Mensagens

Quando fazemos Deus parar?

17 de Novembro 2010

Quando fazemos Deus parar?

Há algo muito importante de que deve ter conhecimento e aprender: como o nosso sonho é realizado. Muitas pessoas alegam não ter as suas orações, os seus pedidos respondidos ou os seus sonhos realizados, devido ao facto de não saberem orar como deve ser. E isso não é verdade!

Deus ouve a todos, mas Ele só responde àqueles que materializam a sua fé, ainda que estes não peçam nada. O seu sacrifício faz Deus responder-lhe e a sua atitude ao materializar a sua fé faz Deus atender à sua necessidade, ainda que não abra a boca e não diga uma palavra. O seu sacrifício clama por si! E vou provar isso com a Bíblia:

‘Certa mulher que, havia doze anos, vinha sofrendo de uma hemorragia, e a quem ninguém tinha podido curar [e que gastara com os médicos todos os seus haveres] …’ (Lc 8.43).

Três coisas me chamaram a atenção:

A primeira:

É que havia uma mulher de condições, pois, se vir também o evangelho de Marcos, diz que ela gastou toda a sua riqueza. Infelizmente, por ter uma boa condição económica não teve por que recorrer a Deus, mas sim aos médicos. E mesmo crendo n’Ele, porque todo o judeu desde criança crê em Deus, é dedicado e apresentado a Ele. Só que ela acreditava em Deus de forma religiosa e quando acreditamos em Deus assim, o que fazemos? Recorremos às pessoas, fazemos uso dos nossos recursos, mas não usamos a nossa fé.

Pensamos: ‘Deus está nos céus e eu estou na terra; Deus lá e eu cá. Deus só existe para me trazer paz interior, salvar a minha alma e perdoar os meus pecados’. Quando isso não é verdade! Pois, Deus existe para nos salvar, perdoar os nossos pecados, resolver os nossos problemas e instruir-nos aqui na Terra em como viver à Sua imagem e semelhança, para que sejamos melhores seres humanos, possamos refletir o Seu poder, o Seu amor, a Sua misericórdia, a Sua justiça, a Sua bondade e a Sua paz. Mas, se decido fazer uso dos meus recursos, da minha força, da minha sabedoria e das minhas experiências de vida e desprezar a Deus, o que é que Ele fará? Deus considerará a minha decisão e permitirá que continue a sofrer, tal como esta pobre coitada que vivia a sofrer de uma hemorragia.

A segunda:

O problema dela não podia ser resolvido por ninguém. O seu sonho que era casar-se, constituir família e ser mãe, não se tinha tornando realidade, por causa dessa doença. Na altura, a lei judaica proibia a mulher com fluxo de sangue de aproximar-se de um homem ou até mesmo de o tocar. Sendo assim, esta não podia ter namorados, nem casar-se. Também a mulher casada, no seu período menstrual, era proibida de tocar no marido e este nela; esta não podia sair de casa no seu período menstrual e se saísse e se alguém soubesse esta era presa e condenada à morte por apedrejamento, pois, era contra a lei de Deus. Deus tinha proibido isso, para que o homem respeitasse aquele período em que a mulher estava menstruada e se santificasse.

E a terceira:

Só depois de ter esgotado todos os seus recursos é que ela, então, teve que usar a sua fé. E assim têm acontecido com muitas pessoas, que só depois de terem esgotado todos os seus recursos, humanamente falando – amigos, advogados, experiência e bens – é que se voltam para Deus. Quando esses 12 anos de sofrimento poderiam ter sido evitados, se ela tivesse decidido usar a sua fé, materializando-a. Mas, note que ela chegou a materializar a sua fé nos médicos, sacrificando para eles, pagando-lhes, porque acreditava que eles a iam ajudar. Isso é fé! Fé é a certeza do que queremos e do que esperamos alcançar. Mas, esta ficou frustrada e ‘veio por trás dele …’ (Lc 8.44).

Se ler o evangelho de Mateus, verá que ela não falou com ninguém, nem com os pais, irmãos, amigos ou mesmo Deus. O que fez aquela mulher? Falou consigo mesma e usou a sua inteligência: ‘se Cristo diz ser Deus, então, sabe de todas as coisas, porque foi Ele quem criou os céus, a terra, o mar e todas as coisas que neles há. Deus sabe quem eu sou, o que quero e o que estou a sofrer’. E ela foi, saiu de casa, mesmo debilitada, anémica e com dores: ‘… e lhe tocou na orla da veste, e logo se lhe estancou a hemorragia’ (Lc 8.44).

