Mensagens

O Pastor saiu da obra?

14 de Setembro 2011

O Pastor saiu da obra?

[audio:/14092011.mp3]
Quantos no mundo dedicam anos de estudo para trabalhar em grandes empresas ou em multinacionais. São empresas “disputadas” porque oferecem “segurança” e “status” aos seus trabalhadores.
Mas não há nenhuma empresa ou instituição no mundo que possa oferecer benefícios tão duradouros quanto trabalhar para Deus, pois estes são eternos.

Obviamente, os objetivos não são os mesmos, mas, trabalhar para Deus não é para qualquer um, por mais preparação, estudos e ambição que alguém possa ter em trabalhar para o Reino de Deus, somente os que estão dispostos a renunciar toda e qualquer glória deste mundo estarão aptos a desempenhá-lo. Muitos até começaram, mas não puderam permanecer e há quatro grupos específicos onde se encontram os que saíram ou sairão:

1. Os que querem SER “alguém” (Regional, Estadual, Líder, que quer ser reconhecido pela Liderança). O Reino de Deus não é um reino de senhores e sim de servos e, a partir do momento em que a pessoa passa a reivindicar o reconhecimento humano, é porque o único foco que se pode e devemos ter nesta obra, foi perdido. Em todo o período em que esteve com os Seus discípulos, Jesus jamais falou de facilidades ou projeções pessoais, pelo contrário, a cada ensinamento deixou claro o alto preço para quem queria ou queira servi-Lo. Podemos observar que sempre que alguém chegou a Jesus, com o intuito de servi-Lo e segui-Lo, o mesmo teve que abrir mão da sua posição e do seu status na sociedade. Este indivíduo, que quer “ser” alguém, busca apenas os seus próprios interesses e perdeu completamente os princípios do “servir a Deus”, pois, quem O serve não escolhe lugar, título ou fica almejando posições e sim está à disposição, dizendo sempre “eis-me aqui”.

2. Os que querem TER “algo” (Dinheiro, Conforto, Privilégios, Casa, Carro…). Quando a preocupação deixa de ser as almas, evidentemente, os objetivos e preocupações tornam-se pessoais e, acima de tudo, materiais. Tudo aquilo que um dia esta pessoa disse renunciar em prol do Reino de Deus, pouco a pouco, vai sendo reincorporado na sua escala de valores, até que chega o momento em que as almas deixam de fazer parte da sua “lista” de necessidades. Atenção, pois a partir do momento em que se diz “sim, quero” para a Obra de Deus, os objetivos pessoais e materiais passam a não existir, pois, a partir daquele momento, tal pessoa passa a ser SERVA, e o único direito do servo é SERVIR ao seu Senhor e não a si mesmo como senhor. Quando se muda o foco de “servir” para “ter”, está-se a negar a vocação ou está a ser revelado que nunca houve uma vocação para o Altar. Nós somos os levitas, os que não têm direito a possessão da terra, a nossa herança é a vida eterna.

3. Os que querem FAZER a Obra de Deus do “seu jeito” (religioso, fanático, sistemático, normal, acomodado, tímido, dissimulado, desobediente às autoridades espirituais…). Qual o modelo a seguir no exercício da Obra de Deus? O do Senhor Jesus!!!! Não existe mais de uma forma de servir a Deus, o que, sim, há, é a falta de humildade em se submeter à direção do Espírito Santo. Esta característica é muito importante, pois enquanto este tipo de pessoas estão na Obra, onde quer que estejam ou possam um dia estar, a Obra não desenvolve, por causa da sua própria negligência em aprimorar-se e desenvolver-se no exercício desta Obra. Estes são os que mais dão problemas durante o ministério: criam um mau ambiente com outros pastores, dão mau testemunho para os Auxiliares, IBURDs (pois deveriam ser um exemplo) e para os obreiros; estão sempre a ser disciplinados e não querem aprender e, por isso, saem, não é Deus quem os tira, eles mesmo se excluem do ministério, pois permitiram que Lúcifer lhes enchesse o coração. Quem trabalha do “seu jeito” está a realizar um trabalho carnal e, consequentemente, gerará filhos da carne, futuros pastores, obreiros, evangelistas que vão também fazer tudo do “seu jeito”.

