Mensagens

Os aprovados e os reprovados (Parte 3)

16 de November 2014

Os aprovados e os reprovados (Parte 3)

[floatquote]Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor” (Hb 12.14)[/floatquote]

Como é que o homem de Deus tem paz com todos? Quando acontecem 3 coisas:

1º – quando ninguém nos pode acusar;

2º – quando exercitamos a nossa autoridade e sabemos que fizemos tudo o que estava ao nosso alcance para ajudar aquela pessoa e a nossa consciência tranquiliza-nos disso.

E 3º – a santificação, quer dizer, a Comunhão, a Intimidade com Deus, diariamente.

Porque nós queremos ver ao Senhor, não queremos apenas servi-LO como fazemos, mas queremos vê-LO. Quer dizer, queremos estar com Ele para sempre! Nós temos por objetivo não apenas servi-LO aqui nesta vida, mas por toda a Eternidade.

[floatquote]atentando, diligentemente, por que ninguém seja faltoso, separando-se da Graça de Deus; nem haja alguma raiz de amargura que, brotando, vos perturbe, e, por meio dela, muitos sejam contaminados” (Hb 12.15)[/floatquote]

Vamos atentar com diligência para estas duas coisas: estar em paz com todos e em santificação com o objetivo de ver. Porque servir já o estamos, por meio das pessoas e por meio da santificação. Veja que a amargura de um homem ou de uma mulher de Deus, não só destrói a ele, como a muitos contamina. Por esta razão, é indispensável que estejamos ATENTOS e sejamos DILIGENTES em praticar o que o Espírito Santo nos tem Revelado.

[floatquote]nem haja algum impuro ou profano, como foi Esaú, o qual, por um repasto, vendeu o seu direito de primogenitura” (Hb 12.16)[/floatquote]

Quer dizer, o homem ou mulher de Deus nunca, jamais, troca o seu Chamado, o seu Ministério por um prato de lentilhas, por um título, uma posição, bens ou prazeres momentâneos. Jamais ele(a) abre mão da sua Unção, da sua autoridade espiritual. Ele(a) jamais menospreza o seu chamado, uma vez que foi isso que Esaú fez.

[floatquote]Pois sabeis também que, posteriormente, querendo herdar a bênção, foi rejeitado…” (Hb 12.17)[/floatquote]

Quer dizer, nós somos esse filho primogénito. Pense comigo: se somos embaixadores de Cristo, e se Jesus disse que, quem O aceitasse, Ele o aceitaria, e quem O rejeitasse, Ele o rejeitaria. Quem você é? Jesus encarnado! Você é o Senhor Jesus personificado.

O Senhor Jesus foi o Unigénito, Filho de Deus que morreu em nosso lugar para nos libertar, perdoar, Salvar, Ungir com o Seu Espírito e nos Usar para sermos Seus Representantes aqui neste mundo cheio de incredulidade, maldade e egoísmo. Pois, hoje, você é o primogénito! Nós representamos o primogénito de Deus. Mas, se O rejeitarmos, ignorarmos essa Bênção, então, ainda que busquemos…

[floatquote]pois não achou lugar de arrependimento, embora, com lágrimas, o tivesse buscado” (Hb 12.17)[/floatquote]

Uma vez consagrados para Deus, consagrados para sempre.

Não temos o direito de voltar à velha vida ou de tentar nos servir a nós mesmos como fizeram os hipócritas dos perturbados e fracassados: Magnos, Shuettes, Valdomiros, Alfredos e outros enganadores que surgiram no nosso meio, mas nunca formam um dos nossos. Porque, no universo dos que foram consagrados e reprovados, em 1 milhão se salva 1. E quem é consagrado, é porque aos Olhos de Deus, e aos olhos da Igreja, tem sido provado e aprovado!

Leia também:
Os aprovados e os reprovados (Parte 1)
Os aprovados e os reprovados (Parte 2)

Deus é contigo e eu também!
Bjf

previous post

16 novembro

next post

17 novembro


Siga-me no Facebook

Facebook Pagelike Widget