Mensagens

Quem pode convencer?

6 de Maio 2011

Quem pode convencer?

“Mas eu vos digo a verdade: convém-vos que eu vá, porque, se eu não for, o Consolador não virá para vós; se, porém, eu for, eu vo-lo enviarei. Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo” (João 16.7-8).

Quando alguém aponta o nosso erro, sentimo-nos ofendidos, porém, quando o Espírito Santo nos convence do mesmo, sentimo-nos envergonhados. E um grande erro é querer mostrar o pecado das pessoas para as tentar convencer a buscar a Deus.

O Mundo tem agido de forma equivocada, pagando o mal com o mal, com o desprezo na família, estando os valores totalmente invertidos… E quem poderá convencer o Mundo dos seus erros? Afinal, as pessoas pensam que o certo está errado e que o errado está certo, tendo ainda um pensamento errado sobre Deus e pensando, inclusive, que Ele castiga com o inferno, sendo que o inferno é para o diabo.

“do pecado, porque não crêem em mim” (Jo 16.9). Quantas vezes é que você já fez algo pelos seus filhos ou familiares, na tentativa de os convencer a mudar de atitude, dando presentes, pagando viagens e fazendo as suas vontades, mas, quase ou até mesmo sempre, nada disso resultou!
“da justiça, porque vou para o Pai, e não me vereis mais; do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado” (Jo 16.10-11). Se o diabo já foi julgado e condenado, significa que já está derrotado. Então, ele tem que perder o seu familiar! E o trabalho do Espírito Santo é o de convencer e o nosso é o de trazer a pessoa até Ele.

Afinal, já demos tantos presentes aos nossos familiares tentando convencê-los de que os amamos e de que os queremos ajudar. E quantas orações não fizemos já para que Deus mudasse os seus coração? Portanto, se Deus nos tem dado o Espírito Santo, também terá que O dar aos nossos familiares!
E não há nada que nos envergonhe mais do que ver as pessoas na Igreja e aos seus familiares não! Até é normal que haja oposição, porém, o que deveria acontecer é que a grande maioria deles estivesse na Igreja. Mas é claro que a pessoa sempre quer convencer com as palavras, mas se não der um bom testemunho… E se os próprios fiéis da Igreja vão deixando de crer que os seus familiares virão, saem da total dependência de Deus e passam a olhar para a situação apenas de uma forma lógica e física.

Então, você quer ou não poder testemunhar que Deus salvou toda a sua família? O momento é agora, pois estamos a viver o “derramamento do Espírito Santo”, primeiro para que você O tenha e, consequentemente, para que, através de si, haja salvação na sua casa.

Te vejo na IURD, ou nas Nuvens!


14 comments
  1. gabriel santana

    E verdade bispo so o poder do espirito santo pra convencer os familiares da vida errada que deus abençoe o senhor e sua familia

  2. Joaquim Vieira

    Espírito Santo é o que nos fornece uma boa consciência, é o que nos leva a salvação, é o que nos abre caminhos para sermos felizes, só ele tem o poder par mudar mentalidades. Sem Espírito Santo a pessoa é vazia , oca, totalmente confusa. O Espírito Santo é Vida e com abundância e o único que pode convencer a pessoa para mudar. Os cristãos são os intrumentos para divulgar a palavra e o seu testemunhos, mas único que habita no mais íntimo de cada um de nós é que pode Convencer.

  3. Realmente só o Espírito Santo tem poder pra convencer, pra tocar no mais íntimo de cada pessoa, cada familiar! Nosso testemunho de vida transformada também é muito importante! Que Deus ilumine a todos... Abraço!!!

  4. bispo júlio , é verdade que só o Espírito Santo pode convercer, a família é muito importante, e uma família na presença de Deus é um grande testemunho, mas concerteza ganharemos a nossa família pelo nosso testemunho , creio concerteza que o convencimento do Espírito Santo ao pecador é fundamental para a pessoa se entregar para o Senhor Jesus

  5. João Marques (Portugal)

    Lembrei-me daquilo que aconteceu com Jó: Sucedia, pois, que, decorrido o turno de dias de seus banquetes, enviava Jó, e os santificava, e se levantava de madrugada, e oferecia holocaustos segundo o número de todos eles; porque dizia Jó: Talvez pecaram meus filhos, e amaldiçoaram a Deus no seu coração. Assim fazia Jó continuamente. (Jó 1 : 5) Isto não impediu a perda dos filhos, por isso ele disse: Porque aquilo que temia me sobreveio; e o que receava me aconteceu. (Jó 3 : 25) Quantas pessoas andam a cometer o mesmo erro que Jó? Andam com medo e tomam atitudes de ansiedade (igual a Jó) por causa da familia e pensam que Deus vai passar por cima do livre arbitrio da pessoa.

