Mensagens

Sintomas visíveis… e invisíveis

29 de Julho 2014

Sintomas visíveis… e invisíveis

“Quem ama o que faz, vive o que faz e cada dia faz mais.”

Tudo na vida necessita de uma espécie de combustível para funcionar… o automóvel de gasolina, o telemóvel de uma bateria, o nosso corpo de alimento e o nosso ânimo para trabalhar de incentivo, que provém da força dos nossos sonhos e gosto pelo que fazemos.

E os sintomas de quem não gosta ou está saturado do que faz são bem visíveis. Desanimado, cabisbaixo, perdido, desiludido, sem rumo… todos os dias parecem iguais e nada mais estimula a criatividade ou aumento da produtividade.

“Mas será que isso é tão importante assim?”. Sim, na verdade, é essencial, porque se não gostamos, ou melhor, amamos aquilo que fazemos, vamos sofrer consequências na nossa vivência diária: perdemos o gosto pela vida, esmorecemos, sentimo-nos totalmente sem valor e, em último caso, acabamos por desistir.

E observe que isto não acontece apenas na vida profissional, pois uma pessoa que não gosta do que faz, sente-se infeliz, em todas as áreas da sua vida, sendo incapaz de se relacionar com os outros de forma plena, pois, estará constantemente a pensar na sua frustração tão presente.

Por isso, caro amigo, invista em algo que verdadeiramente goste, pois só assim conseguirá evoluir em todos os aspetos: como ser humano, profissional e nas suas relações interpessoais!

Deus é contigo e eu também!
Bjf

Anterior

29 de julho

Seguinte

30 de julho


36 comments
  1. Del Mariano

    Nunca devemos baixar a cabeça em nenhuma situação, devemos ter atitudes para agir e saber se posicionar, e achar a solução para o problema. A pessoa deve buscar se conhecer melhor e trabalhar seus pontos fracos, confiar em Deus e em si também.

  2. Rafaela Saraiva

    A escolha que fazemos determinara onde chegaremos devemos sempre fazer o que amamos,pois sendo assim nunca nos cansaremos e muito menos deixaremos de chegar em nossos objetivos....

  3. Rafaela Saraiva

    A escolha que fazemos determinara onde chegaremos devemos sempre fazer o que amamos,pois sendo assim nunca nos cansaremos e muito menos deixaremos de chegar em nossos objetivos.

  4. Maria Lages

    Bom dia Bispo JF. Pura verdade o que aqui escreve. Tenham todos um dia abençoado.

  5. Bruno-fje marinha grande

    Boa noite. É verdade aquilo que você disse, nós temos que fazer aquilo que nós gostamos se não, não vale apena ir contrariado porque não vai correr bem.

  6. Rute Fernandes - FJE CENTRO Marinha Grande

    Boa noite sr bispo Júlio! É um facto de que se não gostamos daquilo que fazemos sentimo-nos mal connosco próprios, vemos aquele dia como "mais um dia", desanimamos, enfim, e isso automaticamente vai afetar-nos em todos os sentidos. Daí a razão, a importância de buscarmos fazer aquilo que gostamos, que temos interesse, para que assim possamos estar sempre a dar o nosso tudo, buscando assim melhorar e evoluir a cada dia! Muito obrigada sr bispo Júlio que Deus o abençoe abundantemente! #FJECentroNãoPara

  7. Micael Ferreira - FJE - Centro | Alcobaça

    Boa noite, este assunto sempre esteve presente na minha vida, eu bem recentemente estava numa completa indecisão, não sabia que rumo deveria dar na minha vida em aspecto profissional, então isso me aprisionava deixava-me completamente perdido e tinha alguns dos outros sintomas negativos que o Bispo referiu na mensagem. Só que, certo momento algo despertou em mim e decidi fazer aquilo que realmente me fazia sentir realizado e etc; tendo tomado essa decisão tenho notado diferença em mim, sou muito mais aberto no relacionamento com as pessoas, perspectiva diferente da vida e outras coisas; ou seja tudo mudou com uma simples decisão. Esta atitude é muito importante, não só na nossa vida profissional como Espiritual, pois nós também decidimos de que lado queremos viver, no bem ou no mal, somos nós que fazemos as nossas escolhas. Mensagem muito positiva, muito obrigado Bispo por suas palavras.

