Mensagens

Quantos grupos de pessoas há no Mundo?

9 de Dezembro 2012

Quantos grupos de pessoas há no Mundo?

Todas as pessoas procuram uma forma de alcançar uma vida de qualidade. O ser humano qualifica-se, investe, luta por um lado, luta por outro… sempre na tentativa de conseguir algo melhor para a sua vida, porém, somente uma minoria alcança tal qualidade.
No mundo existem dois tipos de pessoas: os incrédulos e os que creem. Porém, no universo dos que dizem crer em Deus, existem três diferentes categorias:

1. Os medrosos – tímidos;
2. Os relaxados – acomodados;
3. Os Diligentes – Atentos.

[floatquote]“Apregoa, pois, aos ouvidos do povo, dizendo: Quem for tímido e medroso, volte e retire-se da região montanhosa de Gileade. Então, voltaram do povo vinte e dois mil, e dez mil ficaram” (Juízes 7.3). [/floatquote]

Quando Gideão perguntou quem queria sair daquela situação intolerável de opressão, miséria, humilhação, terror e dor, de sete anos, por parte dos midianitas e dos povos do Oriente, que quando atacavam Israel levavam tudo e não deixavam absolutamente nada, juntaram-se 32 mil homens. Entretanto, 22 mil por serem medrosos e tímidos voltaram imediatamente para o seu refúgio, escondendo-se.
O Espírito de Deus levou aqueles homens cansados de sofrer até Gideão, mas mesmo assim Ele não lhes conseguiu tirar a timidez, nem fez com que se tornassem corajosos porque isso é uma decisão pessoal. Então, como é que se domina o medo? Obedecendo à Palavra de Deus. Pois, quando o fazemos tornamo-nos fortes, já que o Espírito Santo vem sobre nós e torna-nos corajosos.
O segundo grupo dentro dos que creem em Deus são os relaxados.

[floatquote]“Disse mais o SENHOR a Gideão: Ainda há povo demais; faze-os descer às águas, e ali tos provarei; aquele de quem eu te disser: este irá contigo, esse contigo irá; porém todo aquele de quem eu te disser: este não irá contigo, esse não irá. Fez Gideão descer os homens às águas. Então, o SENHOR lhe disse: Todo que lamber a água com a língua, como faz o cão, esse porás à parte, como também a todo aquele que se abaixar de joelhos a beber. Foi o número dos que lamberam, levando a mão à boca, trezentos homens; e todo o restante do povo se abaixou de joelhos a beber a água” (Jz 7.4-7). [/floatquote]

Aquela água representa a Palavra de Deus, que nos sacia e fortalece, mas não basta apenas aceitá-La para a sua vida mudar. Pois, somente o entendimento não traz a realização. Afinal, há pessoas que ouvem a Palavra de Deus, mas apenas para se sentirem bem e tomarem conhecimento. Ouvem, mas relaxam e acomodam-se, à espera que corra tudo bem nas suas vidas, apenas porque creem em Deus. No entanto, não basta conhecer a Sua Palavra. Não é o ouvir, o ler, o entender ou o estudar que interessa, mas sim o praticar, pois quando pratico, então, saio do estado de relaxado, desatento e fico atento e em estado de alerta, tornando-me diligente. Portanto, devemos ser praticantes e diligentes, o contrário de negligentes, que é aquilo que Deus não quer que sejamos.
Ser negligente é saber o que tem que ser feito, que lhe foi confiada uma responsabilidade e recusar-se a fazê-la, pensando que outra pessoa o irá fazer, que outro vai orar, evangelizar, dizimar, sacrificar… isso é ser negligente.

Deus sabe o que prometeu, qual é a sua situação, onde você está e onde Ele quer que você esteja, o que você tem e o que Ele quer que você tenha, quem você é e quem Ele quer que você seja… mas Ele fica à sua espera! Chega a uma altura em que a pessoa fica cansada dela mesma e nega a sua fé, blasfemando, renegando e culpando a Deus, à Igreja, à família, ao diabo, a todos, menos a quem ela deveria culpar, que é ao seu relaxamento e à sua fé flácida.
O terceiro grupo dos que creem é o dos que estão atentos. Dos 32 mil homens restaram 300 e com eles Deus conseguiu a vitória naquele vale sobre 135 mil. Mas foram eles que se escolheram!

Nós fazemos parte do universo dos que creem, onde existem os tímidos e os medrosos, os relaxados e os acomodados, mas também os revoltados, os diligentes, os que usam a fé inteligente e não aceitam que a sua vida seja contrária à prometida por Deus. Por isso, não aceite fazer parte do primeiro ou do segundo grupo, mas escolha-se a si próprio porque você tem valor. Ninguém é perfeito e Deus não exige a perfeição de ninguém, o que Ele exige é diligência e coragem. E todos nós temos essas qualidades, só que uns desprezam-nas e outros valorizam-nas. Mas essa é uma decisão pessoal!

