Mensagens

TOMAR… a importância deste ato

16 de July 2016

TOMAR… a importância deste ato

“TOMA agora o teu filho, o teu único filho, Isaque, a quem amas, e vai-te à terra de Moriá, e oferece-o ali em holocausto, sobre uma das montanhas, que Eu te direi.” (Gn 22.2)

Para muitos esta passagem é recebida com algum choque e, pela grande maioria, claramente mal interpretada. Deus não é cruel e muito menos alheio às nossas necessidades, muito pelo contrário! A explicação vem bem antes de Deus ter ordenado a Abraão que tomasse o seu único filho. “E ACONTECEU depois destas coisas, que provou Deus a Abraão…”.

Então, quando Deus nos manda “tomar” e oferecer “algo” a Ele é, precisamente, para provar o nosso coração, para que esse “algo” não nos possua, não nos venha a controlar.

Deus ordenou a Abraão que tomasse não algo, mas “alguém”, o seu único filho Isaque, e o oferecesse a Ele. Por outras palavras, é como se Deus estivesse a lhe dizer “não se deixe tomar, possuir por nada e nem por ninguém…”, ou seja, “não se deixar manipular ou influenciar, para que possa ser o(a) melhor esposo(a), pai(mãe), cidadão(cidadã), servo(serva) que Eu Quero que você seja – a própria Bênção!”.

Você tem sido tomado por algo ou por alguém? Chegou a hora de você ser Tomado pela Fé e não por nada e nem por ninguém.

Antigo:

“Crede no SENHOR, vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas e prosperareis.” (2 Crónicas 20.20)

Novo:

“Guardemos firme a confissão da esperança, sem vacilar, pois Quem Fez a Promessa É Fiel.” (Hebreus 10.23)

Deus é contigo, e eu também!
Bjf

previous post

16 julho

next post

Vigiar para ter visão (Parte 4)