Mensagens

Obrigue a todos!

20 de Abril 2012

Obrigue a todos!

“Respondeu-lhe o senhor: Sai pelos caminhos e atalhos e obriga a todos a entrar, para que fique cheia a minha casa.” (Lucas 14.23)

Estas foram as palavras do Senhor Jesus na Parábola dos convidados, as quais Ele dirigiu aos Seus servos que se encarregaram de trazer convidados para a Sua ceia, a fim de que a Sua casa ficasse repleta.
Observamos nesta passagem que Ele usa o termo “obrigar”.

Geralmente, quando ouvimos esta palavra, imaginamos logo alguém a ser arrastado para uma situação através da força, ou seja, contra a sua vontade.
Como podemos obrigar alguém a vir a Deus, mesmo contra a sua vontade?
Devemos fazer isso? Na verdade, isso aconteceu na minha família.

Recordo-me que quando alguém batia à porta da nossa casa para nos evangelizar, a minha mãe e nós, muitas vezes, ficávamos em silêncio para que a pessoa se cansasse de bater e pensasse que não havia ninguém em casa e, assim, se fosse embora. Depois de uma obreira da Igreja, por várias vezes, nos convidar para ir à reunião, a minha mãe, depois de dar desculpas e mais desculpas, tais como: “o meu marido está a chegar para jantar, não posso ir, fica para outro dia…”.

Um dia, essa obreira bateu à nossa porta. Já cansada de recusar e não tendo mais desculpas para dar, a minha mãe apelou para a velha estratégia do silêncio, mas essa obreira dizia do outro lado da porta:
“-Eu sei que vocês estão aí, abre a porta”.
Por fim, a minha mãe não teve alternativa, depois de aberta a porta, ela disse incisivamente:
“-Hoje a senhora vai à Igreja comigo (era uma sexta-feira). A minha mãe tentou esquivar-se com as mesmas desculpas, mas ela não as aceitou e disse:
“-Não! Hoje a senhora vai de qualquer jeito à Igreja comigo, eu não saio daqui sozinha!”
Não teve jeito, ela teve por fim que se arrumar e caminhar os quatro quarteirões da casa até à Igreja (bendito dia!).

Ela obrigou-nos! Com a sua determinação trouxe salvação não apenas para a minha mãe, mas para toda a família que, posteriormente, também foi salva.
Portanto, não devemos ter medo de ser “inconvenientes”, mas de uma maneira inteligente e determinada, ou de maneira curta e direta, devemos trabalhar para salvar o máximo possível, seja “obrigando” ou de livre vontade.
Afinal de contas, o que está em jogo são almas!

“Fiz-me fraco para com os fracos, com o fim de ganhar os fracos. Fiz-me tudo para com todos, com o fim de, por todos os modos, salvar alguns.” (1 Coríntios 9.22)

Pr. Marcos Mesquita – Coimbra


20 comments
  1. sandra vieira

    Boa noite Sr. Bispo Foi atraves desse "Obrigue a todos" que eu conheci o Senhor Jesus. Agradeço hoje a minha mãe que me obrigou a ir buscar os meus irmãos a IURD que tinham ido participar de uma festinha da EBI, porque foi a partir desse dia que a minha vida se transformou. Hoje temos que ter essa mesma fé para ganhar almas.

  2. Obr. jorge henrique Cenaculo Matriz RJ FJB

    COM INTELIGENCIA PODEMOS GANHAR MUITAS ALMAS QUE ESTE TESTEMUNHO SIRVA DE EXEMPLOS PARA MUITOS .

  3. Felisbela

    Este testemunho é um grande exemplo de que devemos ser perseverantes com os nossos evangelizados, nunca desistir deles. Estou nessa fé.

  4. jandira pt

    a perseverança é uma qualidade e todo aquele que persevera,indepententemente das circunstancias vence. e para ganharmos almas para o reino do Pai (Deus) temos que ser "violentos"

  5. Hélia Andrade Lisboa)

    Depois desta direção não terei mais receio de ser inconveniente, afinal de contas eu também vim obrigada a igreja, esse é o espirito ganhar almas para JESUS.

