Mensagens

Qual o grau da sua fé?

28 de Janeiro 2013

Qual o grau da sua fé?

“O grau da nossa fé é o que faz certas coisas tornarem-se adversidades, ao invés de serem apenas mais uma experiência.”

Qual a postura que adopta quando passa por momentos de extrema carência: acredita que essa situação lhe trará uma nova experiência ou sente-se perdido e pensa que não irá encontrar o caminho certo?

Todo o indivíduo tem o grau de fé necessária para poder superar os seus temores. No entanto, o medo aprisiona-o de tal forma que o faz projectar o pior cenário possível – que não é capaz de superar determinada situação ou que tudo está perdido…!

Contrariamente, a fé diz-nos em vós clara e audível, no nosso interior que somos fortes, que não existe nada que não possamos vencer, que todas as dificuldades serão para melhorarmos como seres humanos e aprendermos que quanto maior é a dificuldade maior será o êxito. Permita que as adversidades chamem a sua Fé à acção, ao invés da reclamação. As contrariedades revelam-nos em que áreas é preciso que a nossa fé actue e não o “nosso” medo.

Um segredo para si – de todas as vezes que surjam adversidades ou momentos delicados, diga para si mesmo: “Agora é o momento de usar a minha fé de maneira diferente!”.

Te vejo na IURD, ou nas Nuvens!

Anterior

27deJaneiro

Seguinte

28deJaneiro


44 comments
  1. Paloma Lopes, Fj Almada

    Boa tarde bispo Júlio :) É na hora da dificuldade que mostramos realmente se temos fé ou não. Quando tudo esta bem porque usar a fé ?! É na hora que tudo esta perdido que usamos do nosso 6 sentido .

  2. RODRIGO LENG -FJ ALMADA

    O pior inimigo da fé é a dúvida, incerteza, o medo. Quando usamos a fé, automaticamente determinamos que vai dar tudo certo e que iremos ultrapassar determinada dificuldade. E qual a melhor forma de testarmos a nossa fé? Passando por lutas, dificuldades, é aí que realmente vemos se estamos realmente nas mãos de DEUS, ou seja na sua dependência e confiamos na sua grandeza ou se nos deixamos desanimar perante os problemas e desistimos.

  3. Hemanuelly - Brasília/Df

    Bispo o senhor falou tudo! Nos meus momentos mais criticos sempre vez uma voz para nos colocar para baixo e uma para nos colocar pra cima...quando isso acontece logo elimino a emoção e vou em frente, partindo pra cima...

  4. Genine Ruivo

    E Deus permite que estas situações aconteçam para que venhamos agir a Fé e nunca nos acomodarmos. É nas nossas fraquezas que somos fortalecidos. No primeiro impacto até podemos encarar com alguma tristeza ou desanimo, mas Deus logo nos concede a Sua força para lutarmos e nasce em nós uma revolta capaz de derrumar tudo aquilo que nos impede de alcançarmos o que queremos. Se Deus nos deu o poder e a autoridade para pisar em serpentes e escorpiões, basta seguirmos essa palavra, usar esse poder e certo é que mal nenhum subsistirá. Deus nos mostra todas as armas que temos ao nosso dispor para vencermos o diabo, nós por vezes é que devido à tamanha tribulação, preocupação não as conseguimos ver , não usamos os olhos espirituais.

  5. kathleen

    MUITO FORTE... ME AJUDOU MUITO

  6. Mary (Lisboa)

    É bem verdade Bispo Júlio! concordo plenamente consigo...e o que mais me contenta é presenciar muitas vezes o senhor mesmo praticar estas suas palavras no altar do Senhor Jesus. Muitas vezes,observo seu extremo cuidado para com as coisas de Deus...e ainda assim,quando por breves momentos há alterações não previstas,o senhor logo se reveste de forças e dá seguimento no que for preciso,com mais força,mais ânimo e contínua dedicação. Por muitas vezes já falei para mim mesma,que se o senhor consegue superar situações com bravura através do Espírito Santo,então,eu permanecendo firme e na fé,conseguirei superar muitos obstáculos também. Agradeço ao Sr. Jesus e também lhe agradeço por tantas valorosas atitudes de humildade,fé e perseverança nas lutas,que o senhor sempre nos mostra.