  6. Vanessa

    Oi Bispo! Deus falou muito comigo atras desse post! vou orar mais, jejuar mais, lutar mais em silencio e deixar que o Espirito Santo faça a sua parte ! :D

  7. Carla - FL - USA

    Desde q cheguei na igreja, a minha maior preocupacao era salvar meu marido. Eu tentava convence-lo de todas as maneiras...no fundo eu acreditava q so a transformacao dele iria me fazer feliz...eu vivia angustiada, anciosa e nervosa o tempo todo e ja nao aguentava mais, ate q durante esses 21 dias de jejum, numa madrugada, eu me coloquei de joelhos pra orar com muita aflicao e ali o Espirito Santo me tocou, ele me mostrou q so Ele poderia me fazer feliz...No dia 10 de abril, na reuniao aqui em Pompano Beach FL, eu me entreguei por completo a ele. Ja nao aguentava mais e era tudo ou nada. O Senhor Jesus me perdoou e me batizou com o Espirito Santo. Hj a minha maoir preocupacao e em agradar ao meu Senhor. Ao inves de tentar convencer meu marido, eu peco ao Espirito Santo pra fazer isso e tenho a certeza q ele ja esta fazendo.

  8. Ana Paula - MG

    É verdade Bispo, nosso dever e levar as pessoas até a igreja para que recebam a palavra e sejam convencidas não por nós mas pelo Espírito Santo

  9. Bispo Júlio, é dessa forma mesmo que o sr. explicou acima . Quando tentaram impor regras sobre mim em relação as coisas de Deus, durante um período da minha vida , eu só me afastei cada vez mais ; mas depois de certo tempo , vi que eu precisava do Espírito Santo mais que tudo , e busquei com toda minha força , mas somente Ele me convenceu do que devia abrir mão e do que deveria ser prioridade na na minha vida ! Depois de muito tempo, fiquei sabendo que minha mãe estava fazendo correntes na igreja por mim , ela parou de impor as coisas e ficou na dependência de Deus com suas orações,jejuns, etc .... quando ela agiu a fé confiando, então o Espírito Santo fez a parte Dele ; aprendi com isso que não é pela força do braço e sim pela fé ( confiando que Deus vai fazer ) , para que eu pudesse também passar isso para outras pessoas e familiares .

  10. Fatima Marques

    Boa tarde,não perdi a fé,nem a esperança,de ver a minha filha rendida aos pés do SENHOR JESUS,apesar da luta ser muito grande,agora só o SENHOR JESUS pode convence-la,esse milagre vai acontecer para honrra e gloria do seu NOME,e muito em breve eu creio.DEUS ABENÇÔE A TODOS.

  11. maria izabel dias

    bom dia bispo julio È verdade é com nosso testemunho que ganharemos nossos familiares para jesus só o espirito santo para convecer nossos familares do pecado e trazelos para junto de deus estamos na guerra, o fiel será cumulado de bençãos! tá ligado! AMÉN, DEUS O ABENÇOE

  12. Bom dia Bispo, realmente só o Espírito Santo pode convercer, a família é algo muito precioso, uma família na presença de Deus é um grande testemunho, mas ganharemos a nossa família pelo nosso testemunho e não pelo muito falar, digo isso por experiência própria, minha família só se converteu a partir do momento eu que eu mudei primeiro, atraves da minha transformação eles reconheceram os seus erros e se dedicaram a servir a Deus junto comigo. Mas não paramos por aí, pois a família é grande, (e como! rsrsr..). Com certeza como o Espírito Santo me convenceu do pecado, assim será com a família daqueles que tem sido fiéis a Deus, e com certeza aquele banco da igreja que fica vazio do lado da pessoa, será preenchido com seu familiar. Obrigada Bispo, Deus abençoe grandiosamente!!!

  13. João Marques (Portugal)

    É muito verdade. Não serve de nada uma pessoa "forçar" a outra pessoa buscar a Deus, porque a salvação tem que ser de livre e espontanea vontade, nem sequer podemos usar de manipulação, ou seja, não podemos usar ou pedir ao Espirito de Deus para levar a outra pessoa a fazer aquilo que ela não quer fazer. Deus é omnisciente e Ele sabe exactamente o momento e o modo certo para convencer a pessoa à salvação. Tudo o que for além disto concerteza está a ser motivado por ansiedade e isso não é de Deus.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.