Duas coisas me chamaram a atenção: quando a pessoa fala com ela mesma, usa a sua fé com inteligência, não falando com ninguém e não esperando que ninguém apoie a sua decisão. E esta também não espera que o milagre venha até ela e aconteça, pois, vai e faz o milagre acontecer. Está escrito que ela pediu, rogou, implorou e chorou? Não! Está escrito que tocou, ou seja, ação. Então, a fé viva não nos faz ficar à espera ou apenas a orar, a jejuar e a ir à Igreja. A fé viva faz-nos tocar em Deus! Mas como é que vou tocar em Deus, se Ele é Espírito? Tocamos em Deus quando materializamos a nossa fé.

Talvez tudo lhe tenha tocado: a tristeza, a decepção, a mágoa, os ciúmes, a revolta, a ira; talvez tenha sido tocada/o por tudo o que é mau, mas quando tocamos em Deus, tudo o que é mau, sai de nós, tal como está escrito: ‘… logo se lhe estacou a hemorragia’.
‘Mas Bispo, estou a perder a vida, a envelhecer, o tempo está a passar e estou a perder o fôlego, a esperança…’ E está assim, porque, infelizmente, não tem usado, não tem materializado e não tem feito a sua fé ficar em evidência, porque quando a mesma fica em evidência, sai poder de Deus. ‘Mas Jesus disse: Quem me tocou? Como todos negassem, Pedro [com seus companheiros] disse: Mestre, as multidões te apertam e te oprimem [e dizes: Quem me tocou?]” (Lc 8.45). A multidão estava a tocar e a apertar Cristo e Ele perguntou: quem me tocou? Todos deram um passo atrás e negaram a fé. ‘Contudo, Jesus insistiu: Alguém me tocou, porque senti que de mim saiu poder’ (Lc 8.46).

Quando você sacrifica alcança, porque foi um sacrifício para essa mulher, o da própria vida. Ela não podia nem sair de casa, mas enfrentou a multidão, passou entre homens e mulheres e ainda tocou em Cristo, que estava aqui neste Mundo em forma de homem. O que é que ela estava a dizer? ‘Se é para morrer, que morra de uma vez, mas assim não posso continuar, porque se esse é Deus, então, vai ter que realizar o meu sonho, porque não aceito continuar assim’. Essa é a fé viva! Então, Cristo parou e disse: ‘quem me tocou?’ O que fez a mulher? Negou a fé? Todos negaram, mas ela não. Ela deu um passo adiante e disse: ‘eu te toquei, Senhor’. Então, Cristo disse-lhe: ‘filha ,vai em paz, porque a tua fé te salvou’. Ela pediu algo a Cristo? Não! Mas quem pediu por ela? O seu sacrifício, materializado através da sua entrega – saiu de casa, quebrou a lei, desagradou a todos, andou entre a multidão e tocou num homem. Ela assumiu a sua fé! E quando materializamos a nossa fé através do sacrifício, fazemos algo fora do normal e Deus é obrigado a parar.

Quantos milhões de habitantes existem na face da Terra? Quantas pessoas não estão a pedir agora algo a Deus? E como é que Ele me vai atender? Como vou fazer Deus parar e olhar para mim e dizer: ‘filha/o, a tua fé te salvou?’ Repare que Ele não falou a tua fé te curou, mas a tua fé te salvou, quer dizer, a tua fé não resolveu apenas o teu problema físico, como também todos os outros problemas. O teu sacrifício clamou por si, o teu sacrifício falou comigo e, quando me tocaste, o teu sacrifício fez sair poder de mim. Isso é maravilhoso, porque nos torna independentes, mas Cristo não quer fazer a obra pela metade. Cristo não poderia ter ficado calado e ter ficado esse milagre apenas entre Ele e ela? E só depois todos saberiam que Cristo a tinha curado? É que Cristo não quer fazer a obra pela metade. A saúde é tudo? Existem pessoas que dizem que a saúde é tudo, mas não é! E a família? O casamento? Os filhos? E a sua prosperidade? Deus curou-a, mas não quis deixar a Sua obra pela metade e perguntou: ‘quem me tocou?’, para provar aos outros que se você ainda não foi curado, abençoado, se está a chorar e se Deus não o/a atendeu, não foi porque não quis ou porque não pode, foi porque você não sacrificou.

Sabe pedir, mas não sabe sacrificar; quer o melhor, mas não sabe materializar a sua fé; fala muito, mas faz pouco. Pois, esta mulher não falou nada, fez muito e aconteceu. Então, seja humilde e aprenda com os exemplos dos outros. Cristo não queria fazer apenas o milagre no corpo dela, por isso, parou e perguntou para ensinar os outros, para ninguém O pudesse culpar nem aos Seus discípulos, como muitas pessoas culpam a Deus; para que ela decidisse assumir a fé ou não. Os outros negaram, mas ela assumiu e disse: ‘agora, estou pronta para morrer’. ‘Se me vão condenar, se vou ser apedrejada, não tem problema! Mas todos vão ficar a saber que estou curada e que o Senhor é o meu Salvador. Perdi 12 anos da minha vida e toda a minha riqueza com os médicos, mas não perdi a minha fé e ela está em Ti, Jesus, meu Salvador’. E Ele disse: ‘filha, podes ir, porque estás curada. Vai casar, ter filhos, uma família e viver muito anos, para provar ao Mundo que Eu Sou Deus’.

