Mensagens

Por si e pelos outros!

31 de Janeiro 2014

Por si e pelos outros!

“Criar momentos para si e para os outros é expressar o seu forte sentido de propósito, é o que o fará forte e ainda animará os outros.”

Nada é mais inspirador do que ter um forte propósito na vida? Porquê? Simples, porque a maioria das pessoas não faz ideia de onde vem, onde está neste momento e muito menos para onde vai… vivem o seu dia a dia de forma mecânica, sem pensar muito no que fazem ou por que motivo o fazem, para elas, uma coisa apenas importa: chegar ao final de mais um dia, semana, mês, ano, década…

Mas, será isso viver? Com certeza que não, a isso se chama sobreviver. E muitos, sem saber ou sequer se preocupar, assim passam a sua juventude, idade adulta, até que chegam à velhice e sentem que a sua vida, para além de rápida, foi vazia de sentido, um grande e angustiante “e se…?”.

Como contrariar esta tendência?
– Em primeiro lugar, valorize-se a si próprio e à relação que tem com os outros.
– Procure criar momentos únicos no decorrer da sua vida para si e com os outros.
– Lute pelos seus ideais, pelos seus sonhos e ajude os outros, animando-os para que sejam, igualmente, a melhor versão de si mesmos!

Caro leitor, asseguro-lhe que, se fizer isto, a sua existência será muito mais gratificante e cada dia será preenchido de felicidade e realização.

Te vejo na IURD, ou nas Nuvens!
Bjf

Anterior

31 de Janeiro

Seguinte

01 de Fevereiro


37 comments
  1. é verdade! apior coisa é a sensação de vazio e correr atraz do nada! Jesus Cristo nos dá a oportunidade de nos conhecer e encontrar o sentido da vida.

  2. Mario Giovannoli, Lugano, Svizzera

    Buonasera Vescovo Julio, Semplicemente sopravvivere, senza un sogno, senza un obbiettivo, perso nel mondo, senza dare niente a nessuno, e senza ricevere niente per me. Questa era la mia vita senza il Signore Gesù! Ora in mezzo a tanti problemi, tante difficoltà, ho un obbiettivo: il mio obbiettivo è Cristo. Questo mi dà allegria, conforto, pace; che posso condividere con le altre persone e vivere una vita completa nel nome del Signore Gesù Cristo.

  3. Alfredo (França)

    Olá a todos leitores e Sr.Bispo uma das definições da palavra SOBREVIVER é: QUE NAO TEM CONDIÇOES PARA DURAR , ou seja qual quer que seja o objectivo que proucuramos nunca poderá ser alcançado se estamos no estado e na base da sobrevivência a definição mesmo diz não tem condições, e muitas pessoas no afã de querer se convencer que podem quando esperam tudo dos outros , ou fazem as coisas mecanicamente passam a sobreviver por isso são vazias sem coragem sem alvo sem a mínima condição de serem felizes , por isso achei importante comentar este post para ajudar aqueles que estão no estado de sobrevivência para mudar tem de agir e reagir contra isso agora e mudar toda a sua vida nas correntes de oração do centro de ajuda.

  4. Juliana Reguenga

    Bom dia Bispo! Este post é muito interessante e muito útil! Pois na vida devemos ter objectivos e metas a alcançar diariamente, pois ajuda-nos a realmente viver, dar VIDA aos nossos dias. Sem isso sobrevivemos apenas, andamos conforme as circunstancias com o que vemos e ouvimos. Ter um propósito é viver além do que os meus olhos vêem mas sim do que eu creio e quero para a minha vida. Deus lhe abençoe muito!

  5. Ana Filipa - Póvoa de Varzim

    Boa esta palavra. Ter um propósito é fundamental para se alcançar um objetivo.

  6. vera Agueda

    As pessoas pensam que os sacrificios são brincadeiras. As pessoas estão sempre a pensar que não são importantes e que não existem.

  7. José Antunes Agueda

    Nós temos que dar às outras pessoas momentos de diversão, mas também temos que lhes dar momentos de propósito e sabedoria.

  8. Dayana Vigo

    Muy fuerte, pero al fin y al cabo es la realidad, muchas personas no se dan cuenta de ello porque tienen siempre las mismas costumbres y ya hacen todo maquinalmente, sus días son siempre iguales sin saber a donde quieren llegar. Realmente lo que nos ha hecho ver me ayudo mucho!

  9. Sónia Silva - Areosa

    Boa tarde, Bispo! Na verdade nós temos que ter um objectivo na nossa vida para assim sermos bem sucedidos, para que possamos dizer mais tarde que fizemos algo, ou que conquistamos algo na nossa vida. Ao sermos abençoados podemos influênciar as pessoas que nos rodeiam a usar o mesmo espirito e a mesma fé para todos juntos usufruirmos das nossas vitórias. Deus abençoe

  10. Fátima Nobrega - Areosa

    Com certeza Sr. Bispo nós temos que ter um objectivo na nossa vida, pois eu sei o que quero (servir a Deus) e por isso procuro levar a Palavra aos que sofrem no intuito de os ajudar para que as suas vidas passem a ter sentido. Deus abençoe!