  7. Daniel FJE Marinha Grande

    Boa noite Bispo, A nossa fé tem estar sempre lá em cima, pois só assim encamarmos qualquer problema sem cairmos na fé. Mesmo que seja uma barreira que nunca tenhamos passado, temos que enfrentar com todas as forças. Vou guardar esse segredo Bispo.

  8. PAULO DIEGO FJE-POMBAL

    simples o grau na minha fé e ver o impossivel com os olhps do espirito santo, por isso que dis a blibia nada e impossivel nos olhos de DEUS.

  9. Jeremias - FJE FIGUEIRA DA FOZ

    A minha fé define quem sou para Deus. Para eu ser aprovado, também ela tem que ser aprovada e ela só pode ser aprovada nas tribulações. É por isso que tenho que ser forte nas tribulações.

  10. Margarida Rocha - FJE FIGUEIRA DA FOZ

    Boa noite. é muito importante sabermos discernir a fé emotiva da fé racional, pois se tivermos a usar a emotiva, a nossa fé é baseada em emoções, em momentos, em circuntâncias. E nós não podemos depender disto. Temos que ser racionais. Usar inteligência em vez das emoçoes

  11. William FJE - Pombal

    Boa noite Bispo, tá ligado, eu vou praticar este segredo! Usando a minha fé nos momentos dificeis na certeza da vitória, porque sentir medo das adiversidades as vezes é normal, o que não podemos jamais é sermos dominados por este medo. E se estivermoscom a fé elevada, certamente vamos vencer todos os problemas!

  12. Clarice FJE FIGUEIRA DA FOZ

    Quando se vive pela fé, nós dependemos de Deus. Quando dependemos de Deus, nós somos fieis a Ele. Aconteça o que acontecer, nós nunca podemos duvidar, senão já não estamos a agir pela fé.

  13. Mariana Gonçalves FJE FIGUEIRA DA FOZ

    Confesso que a maneira como tenho usado a minha fé não tem sido a melhor. Mas ainda vou a tempo de mudar, e escolho mudar agora. A partir de agora, vou usar a minha fé de maneira diferente!

  14. Otilia FJE FIGUEIRA DA FOZ

    É isso que eu vou fazer. Tá ligado! Sempre que estiver a atravessar um momento dificil, vou colocar nas mãos de Deus e vou confiar. Tenho que materializar a minha fé!

  15. José Silva - FJE FIGUEIRA DA FOZ

    É exatamente isso bispo. E Deus só consegue ver a QUALIDADE da nossa fé quando nos coloca um grande desafio no caminho. Resta-nos sermos aprovados!

  16. Micaela Sofia FJE- Figueira da Foz

    Boa noite bispo As vezes o medo mete nos barreiras difíceis de enfrentar. Mas para deus nada e dificil as vezes nos conseguimos enfrentar essas coisas pequenas mas e so preciso ter calma e levar as coisas para a frente. Andar sempre de cabeca erguida e sempre na fe racional. Nao podemos desanimar porque deus sabe quando. E por isso temos de confiar nele.

  17. Katia Félix - FJE Coimbra

    As adversidades, as lutas, os problemas são uma oportunidade de provar a nossa fé sem os mesmos não usaríamos a fé e não alcançaríamos o impossível, nos faz crescer, não existe facilidades porém o sacrifício é que nos faz ver quem verdadeiramente quem somos! Ficando em evidencia qual voz damos ouvidos e mostrando assim qual espírito é que faz parte de nós.

