Mensagens

Vencer a guerra

11 de Outubro 2010

Vencer a guerra

Gostava que respondesse a esta pergunta: – Os seus pés têm caminhado em direcção aos seus objectivos ou têm-se desviado para a destruição? Talvez você afirme: Eu dei passos errados e cheguei ao extremo de correr até à minha própria destruição e infelicidade.

“O segredo para se ter paz é vencer a guerra, que o tem impedido de buscar a Deus e ver os seus objectivos realizados.”

Como será o seu futuro? O seu futuro não depende de Deus, depende se si.

Na bíblia Deus deixa claro: “Que os seus pés correm para a destruição e se apressam para derramarem o sangue inocente” Quando se dá passos incertos, estes poderão colocar a sua vida e a da sua família em perigo.

Talvez o amigo leitor diga: Eu tenho-me sacrificado, esforçado, lutado, mas infelizmente os meus objectivos não foram alcançados. É importante deixar claro que a culpa não é de Deus, porque Ele nos mostra o caminho a seguir e se o seguir irá alcançar os seus objectivos e consequentemente o seu maior sonho será realizado.

Tem de haver da sua parte uma decisão de deixar a mentira, traição e a prática de uma fé religiosa, sedentária e cega.

E você perguntará: Onde terá começado tudo isto? Nos pensamentos que fizeram com que se desviasse do caminho e não perguisse os seus objectivos.

Está nas suas mãos decidir se terá vida de qualidade ou de destruição, um carácter admirável ou indesejável, se dará passos seguros ou inseguros.

O segredo para se ter paz é vencer a guerra que o tem impedido de buscar a Deus e ver os seus objectivos realizados.

Veja se eu não tenho razão?

“Há tempo de amar e tempo de odiar, tempo de guerra e tempo de paz.” Eclesiates 3.8

Por seu servo em Cristo,
Bispo Júlio Freitas


4 comments
  1. KELLY CRISTINA

    Apesar das pessoas acharem que tudo é culpa de Deus nós tomamos a rédia da nossa vida. Há tempo para tudo mas em todo tempo temos que colocar Deus a frente de nossa vida porque estamos vivendo uma guerra espiritual onde a vitória será a nossa salvação. Esse pensamento me motiva a prosseguir dia a dia nessa luta e do mesmo modo lutar para levar a vitória a quem não conhece o grande poder de Deus.

  2. Humar Santos

    A nossa vida depende única e exclusivamente de nós mesmos! Não adianta continuarem a culpar a Deus, pois as suas promessas e os seus ensinamentos são rectos e não há outro jeito de alcançar a vida que tanto almejamos sem fazer o que ele nos orienta. Portanto, você que diz que já fez tudo e ainda não alcançou é porque ainda há algo que falta por completar, já olhou bem se já abdicou de tudo que não provem de Deus? Pois, é essa a questão que deve fazer a si mesmo. Lute, vença a sua Guerra e alcance a Paz!! "Força Jovem Templo Maior!

  3. Giuliana Vignolo Macher

    Bispo Júlio, Pedir uma direcção a Deus é algo imprescindível, mas nós (cada um de nós) é que temos de tomar uma atitude para atingir os nossos objectivos. E com a ajuda de Deus a VITÓRIA é nossa! Eu estou nessa luta poderosamente abençoada, em nome do Senhor Jesús! E tudo farei para atingir os meus objectivos! Na fé, dando o meu 100%. G Vignolo M

  4. Joselaine Ribeiro

    Olá Bispo Julio, boa tarde! Achei muito interessante esse post, pois muitas pessoas ainda acreditam que tudo depende de Deus. Mas na verdade, o poder de decisão está comigo. Nem Deus e nem o mal podem agir na minha vida se eu não permitir. Deus...porque me respeita, e me dá liberdade de escolha....e o mal, porque não tem essa autoridade, a não ser que eu lhe conceda. Eu tenho o Poder de Decisão....qual o caminho que quero percorrer? Dependendo da minha escolha, tenho que ter consciência dos frutos que vou colher futuramente! Estavamos com saudade do senhor!!! Deus o abencõe grandemente, e que através dessas mensagens o senhor também possa nos abençoar! Um abraço!! Joselaine Ribeiro

Deixe um comentário

Responder a Joselaine Ribeiro Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.