  11. Teresa Malecama - Aveiro

    Boa tarde Bispo Júlio! Ao ler este artigo pude ver a minha vida quando eu apenas sobrevivia, não tinha expectativa de nada, não tinha sonhos, não sabia como reagir diante das situações. Os dias passavam, os meses, os anos, e nada acontecia... Mas depois que comecei a me valorizar e, consequentemente, a investir em mim e crer que era possível ter uma vida de verdade, aí sim, descobri força para lutar por mim, sonhar e lutar pelos meus sonhos, traçar objectivos e conquistá-los! E graças a isso, hoje tenho vida e posso transmitir a mesma energia positiva a outros. E isso só foi possível depois de conhecer o Centro de Ajuda, e a minha vida ganhou outro sentido! Um abraço a todos!

  12. Carlos Bastos

    Bom dia Bispo Julio Vejo que esta valorização nos tornara forte a cada dia, começando de dentro de nos à exalar um bom aroma da vida. Muito obrigado.

  13. Susana Gomes - Terceira - Açores

    É bem verdade Bispo. Antes eu era uma jovem triste, vazia, sem expectativas, vivia os dias sem metas, sem objetivos posso afirmar que eu não vivia, mas sim sobrevivia. Até que conheci o Senhor Jesus e aprendi o valor que eu tenho. A partir dai, a minha vida se transformou! Hoje posso dizer que tenho vida pois aprendi a investir em mim e no meu relacionamento com Deus, isso não somente me mudou, mas me faz querer ajudar também, as pessoas que me rodeiam. Recebi a Vida, para Dar Vida! Obrigada pela mensagem .

  14. cristiano maia

    Me ajudou muito mesmo, e ja compartilhei.

  15. Fabiana Volpin Cedofeita

    Quando andava nas trevas era cheia de limites, fraca, insegura. Hoje, depois de conhecer a Luz, não posso me permitir agir e ser da mesma forma. E, infelizmente, poucos pensam dessa maneira.

  16. Antonio Volpin Cedofeita

    Boa tarde. Triste fato saber que a maioria das pessoas apenas sobrevivem, uns poucos decidem viver, ser diferente. Mas essa é uma escolha pessoal de cada um. Eu , particularmente decido viver, lutar pelos ideais, ir em frente. Muito libertadora a mensagem.

  17. João Marques (Portugal)

    Realmente há sempre coisas a fazer, não apenas por nós, mas também tendo em vista o bem estar dos outros.

  18. Nara Dias- França

    Me valorinzando e investindo na minha vida com Deus eu serei e darei um bom exemplo, pois palavras convencem mais é o exemplo que arrasta, quando a pessoa tem este espirito dentro de si faz isto acontecer naturalmente.

  19. André Cruz

    Excelente mensagem, faço questão de compartilhar na página do meu face. Grato;

  20. Rosa Fontes

    Bispo , tudo se torna diferente , quando a nossa intenção de mudar é visando também a mudança dos demais . Assim sendo a nossa vitória será certamente grande .

  21. Rosa Fontes

    Bispo , quando investimos em nós mesmos passamos a ter capacidade para levar outras pessoas a fazerem o mesmo na vida delas . E pelo seu exemplo irão contagiar outras a fazerem o mesmo ... Assim ajudaremos a Obra de Deus a desenvolver em um todo . Deus abençoe o Senhor

  22. vitor fontes-frança

    Muito importante esse artigo ou melhor, esse alerta. Muita gente corre para o "vazio", por falta de propositos e objectivo. Quem está nessa "corrida", passa ano após ano e sempre vem o mesmo sentimento;não fiz nada, ao passo que aqueles que têm o sentido dos propositos, sempre se estão renovando e restaurando as suas forças.

  23. Bruno Santos - Luxemburgo

    Olá Bispo Júlio! É verdade tem gente que elas andam no "piloto automático" ou como um barco ao sabor do vento e pior é que não tem consciência de que estão nesse estado. Acabam não por viver mas por sobreviver, sendo suas vidas sem sentido e razão de ser. A vida é feita de momentos e temos que viver esses momentos de uma forma única e inspiradora tanto para nós como para quem nos rodeia. Assim como termos claro qual o nosso ideal e foco, pois isso é que trará sabor a nossa vida. Não podemos nos tornar insípidos e sem sabor: " Vós sois o sal da terra; ora, se o sal vier a ser insípido, como lhe restaurar o sabor? " Deus Abençoe o Sr!

  24. Duarte - Aveiro

    Realmente Bispo Júlio, a tendência do ser humano é fazer tudo de forma mecânica, sem pensar, sem metas. Por essa razão é que não há o retorno desejável, ou melhor, o retorno que há, é a frustração! Tudo porque não há uma "ambição santa" de desenvolver a cada dia, e de marcar a diferença quer na sua própria vida, como na vida do seu semelhante. Um abraço para o senhor e família. Obrigada pelos seus posts que sempre acrescentam.