  18. Iolanda Figo - FJE COIMBRA

    Fazer do limão uma limonada. Nas situações adversas temos a opção de focar a fé, aquilo que (ainda) não se vê. Podemos provar para nós mesmos e para o diabo, confirmar perante Deus onde depositamos a nossa força, esperança e confiança. Se for em Deus, com certeza a nossa fé é aprimorada, somos fortalecidos na experiência! O nosso poder de decisão é um fator que não podemos descartar jamais diante da nossa fé, em toda e qualquer circunstÂncia. Deus abençoe

  19. VIVIANE SOUZA - FJE POMBAL

    CREIO QUE QUANDO O "TERMÓMETRO DA NOSSA FÉ ESTÁ LÁ EM CIMA" É IMPOSSÍVEL OLHARMOS PARA AS SITUAÇÕES DIFÍCEIS E PROBLEMAS COMO EMPECILHOS NO NOSSO CAMINHO MAS SIM COMO UM TRAMPOLIM QUE IRÁ NOS IMPULSIONAR PARA CRESCERMOS E IRMOS ALÉM DE ONDE JÁ ESTAMOS.

  20. Eu digo que as adversidades são oportunidades. Oportunidades de avaliar-nos quem somos, porque Deus sabe quem realmente somos, mas são nas lutas é que provamos a nós mesmos quem somos. Podemos também amadurecer na fé através de momentos difíceis, crescer e desenvolver. É também uma forma de não nos acomodar. Nas lutas, Deus nos "Obriga" a sair da zona de "conforto" e partir pra cima do problema. Se alguém se pergunta "porque estou a passar isso tudo", saiba que Deus deseja que você cresça, desenvolva e seja uma pessoa melhor. Lembre;se que por cima das nuvens mais escuras, sempre h[a um lindo sol a brilhar.

  21. LEANDRO - FJE POMBAL

    BOA NOITE BP. JÚLIO. TENHO A CERTEZA QUE OS PROBLEMAS E ADVERSIDADES QUE SURGEM EM NOSSAS VIDAS SÃO OPORTUNIDADES DE CRESCERMOS ESPIRITUALMENTE, DESENVOLVERMOS A NOSSA FÉ E ALCANÇARMOS NOSSOS OBJECTIVOS. MAS PARA ISSO TEMOS QUE SER CORAJOSOS PARA NÃO NOS INTIMIDARMOS DIANTE DE TAIS SITUAÇÕES E IRMOS PARA CIMA!

  22. Igor - FJE Lousã

    Eu agradeço a Deus por existir em exercito do Deus vivo que todos os dias nos da uma menssagem de fé que nos mantem na presença de Deus.

  23. Lucas - FJE Lousã

    A cada adversidade que superamos, a nossa fé sendo praticada só eleva o seu grau. Por isso pode vir pois vamos arrebentar!

  24. Henrique - FJE Lousã

    Bispo, muitas das vezes eu não tenho essa visão da fé. E quase sempre eu deixo o grau da minha fé abaixar.

  25. Catia FJE Marinha Grande

    Aqui esta o segredo :“O grau da nossa fé é o que faz certas coisas tornarem-se adversidades, ao invés de serem apenas mais uma experiência.” Nos encaramos as situações inesperadas segundo a nossa fé. Se temos uma fé firme e definida então vamos encarar como uma oportunidade para aprender algo, ter novas experiências,amadurecer. Porém, se temos uma fé emotiva e nos deixamos dominar pelo medo serão problemas que aos olhos dessa fé "pequena" nao somos capazes de superar. Quando estou definida eu torno-me forte na fé e luto contra o medo para vencer.

  26. Catia FJE Marinha Grande

    Aqui esta o segredo :“O grau da nossa fé é o que faz certas coisas tornarem-se adversidades, ao invés de serem apenas mais uma experiência.” Nos encaramos as situações inesperadas segundo a nossa fé. Se temos uma fé firme e definida então vamos encarar como uma oportunidade para aprender algo, ter novas experiências,amadurecer. Porém, se temos uma fé emotiva e nos deixamos dominar pelo medição ser problemas que aos olhos dessa fé "pequena" nao somos capazes de superar. Quando estou definida eu torno-me forte na fé e luto contra o medo para vencer.

    • Catia FJE Marinha Grande

      Aqui esta o segredo :“O grau da nossa fé é o que faz certas coisas tornarem-se adversidades, ao invés de serem apenas mais uma experiência.” Nos encaramos as situações inesperadas segundo a nossa fé. Se temos uma fé firme e definida então vamos encarar como uma oportunidade para aprender algo, ter novas experiências,amadurecer. Porém, se temos uma fé emotiva e nos deixamos dominar pelo medo serão problemas que aos olhos dessa fé "pequena" nao somos capazes de superar. Quando estou definida eu torno-me forte na fé e luto contra o medo para vencer.