4. Os que querem SERVIR a Deus no Átrio (Obreiro, Evangelista ou Membro). São sinceros, não cometeram nenhum dos erros anteriores, mas chegaram à conclusão de que não estão a dar TUDO de si e, por isso, vão sair do Altar para servi-Lo no Átrio com toda a sua força. Essa atitude, até mesmo incompreendida por muitos, é honrada, pois não basta querer fazer a Obra de Deus, quem a quer fazer deve ter também, além do querer, a vocação para estar na Obra de Deus. Estes, com certeza, entraram na emoção e depois deram-se conta de que ali não era o seu lugar, que não tinham vocação, e a prova disso é que nós temos hoje pessoas que serviram a Deus no Altar e não desenvolveram, foram sinceros e passaram a ser obreiros e, servindo a Deus no Átrio, a vida deles desenvolveu. A peça só funciona se estiver no lugar correto.

Ver também: 10 SINAIS DE QUE VOCÊ DEIXARÁ DE SER OBREIRO(A)

Por seu servo em Cristo, Bispo Júlio Freitas

Anterior

A sua luz

Seguinte

Os frutos de decisões


21 comments
  1. Carlos Correia

    O que necessário manter o focos de servir a Deus, não esquecendo que a nossa alma pode estar em risco.

  2. JÚLIO CÉSAR

    Bom dia sr.Bispo o SACRIFICIO tem que ser total, Alma ,corpo e espírito , obedece em tudo .

  3. Enio da costa RS

    bom de mais

  4. Wellington Wander

    É uma satisfação ter o acesso a IURD TV no qual devemos reconhecer que será um canal de esclarecimentos aos nossos amigos e aos demais interessados.

  5. Fatima e Paulo Marques(Portugal-Cenaculo Espirito Santo Chelas- Lisboa)

    Servir a DEUS,é no ESPIRITO,e na VERDADE,pois só assim o SERVO tem condição para SERVIR!

  6. Roselene Oliveira

    Olá Bispo Júlio. É verdade o que o SR. escreveu. As vezes a pessoa vai para o Altar com objetivos pessoais. E isso é grave. Até para fazer a obra como obreiro não pode ter interesse pessoal. A obra é feita para salvar as almas. Somente pra isso. Ela não tem outro objetivo. Então so permanece na obra que tem o ojetivo de salvar as almas. Quem tem interesse pessoal acaba saindo.

  7. Anna Cristina

    " MUITO FORTE BISPO AS VEZES ME ENTRISTECO COM AGUMAS COISAS QUE VEJO NA OBRA UMA BRIGA POR POSICAO ,UM QUEIMANDO O OUTRO ,QUE ISSO FICO ESCANDALIZADA ,MAS SEI QUE ISSO E SO PARA NOS PERDER O FOCO E ASSAR A OLHAR AS OBRAS DE HOMENS E NAO HA DE DEUS ,MAS NOS TEMOS SUPRIMENTOS TODOS OS DIAS COM MENSAGENS ,BLOG, ENFIM REUNIAO ,POIS SO CAI QUEM QUER.UMA ABRACO

  8. Daniela S. Freitas

    A primeira intenção geralmente é sempre boa e pura - servir a Deus. Mas se manter fazendo isso ao longo dos anos é que nao é fácil, os olhos vem muitas coisas que fazem entristecer o coração e desanimar o espirito, e por causa de algumas muitos saem. Quem consegue vencer o que os olhos vem, o que o coração sente e o seu próprio espirito? Só quem nasceu de Deus e se aprimorou nisso. Por isso mesmo que só quem realmente nasceu de Deus consegue permanecer até o fim e ser salvo. O resto fica como aquele rapaz que foi seguindo Jesus coberto só por um lençol, em algum momento o lençol é tirado e envergonhado foge. Saudaçoes bispo Julio, estamos na fé!

  9. João Marques (Portugal)

    A Biblia nos ensina que a igreja é um corpo. Cada membro do corpo tem a sua função. Se o pé quiser fazer o trabalho da mão não vai dar resultado. Por isso cada pessoa dentro da igreja tem a sua função. Os pastores nos pregam a palavra de Deus, os obreiros auxiliam os pastores e os membros podem auxiliar os obreiros para juntarem almas para o Reino de Deus.