  8. Andreia - FJE Centro Castelo Branco

    Boa noite bispo Julio. Há muitas pessoas que levam a vida toda triste e desiludidos com a vida precisamente porque fazem o que não gostam ou porque já perderam o animo pelo que fazem. É importante ir fazendo coisas que gostamos ou inovando as que temos que fazer diariamente para que não venhamos a ficar frustrados e consequentemente desiludidos. Muitas pessoas não pensam neste assunto mas é um assunto muito importante para o nosso bem-estar. Obrigado Bispo por nos lembrar da importância de fazer-mos o que gostamos. #FJECentroNãoPara

  9. Ingrid Amoras - FJE CENTRO Leiria

    Boa noite Bispo! Realmente é verdade, se não gostarmos daquilo que fazemos não teremos os resultados. Eu durante algum tempo fiquei desanimada com os meus resultados escolares, porque não era aquilo que eu esperava, mas tambem não me esforçava para que houvesse uma mudança, porque não era algo que eu gostasse de fazer. Mas fui percebendo que tinha de fazer algo e comecei a esforçar-me, e realmente os resultados e o gosto pelos estudos começaram a aparecer!

  10. Joana - FJE Centro Alcobaça

    Boa noite Bispo, quando fazemos algo que gostamos de verdade, nunca vai haver a motivação necessária para lutar por isso, o que se verifica, principalmente, nos momentos mais complicados. Quando se gosta mesmo do que se faz, apesar das dificuldades, a pessoa luta pela concretização do seu sonho. Que Deus o abençoe. #FJECentroNãoPara

  11. Boa noite Bispo Júlio, Quando eu era mais nova não dava valor aos meus estudos,por isso, é que reprovei um ano depois eu percebi que tinha de valorizar os meus estudos, porque se não dermos valor as coisas que nos são mais valiozas Deus nunca nos vai dar valor. Eu hoje dou valor aos meus estudos e as coisas que são mais preciosas na minha vida. Eu hoje posso dizer que amo o meu trabalho na escola. Obrigado por mais um conselho. #FJECentroNãoPara

  12. Tiago Neto-FJE Centro ALCOBAÇA

    Ola boa noite, pura verdade eu já vivi o que o Senhor Bispo escreveu, e cada palavra é verdade eu vivi e senti.

    • Tiago Neto-FJE Centro ALCOBAÇA

      #FJECentroNãoPara!

  13. Barbara Santos - Figueira da Foz

    bispo muito forte. por isso que é importante as decisões que tomamos hoje, se são mesmo o que queremos para o resto das nossas vidas, porque tudo o que plantamos hoje, vamos colher amanhã. se for algo mau, vamos depois sentirmo-nos frustrados, mas se plantarmos algo bom, com sacrifício,, iremos colher coisas boas! os nossos sonhos serão realizados.

  14. Sergio FJE CENTRO Figueira da Foz (sede)

    Boa noite bispo, é isso mesmo. e quando eu faço o que gosto, já é quase meio caminho andado para me sentir realizado.

  15. Maxi - FJE CENTRO - Figueira da Foz

    Olá bispo Júlio, muito importante essa mensagem. Temos que ter em mente que se não gostarmos do que fazemos, isso influencia negativamente todas as áreas da nossa vida, por isso, temos que fazer os possíveis para fazermos o que gostamos.

  16. Isaac - FJE CENTRO - FIGUEIRA DA FOZ (sede)

    Boa noite Bispo, mensagem esta muito inspiradora, porque se não fazemos o que gostamos, não vamos conseguir ter animo. Por isso temos de fazer o que gostamos, para ter animo.