    • Catia FJE Marinha Grande

      Aqui esta o segredo :“O grau da nossa fé é o que faz certas coisas tornarem-se adversidades, ao invés de serem apenas mais uma experiência.” Nos encaramos as situações inesperadas segundo a nossa fé. Se temos uma fé firme e definida então vamos encarar como uma oportunidade para aprender algo, ter novas experiências,amadurecer. Porém, se temos uma fé emotiva e nos deixamos dominar pelo medo serão problemas que aos olhos dessa fé "pequena" nao somos capazes de superar. Quando estou definida eu torno-me forte na fé e luto contra o medo para vencer.

  27. Manuel FJE Marinha Grande

    Quem pratica a palavra de Deus vai encontrar adversidades, porque nao somos bem recebidos pelo mundo e as pessoas fazem de tudo para nos tentar abalar. As dificuldades são novas experiências e ate a hora da morte vamos aprender coisas novas com essas dificuldades. Temos sempre que lutar contra o medo usando a nossa fé.

  28. Teresal FJE Marinha Grande

    Nao devemos baixar os braços, mas lutarvsempre por aquilo que queremos. As dificuldades são momentos para nos conhecermos melhor e ganharmos experiência. Cada vez que ultrapassamos uma dificuldade sabemos que quando vierem outras também seremos capazes de superar com a nossa fé.

  29. Daniela Silva - FJE Figueira da foz

    Boa noite, bispo. É isso mesmo. Quanto maior a dificuldade, maior é o êxito, maior é a conquista e maior é a nossa evolução. Não podemos desistir à primeira adversidade, temos sim que preseverar. Temos que crer na conquista dos nossos objetivos. E como o senhor disse, "Agora é o momento de usar a minha fé de maneira diferente!"

  30. jane(Cenacúlo Del castilho)

    Boa noite,bispo! Quando a nossa fé está em alta,no DEUS VIVO,somos fortes o suficiente para mostrarmos a porta de saída para os problemas.Obrigada na fé.

  31. Junior - FJE Pombal

    Infelizmente bispo, aquele que deixa o medo abalar sua Fé se torna fraco e sempre se sentirá incapaz de vencer os pequenos problemas, imagine os maiores!!! Os maiores problemas para aquele que tem o seu grau de Fé elevado, para ele é a oportunidade das grandes conquistas. Um abraço bispo.

  32. jose de ribamar

    Hola. Bispo Buenas Noches: Si nosotros tuvieran un grado de fe como JACOB Y GIDEAO: con las adversidades y momentos difiles, con certeza nuestras dudas serian olvidades. Los senderos de la vida no son siempre llanos y suaves. Hay subidas y bajadas, rectas y curvas, polvo y piedras, noches y tempestades en nuestro camino. Pero , nosotros tenemos que seguir hacia adelante. No vuelva la vista atrás, ni a los lados. Si oye, no haga caso.Avance pensando que DIOS es el padre que le da su Amor,y que su conciencia es el termónmetro de su fe y dugnidad. Gracias por la oportunidad. Un saludo especial.

  33. Marina FJE - Leiria

    infelismente para nos seres humanos é mas facil acreditar nos negativos que nos positivos! ele não precisa de inimigos, ele já é seu principal inimigo. agora quando decide olhar para seu ser interior, descobre que é tão facil realizar-se.

  34. Fernando FJE - Leiria

    Olá senhor Bispo! independentemente da nossa classe social, cultura ou até mesmo fé, todos nos temos medo e se agirmos nos momentos menos bons de forma positiva superando de dentro para fora os medos, fraquezas, incapacidades, etc. podemos sim, vencer! com base nos seus encinamentos e na minha determinação, vou colocar em pratica.