  10. silvana

    Nesses últimos mês a IURDTV tem sido muito importante para mim e a todos que entram no site temos uma direção, pois sem ela nada podemos fazer estamos tirando duvidas e ate mesmo alicerçando a nossa fé cada dia mais no Senhor Jesus Cristo. Obrigada primeiramente a Deus e depois a direção da IURD por esse trabalho maravilhoso.

  11. Eliani Castillo

    Es la pura realidad. Nadie nos obligó a entrar en la obra de Diis. Por el contrario nunca se nos dice que va a ser fácil...para fijar nuestra visión en el blanco de la Diana que es Jesus, yo no puedo desviar mi visión para otras cosas, pues al disparar a la misma jamás podré dar en el centro de ella si miro hacia los lados. Así pasa con nosotros, si comenzamos a mirar para nuestra vida y la vida de los demás, estamos quitando nuestra visión de Aquel por el cual decidimos entrar en la obra y mirar siempre a El...

  12. Luciana Mendes - Baixa da Banheira

    Um assunto muito delicado e profundo... Trabalhar para o Reino de Deus, não é para qualquer um. A mensagem é clara. Na FÉ!!!

  13. João Paulo

    Deus continue abençoando o senhor e sua familia bispo, boa verdade o senhor disse a verdadeira direção é primordial,e o senhor é muito humilde feliz de ti pois é teu o Reino dos Céus.OBRIGADO.

  14. gisa

    Muito forte bispo estou no altar amo muito as almas e essa obra que cada dia tenho provas que é Deus,a cada dia Deus tem falado com todos nos. e nosso alvo tem que ser os ceus a vida eterna. porque tudo é vaidade, vaidade e vaidade.

  15. Carlos

    BOM BISPO PARA SERVIRMOS A DEUS TEMOS QUE ESTAR DISPOSTOS E DISPONIVEIS A SACRIFICAR TODA NOSSA VIDA,NOSSAS VONTADES...PRAZERES...NECESSIDADES...NOSSO SANGUE TEM QUE ESTAR NO ALTAR...TUDO POR TUDO PARA SERVIR A DEUS E GLORIFICAR O SEU NOME

  16. Felipe Nunes

    Olá Bispo, muito forte e temos que guardar isto para que possamos vigiar. Deus abençoe a todos.

  17. Graciele Petropolis RJ

    Bispo! Muito forte!!! Infelizmente como obreira vemos muitos que não desenvolvem o trabalho de forma espiritual, mas temos os que a fazem para Deus e estes estão sempre com orientações que nos dirigem e fortalecem, que essa sirva para nos dispertar.

  18. Jardene Cândido

    Esses são os sinais de quem saiu, de quem vai sair e serve também para quem quer entra, poder se examinar.

  19. Claudiane Monteiro (Lausanne Suiça)

    Eehh!! infelizmente já vi pastores sairem da obra, e fiquei com uma certa tristeza, porque gosto muito de ver os homens de Deus no altar, ganhando almas, isso me alegra, o contrário não...que eles encontrem lugar de arrependimento em seus corações e voltem para Deus. Feliz é o homem e a mulher que tem chamado para o altar, feliz são os que depositam 100% no altar de Deus e vão pelo mundo a ganhar almas. Felizes e mesmo com dificuldades e problemas são felizes as esposas e os pastores, porque se entregaram, e são verdadeiramente servos, tenho uma grande amiga esposa de um Pastor, de Brasilia, e ela é para mim um exemplo, o pr também, eles me ajudaram muito nos piores momentos da minha vida, Eu respeito e considero todos os homens e mulheres de Deus, mas este casal tem o meu respeito, carinho, consideração, se todos os pastores soubessem o quão precioso é o altar....ah!! eu nunca estive no altar...mas sei que felizes são os que Deus confia este ministério, Quem me dera a mim!!

  20. Mel

    Olá bispo, o Senhor sempre me ajuda através de suas mensagens ! Obrigada, que Deus abençoe o Sr e sua família hoje e sempre

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.