  17. Cátia - FJE CENTRO Marinha Grande

    Senhor bispo, como é verdade o que o senhor falou. Quando não temos amor pelo que fazemos não há animo nem resultados.. Eu já fiz muitas coisas apenas porque tinha que fazer e passei por tudo isso que o senhor falou. Se queremos ver resultados na nossa vida profissional devemos investir no que gostamos, naquilo que "nos aquece"por dentro. Na vida espiritual não podemos permitir que nada nos desanime, pois se queremos alcançar e manter a salvação temos que estar motivados, investir a nossa força na obediencia à Palavra de Deus. #FJECentroNaoPara

  18. Cláudia - FJE CENTRO Marinha Grande

    Boa tarde Bispo. É verdade, é essencial fazermos aquilo que realmente gostamos no nosso dia a dia, porque tal como o Bispo disse, se trabalharmos só por trabalhar, não por gosto, iremos ficar desanimados, como se não tivéssemos rumo. Por isso muito importante, temos de procurar fazer sempre o que gostamos, algo que nos faça acordar de manha com energia e boa disposição. Obrigado por a sua mensagem, me ajudou imenso. Que Deus o abençoe mais e mais.

  19. Jonathan - FJE CENTRO Viseu

    Se fizermos algo que nós gostamos de verdade de coração se investirmos todas as nossas forças conseguiremos evoluir em todos os aspectos de nossa vida. Mas se fizermos de qualquer jeito muitas vezes obrigados sem muitas vezes gostarmos daquilo que fazemos sofreremos varias consequências em nossa vida. Por isso tudo o que você for fazer faça alegre,contente e de bom gosto sem murmurar pois isso trará varios benefícios. #FJECENTRONãoPara

  20. Daniel - FJE CENTRO Marinha Grande

    Boa tarde Sr Bispo. É verdade, concordo com o que o senhor falou. Tudo na vida precisa ser feito com animo, amor, dedicação, pois de nada vale fazer as coisas só por fazer, mais tarde ou mais cedo acabamos por ficar cansados. Até mesmo na vida espiritual, o Espírito Santo é o nosso combustível, que nos fortalece a cada dia mais. #FJECentroNaoPara

  21. Ricardo Arcanjo

    Olá Sr. Bispo, creio que suas palavras são no mínimo inspiradoras. Nos últimos dias recebi propostas para trabalhar em lugares para fazer algo que não gosto. Recusei! Crio que a minha resposta está próxima, pois estou procurando fazer aquilo que amo e tenho vocação, talento! Que O Senhor Jesus, abençoe ainda mais o Sr. sua família e ministério!

  22. Nuno Saavedra Camacho

    olá boas! sim eu também concordo!quando não gostamos o que fazemos , acaba-se por se reflectir o que está em nó no trabalho.eu tive uma altura em que não sabia o que gostava,e por isso muitas das vezes corria mal no trabalho.mas ouve um dia que eu descobri que gostava de serralharia, de soldar etc. a única maneira de nós gostar-mos de um tipo de área,é procurar entender como utilizar as maquinas , como se liga a máquina e por ai fora.é como o futebol , para gostar-mos é preciso saber as regras!

  23. Rosana - FJE CENTRO - Figueira da Foz

    Boa tarde bispo, se tiramos um curso e depois o nosso emprego não é o que realmente gostamos, não vamos ter motivação para trabalhar, e depois, o nosso emprego se tornará num peso. Por isso, cabe a nós fazer as escolhas certas. #FJECENTRONãoPara

  24. Otilia - Figueira da Foz (sede)

    Olá bispo, muito forte. Para tudo na vida precisamos desse combustível como falou, pois é isso que nos faz ir em frente, termos um alvo e nunca o desistir de alcançar. Preseverança!! Quando desistimos dos nossos sonhos, desistimos de viver e de vencer aqui na Terra. #FJECentroNãoPara

  25. Edmisa - FJECentro viseu

    Eis a importância de pedirmos a direcção de Deus para todos os nossos planos e projetos. Porque só assim não nos sentiremos frustrados depois. Deus Abençoe

  26. Tiago Rebelo - FJE CENTRO - FIGUEIRA DA FOZ (sede)

    Boa tarde Bispo, é verdade. Se não fazemos aquilo que gostamos, vamos acabar por desanimar, andar de cabisbaixo, perdidos, sem rumo. Mas se fazemos aquilo que gostamos, temos animo, forças, para lutar e vencer, colocamos toda a força naquilo que fazemos, porque gostamos realmente do que fazemos. Isto se pode referir a todas as árias da vida. #FJECentroNãoPara!