Te vejo na IURD, ou nas Nuvens!

Anterior

08deDezembro

Seguinte

09deDezembro


10 comments
  1. Anabela Frangão-Almada-Portugal

    Boa Noite: Bispo Júlio. Deus nos conduz para o Sacrifício ,para que vençamos os nossos medos mais profundos.Quem não encara o Sacrifício ,jamais poderá vencê-los.Muitas vezes Deus precisa subtrair as nossas forças para adicionar em nós a necessidade da dependência d`Ele. Na Fé .

  2. Joana - Almada

    A verdade é mesmo essa. Todos tem a oportunidade de lutar e conquistar tudo o que desejam, mas não todos estão dispostos a sacrificar. E não é o sacrifício financeiro, mas sim o deixar para trás o seu medo, a insegurança, incerteza. Na fé de Gideão. Eu sou um dos 300.

  3. inacia almada

    Boa noite Sr BISPO Julio .Antes eu fazia parte do grupo dos acomodados e relachados ouvia mas nao praticava tudo era dificil.Mas quando nasceu em mim uma revolta ,tudo mudou houve realmente uma transformaçao na minha vida,hoje faço parte dos trezentos de Gediao nao vou desistir de sacrificar no Altar de DEUS o altar de baal nao vai mais fazer parte da minha vida.Tenho a certeza que o resultado do sacrifio me trás beneficio sempre de Fé em Fé . DEUS ABENÇOE o Sr Bispo e a D Vivi.

  4. Sergio

    Só os diligentes e corajosos se lançam em busca dos seus objetivos.

  5. João Marques

    É mesmo verdade bispo. Deus sabe o que prometeu e cada um de nós sabe e tem consciencia tambem daquilo que Deus prometeu, mas a religião não sabe. A religião apresenta caminhos e alternativas aos nossos objectivos e projetos. A religião provoca decepção porque fala em nome de Deus, mas Deus não honra essa palavra. O bispo Macedo tem sido o homem que ensina SEMPRE fundamentado na Palavra de Deus e por isso tem sido honrado. O caminho para nós sermos honrados é esse, temos que colocar as nossas atitudes fundamentadas em cima da Palavra de Deus sem religiosidades. Se assim fizermos vamos ser a pessoa que é bem sucedida, que caminha para a frente com paz mesmo diante das lutas que possam aparacer.

  6. Reinaldo Rendeiro / Almada

    Eu penso que se a gente nao ser fanáticos ou nao ir pela cabeça de ninguém somente cumprir a Palavra de Deus ....

  7. Reinaldo Rendeiro / Almada

    Assim como no mundo o vencedor nao pode ser medroso, mas corajoso, com Deus e igual, temos de ser corajosos e perssistentes para sermos vencedores

  8. Rui costa/ Almada

    Há vários tipos de fe,cade a cada um de nos tem tomar a decisão escolher aquela que vai acompanhar nos ao longo da nossa vida. E altura certa de cada um de nos fazer uma pausa e fazer uma introspecção a nossa vida e vermos que tipo de frutos e que nos temos colhido até ao agora. se os seus frutos tem sido podres e porque algo de mal fez com que eles tornassem se incompatíveis significa que você tem que começar tudo de novo e e aí que você tem que encontrar o sócio que o vai ajudar com que a sua vida tenha raízes fortes e com toda a certeza que a sua arvore da sua própria vida venha a ter frutos aos olhos de tudo e de todos maravilhosos e com sabor divinal este e o tempo certo para aquele que almeja a tanto tempo para a sua vida em todas as áreas maravilhosa e saborosa .

  9. Sónia Estrela - Almada

    Bom dia Bispo! Muito forte esta palavra. Realmente nós que cremos temos que ouvir a palavra de Deus e pratica-la, porque não adianta só irmos a igreja e ouvir a palavra e depois cá fora no nosso dia-a-dia não a praticarmos.Pois para chegarmos onde queremos e tornar os nossos sonhos em realidade temos de ser revoltados e não medrosos nem timidos...temos de tomar atitude,sacrificar e usar nossa fé inteligente. Na fé.

  10. Maria ramos / almada

    Achei muito útil e prestativo o que o bispo escreveu, porque tem muitas pessoas por aí que mesmo vendo as suas vidas andarem pra tras, e tudo a dar errado,mesmo assim dizem crer em Deus mas nao confiam plenamente Nele......ou podem mesmo confiar mas se numa certa das altura das suas vidas as coisas nao derem assim tão bem como queriam que desse, aí já e motivo para culpar Deus por tudo, aí e que vem os relaxados que se tornado acomodados...como o bispo escreveu.......fé e plenitude em deus...e a certeza absoluta tanto nos bons ou nos maus momento

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.