  35. Jéssica Oliveira - FJE Leiria

    É verdade, temos de ver os momentos difíceis como oportunidade de colocarmos a nossa fé em acção Mas não devemos aceitar, a situação dificil, e sim enfrenta la, da maneira certa, para obtermos bom exito. Usar a fé inteligente e não a emoção

  36. Cristina Silva-FJE Aveiro

    Olá Bispo Júlio Nos momentos díficeis,é que realmente eu me conheço,e avalio o grau da minha fé! Se me desepero e dou ouvidos á emoção,ou fico firme,uso a fé racional,e permaneço fiel ao meu Deus.No passado quando não entendia o que era agir pela fé racional,tive medo sim,aliás muito medo!Mas hoje,sei quem sou,e de onde Deus me tirou,dependo Dele,a minha vida pertence a Deus,meu futuro,tudo!Hoje tiro experiências dos momentos dificeis,cresço com eles,amadureço!

  37. VAGNER SILVA

    ola bispo em umas das pregação do senhor falava do deserto de jesus,comentou que jesus na sua perfeição foi levado pelo Espirito Santo para o deserto imagina nos mortal cheios de falhas,onde nos mesmo nos levamos para o deserto,mais a um detalhe de estrema importância se seguirmos essa direção que o senhor posto e olhar o deserto as dificuldades como uma experiência para nossa vida,e dar ouvidos a essa voz que vem do criador ´´que não existe nada que não possamos vencer´´vamos superar tudo e alcançar nosso objetivos. VLS DE SANTARÉM SERVO ATE O FIM!!!

  38. Diana Rebelo - FJE Viseu

    Boa Tarde, Vou guardar esse segredo, sim!! ;) É normal sentir medo perante uma situação nova ou que não estava prevista. Mas o que não pode ser normal é retrair-me na hora de ter que ser valente, audaciosa. É nessas situações que saem fora do meu controlo que terei que recorrer à minha Fé, afinal viver pela Fé é viver na dependência de Deus!

  39. Diogo Gomes - FJE COIMBRA

    Bom dia Bispo Mias uma vez um post muito interessante. De certo modo todos nós crentes e até mesmo não crentes usamos a fé todos os dias mas de modos que não nos apercebemos. Nós levantamos da cama porque temos fé/acreditamos que as nossas pernas aguentam com o nosso corpo. Saímos de casa e pegamos no carro para ir para o trabalho porque temos fé/acreditamos que nao vamos ter nenhum acidente ou avaria. Não deixa de ser um uso quotidiano da fé. Agora muitas pessoas esquecem de a usar é nos momentos maus. Dão ouvidos ao medo, rebaixam-se perante as dificuldades quando a fé literalmente diz "JÁ DEU TUDO CERTO"... Os desertos que passamos so servem para fazer crescer o nosso testemunho, Usar a fé é mui importante... Se basta que a nossa fé seja do tamanho de um grão de mostarda para movermos montes e montanhas imagine do que será capaz se ela for do tamanho da montanha e não do grão... Deus Diz, vai nessa tua força pois eu sou contigo. Tá ligado? Deus abençoe o vosso dia

  40. Rosangela freitas

    É verdade Bispo é nessa hora que temos que colocar em prática a nossa fé exercita- lá por que a reclamação a murmuração só traz duvidas e o medo e assim o diabo encontra espaço na nossa vida é isso que alimenta ele,e a Fé viva agrada à Deus.

  41. João Marques (Portugal)

    Já ouviram falar na palavra bi-estável? Esta palavra refere-se a um sistema com dois estados estáveis, é como na fé; a pessoa crê (quente) ou não crê (frio). A religião "inventou" o estado morno. A religião tem trazido alternativas aparentemente crediveis baseadas em textos isolados retirados da Biblia. Estes textos isolados aparentam ser a "boia de salvação", mas no fim pouco ou nada mudou. Por isso eu gosto de aprender com o bispo Macedo, ele tem nos alertado para estes factos, ele apela à inteligência e nos leva a pensar e meditar naquilo que está escrito.

  42. Christina Moura

    Bom dia Bispo, como sempre, sigo aprendendo. Muito obrigada. Abraço carinhoso. Chris/Acre/Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.