17. Francisco Baiadori

    Boa tarde Bispo! Com esta mensagem podemos entender o porquê de muitos que um dia estavam no nosso meio terem caído: foi porque passaram a fazer parte do grupo dos "Esaús", achando que ja eram "perfeitos" em tudo. Como na carta à igreja de Laodicéia: "pois dizes: Estou rico e abastado e não preciso de coisa alguma" (Ap. 4:17). Jesus chamou os cristãos desta igreja de mornos, mais aqui também se encaixam aqueles que são frios e disse mais: "e nem sabes que tu és infeliz, sim, miserável, pobre, cego e nu" (Ap. 4:17). A cada dia precisamos procurar nos aperfeiçoar na fé, no amor, na nossa Comunhão com Deus para nos aquecermos e nos mantermos quentes. Jacó ouvia todos os dias sobre as maravilhas que Deus tinha feito, como hoje também ouvimos. E, quanto mais ouvirmos, mais sede teremos de busca-Lo e de querer, não apenas as maravilhas, mais o Próprio Deus-Vivo em nós! Obrigado pela atenção e cuidado!

  18. Luís

    Esse é um exemplo para cada um de nós que se não vigiarmos caímos na acomodação, às vezes por estarmos a ser usados e ver até resultados e não reparamos que corremos o risco de sermos como Esaú e pensar que tudo está bem, que na verdade não está. Porque o mais importante está a ser colocado de lado. Temos que priorizar todos os dias o mais importante que é a nossa aliança e comunhão com Deus.

  19. Ranmivaldo

    Boa tarde Bispo Quantas vezes nos colocamos na condição de Esau ,quando estamos seguros . No que achamos que já sabemos por ter aprendido e que não precisa de ninguém para nos ensinar . Aí é quando a pessoa que tem confiado na sua condição ou na sua força e inteligência e capacidade é não atinge seus objetivos . Ficamos veneráveis pela frustração por ter esperado o resultado de nossas habilidades . Agora quando nós colocamos na condição de Jaco aprendemos nunca desprezar as oportunidades mesmo que não sejamos perito em nada mais acreditando que esta promessa fará toda a diferença .

  20. Arlindo Tavares

    Bom dia Bispo. Todo o sacrificio de Esau para se tornar perito caçador, Não adiantou para alcançar a benção da primogenitura ,que requeria tambem sacrificios para Deus. Obrigado pela revelação. Nunca tinha visto dessa maneira. Que Deus abençoe o senhor e família.

  21. Fábio Medeiros - FJE Açores - Ilha de São Miguel

    Bom dia sr.Bispo, Temos que buscar sempre ser do tipo de Jacó, pois embora o sejamos, vale lembrar que a luta que Rebeca teve na gravidez, revela o conflito entre a Fé("Jacó") e o pecado("Esaú") dentro de cada um de nós. Obrigado.

  22. Alexandre Oliveira

    Bom dia Bispo, Cada um se torna aquilo que a sua vê e crê, Jacó foi ensinado a obedecer, pois vivia ao lado de uma pessoa temente, que lhe inspirava e ensinava a respeitar a lei do Deus Vivo e a viver e depender dela. Esau aprendeu a depender do seu próprio braço não tinha o porque precisar de Deus, se ele resolvia tudo sozinho. A escolha é sempre nossa, ninguém pode dizer que foi obrigado a se tornar o que é hoje, absolutamente não, podemos nos tornar pessoas melhores, sê decidirmos, por obedecer ao Deus de Abraão, Isaque e Jacó, como ele o fez, deixando bem claro a sua escolha.

  23. Kenia Luciana - Holanda

    Bom dia bispo Julio Essa palavra me faz refletir e avaliar a mim mesma de forma a ser direta e objetiva em quem eu sou... Meditando pude observar que passo a ser Esau quando me envolvo com vários afazeres para que me traga uma sensação de bem estar e desencargo de consciência... Esaú se "sentia" bem quando era reconhecido como o melhor caçador pelo seu pai, mas nem se preocupada com o que ele era para Deus... Sendo assim as suas atitudes mostraram o que estava dentro de si... " desprezou a primogenitura, a benção de Deus" Se coloco mais a força no que está ao meu redor uma dia será mostrado com minhas atitudes e reações, pois o exterior reflete o que está em meu interior, passe o tempo que passar... Por isso lendo refletindo nessa palavra para minha vida vejo que posso "hoje" até aparentemente não ser "perito" a nada... Mas quero estar sim habitando nas "tendas do meu Senhor" Jacó era um homem "pacato" que aparentemente seu pai não dava nada por ele... Mas foi ele que "recebeu a benção"... ele foi privilegiado pelo próprio Deus... E essa benção vejo como minha salvação... pois não existe benção maior que essa, nada neste mundo se compara ao que meu Senhor tem para nos dar... Obrigada bispo por cada palavra e direção para todos nós

  24. sandra-areosa

    Bom dia, já foi um "perito caçador", agora hábito entendas poisbusco as coisas do alto,não quero trocar Jesus por um bem material.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.