  27. Daniela Silva - FJE Centro - Figueira da Foz (sede)

    Boa tarde bispo Júlio, Penso que é muito importante nós gostarmos daquilo que fazemos, tal como o senhor escreveu, caso contrário, pouco a pouco, vamos começar a sentir-nos desmotivados e acomodamo-nos. Sentimo-nos frustrados e damos mole. Mas quando realmente gostamos de algo, sentimo-nos motivados a sempre fazer mais e mais, damos o nosso tudo, colocamos toda a nossa força nisso e arrebentamos! Aí não há moleza! #FJECentroNãoPara!

  28. Agostinho Mário - FJE Centro- Coimbra

    É verdade Sr Bispo se nós não gostarmos do que fazemos quando chegarem os obstáculos, as dificuldades e as criticas com isso chegará o desanimo, a frustração até que acabamos por nos acomodar e a desistir pois já não existira uma razão que nos motive.

  29. Uilson - FJE CENTRO Viseu

    De modo substancial na vida é quando há dedicação,empenho e amor naquilo que se faz. Os resultados surgem de modo eficaz e certamente o mesmo terá um crescimento,de modo preciso em determinadas área da vida. Deus Abençõe!! #FJECentroNãoPara

  30. Bom dia È de muita importância gostar do que se faz, ate porque para poder dar sentido a vida, fazendo com toda força dedicação empenho, prazer, seriedade, enfim poder dar melhor de se e se destacar naquilo que faz pois é a sua praia

  31. William Souza - FJE Centro, Pombal

    Bom dia Sr. Bispo! Realmente o senhor o senhor tem toda a razão, acaba por afetar todas as áreas da vida, quando não amamos o que fazemos, temos que seguir este conselho que o senhor deu, de investir no que amamos, para fazermos tudo com alegria e consequentemente teremos mais ânimo para avançar. Obrigado pelo conselho valiosíssimo. #FJECentroNãoPara

  32. Fábio Medeiros - FJE Açores

    Temos que investir no nosso maior Sonho, pois este depois de ser realizado, servirá de testemunho para com os que ainda não serão realizados, assim lhes dando uma "injeção" de ânimo. "Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso PAI, que está nos Céus." Mateus 5:16

  33. Es

    DE que valor fazer o que nao gosto, talvez até farei por um tempo, mas nunca com a dedicação, se fosse o que amasse, a mesma coisa acontece se for comer o que não gosto, talvez até coma, mas o prato não vai ficar vazio, se for comer um prato que gosto, aí, até irei ter mais vontade para comer, porque gosto hihi... A mesma coisa com Deus, e a casa do Senhor, se eu fizer por obrigação, ou para mostrar ao homem que faço, o meu amor não é pelo Senhor Jesus, mas pelo pensamento que poderão ter, mas é temporário ... Bom bom, é fazermos porque queremos agradar ao Senhor, melhor ainda é fazer o que gostamos..é uma satisfação, até pode não ter os frutos que desejamos, mas fazemos o que gostamos..

  34. Catarina Medeiros - FJE Açores

    Na verdade ainda não descobri qual o meu talento ou talentos. Na verdade ainda não descobri o que me faz ser realizada. Na verdade tenho buscado a resposta á seguinte pergunta: Deus me chamou para quê, que "profissão" quer que eu tenha, o que quer que eu invista em cada segundo de vida? Etc

  35. Rafael Carneiro FJE CENTRO Coimbra

    Bom Dia sr Bispo, realmente uma dura realidade este post, eu diria que é frustrante e muito decepcionante para a mesma, e o pior que muito procuram fazer ou até mesmo agir em certas situações para agradar aos outros pensando que dessa forma será realizada, e infelizmente o que acontece é que fica aquele vazio um verdadeiro sentimento de incapacidade. Digo isso pois não me imaginaria fazendo outra coisa que não a qual me tenho dedicado diariamente e consigo imaginar como seria horrivel minha vida se estivesse fazendo outra coisa, não seria realizado e feliz como tenho sido, pois quando amamos o que fazemos como bem colocou o sr procuramos meios de nos aperfeiçoar para desenvolvermos a cada dia mais! Obrigado por mais este conselho! #FJECentroNãoPara

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.