Lembre-se de que Deus não quer fazer a obra pela metade na sua vida!
Faltam quantos dias para acabar o ano? Menos de 50 e Deus pode fazer coisas grandes. ‘Mas, Bispo, estou a pedir e não recebo a resposta’. Pergunte-se a si mesmo: ‘estou a sacrificar, estou a dar tudo de mim?’. Esta é uma pergunta que ninguém pode responder por ninguém, pois, cada um tem que responder por si mesmo.

‘Vendo a mulher que não podia ocultar-se, aproximou-se trémula e, prostrando-se diante dele, declarou, à vista de todo o povo, a causa por que lhe havia tocado e como imediatamente fora curada. Então, lhe disse: Filha, a tua fé te salvou; vai-te em paz’ (Lc 8.47-48). Deus quer que você termine este ano em paz, para que possa começar o novo em paz também”.

Por seu servo em Cristo, Bp. Júlio Freitas


18 comments
  1. sully

    Muito Forte Deus falou comingo nessa mesagem! Deus Abençoe muito o sr!

  2. Gleice

    Bispo, muito forte! Deus falou comigo através desta mensagem, Chamar atenção de Deus exige sacrificio. Deus abençoe o sr. Bispo

  3. Monica Alves

    Texo enorme, mas muito forte nos prende a ir ate o final.

  4. Silvia Popescu

    O sacrifício verdadeiro tem que ter sangue que significa dor esforço, dependência total e então haverá resposta, o melhor ex. Abel.

  5. O segredo de manter a fé em alta é a ação... Ela agiu e obteve o resultado. Deus manifesta em nós quando percebe está atitude de Fé! Felicidades, Rô

  6. Thatiany Santos

    Mto forte, e esclarecedor. Obrigada por compartilhar a direção. Sem acomodação, na atitude, fé, sacrifício e confiança em Deus. Praticando, dá tudo mto certo! Tá ligado. Deus o abnçoe mais emais.

  7. Gina Coelho-C.A.E. Cova Piedade

    Boa noite sr.Bispo, a explicação desta passagem está de uma forma objectiva, clara e muito forte. Para chamar a atenção de Deus não é necessário muita oração, muito jejum, é ser corajoso tomar uma atitude e sacríficar de verdade, e esse sacríficio vai clamar pela n/ causa noite e dia, sem ser necessário abrir a boca para pedir seja o que for. Tudo depende de nós.

  8. Quaresma

    Foi muito forte o espirito/mensagem que o Sr Bispo passou na reuniao, e sem muito dizer o que absorvi para mim é que nao tenho que deixar chegar ao estremo da situaçao para fazer Deus parar e atender ao meo pedido. Tenho é que chamar atençao de Deus, fazendo mais e nao me limitando a fazer o que é normal, tenho que dedicar mais e mais e nao me acomodar SO ASSIM TEREI A CERTEZA QUE CHAMAREI ATENÇAO DE DEUS,E NAO HORA SEREI RESPONDIDO. Bom diaa

  9. SOLANGE GRAÇAS

    VERDADE DEUS NÃO QUER NADA PELA METADE,OBRIGADO NA FÉ. SOLANGE

  10. THANK COSELIO HAS BEEN OF GREAT HELP!!! YOU THIS BANDSTAND!! QUE TE GOD BLESS AND JULIO TO BE WITH YOU!!!!

  11. Filipa_ESTORIL

    Quando lutamos pelo nosso maior sonho, não devemos dar ouvidos à "razão" desse mundo, nem às vozes usadas por satanás para nos deter. O nosso objectivo temos que buscá-lo em Cristo e só pra Cristo é que devemos olhar. O sacrifício é a forma de nos desafiarmos a nós mesmos e de chamar a atenção de DEUS. Obrigada, Senhor JESUS, por usar este servo pra nos transmitir a Tua direcção.

  12. fabine

    muito forte nunca tinha visto esse texto com tantos detalhes , Deus é fiel !

  13. Michelle

    Bispo arrebentou!! Essa é a palavra que eu estava prcurando..Obrigada

  14. Ana Paula

    Ta ligado! Oração e ação.

  15. Sara

    *Tá ligado,Bp,Júlio! Não podemos deixar que nossos olhos nos mostrem o que estão vendo, Mas temos que olhar com os olhos da Fé! Atitudes de Fé,movem a mão de Deus.

  16. Tá Ligado Bispo... Temos que chamar a atenção de Deus (através do verdadeiro e perfeito sacrifício)para provocar o grande milagre que desejamos...

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.