  25. Fabiana Bonfim- Póvoa stª Adrião

    simplesmente forte esse post Bispo ajudou me muito uma coisa que o senhor falou e me chamou atenção muitos não vive, sobrevive que triste né mas é o que tem acontecido muito nos dias de hoje. a parte bispo que escolho é viver , tenho consciência que passarei por adversidades mas o DEUS que sirvo tem vida . há uma frase que diz assim : quem vive é "livre " (dos seus sentimentos ) quem sobrevive é "escravo "(dos seus sentimentos ) cumprimentos

  26. Ana Luisa Teixeira - Aveiro

    Olá Bispo Júlio, Quando invisto em mim, de uma forma diligente, dando prioridade ao meu relacionamento com Deus, certamente, criarei momentos únicos no decorrer da minha vida, e os que me rodeiam serão beneficiados de forma natural! Obrigada pelo post, muito inspirador.

  27. António - Aveiro

    Boa tarde bispo Partilhar é uma experiência extraordinária É dar e receber ,é viver ,é ser útil Obrigado por este post

  28. Boa tarde bispo Quando investimos em nós certamente estaremos a dar condições aos outros para que suas vidas possam ser melhor ,no entrando quando uma pessoa recebe algo de bom deve partilhar . Se nao fosse para partilhar nossa vida e experiências que tanto podem ajudar a outros, certamente viveríamos sozinhos . Quando não se dá não se recebe . Obrigado por este tema .

  29. Natália Santos - Areosa

    Boa Tarde Bp Júlio, a adversidade é algo que vem para todos, podemos vivenciá-la em todas as áreas de nossa vida, podemos viver momentos de adversidade, ela vem, mas também ela passa. Assim como existe dia e noite, a diversidade passa. Jó é um exemplo abençoado para aprendermos a enfrentar os momentos de adversidade. Jó 42:5 "Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te vêem.” Jó começa a vivenciar as mudanças na sua vida, tudo que ele perdeu foi lhe dado de volta e foi multiplicado. Ele viveu toda a diversidade, mas seu coração não guardou amargura. Muitas pessoas dizem ter fé, mas nos momentos de adversidades não conseguem colocar em prática a sua fé. Não deixe nenhuma janela aberta para entrada do pecado na sua vida, se pecou confesse seus pecados, e ponha diante do Senhor como alguém que precisa da sua misericórdia do seu perdão. Se Deus estiver em primeiro lugar na sua vida, então você conseguirá transmitir isso a todos que estiverem a sua volta!

  30. Luis A Prenda

    Admiro o seu artigo,sempre valorizo o meu futuro profissional e lógicamente quando refleto perante o divino ou Deus valorize-me moralmente. Mas perante Cristo ou Deus valorizamo-nos todos as nossas necessidades e espiritualmente a nossa moral.

  31. Ricardo Arcanjo

    Muito inspirador! Que Deus continue abençoando o senhor bispo, o seu ministério e a sua família.

  32. Rosa Miguel Alvalade

    Boa Tarde Bispo, Sobreviver- restar, resistir... Viver- Ter Vida! Palavras que me chamam a atenção,e fazem-nos parar e pensar. De facto é o que importa é a Vida! Amar é dar, dar aquilo que SOU e não o que faço! Obrigado Bispo, Sem mais, RM

  33. Fátima Pina- Benfica

    Bom dia Bispo. Eu concordo plenamente com o sr. porque quando eu vivia sem objetivos, simplesmente o tempo passava,mas quando nós fazemos esse tempo ser útil para nós e para os que nos rodeiam o tempo se torna magnífico, somos mais felizes e realizados,eu falo por experiência própria. Um bom fim de semana para todos os internautas apreciadores deste blog.

  34. Antonio Carlos

    Bom dia Bispo,muito forte esse raciocinio,pois temos que encontrar esse equilibrio e prazer nestes momentos unicos e com o proximo,tornando agradavel e com certeza mostraremos a diferença,pois dentro de nos habita o autor da vida.Amem.

  35. Alexandre Oliveira - Faial- Açores

    Antes de conhecermos o Centro de Ajuda e recebermos estas maravilhosas orientações e participando das palestras que nos ensina a colocarmos de modo pratico uma fé inteligente, nos leva a aprender como viver a vida de um modo útil, podemos dizer que nossa vida era sem sentido realmente, mas hoje a desfrutamos com um sentido único e favorável a felicidade, obrigado bispo.

  36. Lindalva Costa/Leiria PT

    Bom dia,acredito que pelo facto das pessoas estarem preocupadas dia a dia com os seus próprios interesses, a carreira bem sucedida,o carro para comprar, a casa , um aumento no salário, um cargo na empresa...enfim tanta coisa que gira em torno da pessoa que muitas vezes vimos que ela nem fez caso do que viveu, da companhia de quem esteve e essa correria, esse frenesi a faz não desfrutar do melhor da vida. O melhor da vida é viver e viver bem! um abraço.

  37. Ana Carla

    Fantástico, fez pensar, refletir, lutar e ser diferente! Não entristecer-se pelo que passou ou perdeu, mas, lutar pelo que ainda pode, deve e vai conquistar se assim aplicar ;) Um abraço ao nosso querido Bjf.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.