  6. Fatima Laranjeira

    nunca podemos desistir pelo contrario devemos ter perserverança e paciençia porque vai vir o dia que a pessoa aceita porque o diabo nao desiste das almas entao nos tambem nao Deus abençoe

  7. Adriana

    Bom Dia!Bispo! Nessa vida devemos ser inconvenientes falo por experiência própria,eu era ateia e minha mãe já frequentava a IURD,vivia me convidando para ir, um dia pedi a ela para ela fazer uma corrente de oração na igreja,pois tinha um sonho de me formar ela disse para mim: "Não vou fazer nada, se quiser vá você mesma e faça" O modo como ela me falou, foi um choque, resiste mas acabei indo, bendita resposta e estou até hoje. Cenáculo Maior Goiânia- Goiás

  8. FRANCIELE ROCHA

    boa noite bispo, assim como o diabo não s intimida nem acha estar sendo inconveniente em muitas vidas levando-as para a destruição, assim nós que temos o ESPÍRITO do Senhor também temos de ser audaciosos e muitas vezes inconvenientes sim, para salvar almas.

  9. es asi obispo.recuerdo cuando iban a casa a invitarnos para asistir a las reuniones, yo les tiraba agua desde la habitacion del segundo pido, insistian e insistian y GRACIAS A DIOS que lo hicieron, por que hoy mi familia esta en la presencia de DIOS. y es asi que debemos ser insistir e insistir..como la viuda con el juez, ella insistio tanto que logro lo que queria, cuanto mas nosotros que luchamos por las almas. gracias por sus enseñanzas obispo

  10. rosangela costa

    Temos que ser perseverantes, persistentes... Quando se trata de almas não podemos desistir nunca, pois o Próprio Senhor Jesus nunca desiste de nós.

  11. BOA TARDE BISPO ESSA EXPERIÊNCIA VIVIDA PELO PASTOR MARCOS,É MUITO IMPORTANTE ATÉ MESMO PARA NOS DO GRUPO DE EVANGELIZAÇÃO,POIS JA ACONTEÇEU COMIGO MUITAS VEZES.TEMOS QUE SERMOS PERSEVERANTES ATÉ O FIM.POIS QUEM TA SALVO QUER SALVAR TAMBÉM.ESTOU NESTA MESMA FÉ E CONTINUAREI. NA FÉ

  12. Josefa - Império

    Que forte!!! assim que temos que ser insistentes para evangelizar pq se ficarmos tímidos vamos perder para o diabo. Mto forte a msg que aconteceu com o Pr, e hj quantas e qtas almas estão salvas através da insistencia desta obreira do Sr.

  13. arielly moura - santos sp

    E o Espirito Santo tem contado conosco para fazer este trabalho maravilhoso, de salvar almas... Não de simplesmente convidar, mas fazer oque esta obreira fez... ela foi determinada, e acabou salvando toda a familia.

  14. márcia cenáculo de cidade jardim Goiânia (Go)

    Muito bacana, que ter esse espírito determinado para ganhar almas.

  15. Caroline/Belém-Pa

    Bispo, boa tarde! Na minha familia desde que eu me entendo por gente, sempre tinha um na IURD. Aos meus 7 anos, ja ia na igreja com a minha mãe. Fiquei indo até os meus 13 anos, mas, logo me afastei... e foi a ruina da minha vida... Conhecia de fato o mundo, passei pelo que passei. Minha mãe sempre me convidava e nunca dava ouvido, eu detestava quando ela me chamava pra ir na igreja, muitas das vezes ia de cara amarrada... Mas ela nunca desistiu, sempre fez propositos por mim, orava... Mais ai, Deus enviou uma tia minha pra morar na minha casa, e ela tambem e da iurd... Aí, ela começou a me convidar de um jeitinho, cheguei ate ir algumas vezes. Me recordo de um domingo, que ela tava se arrumando pra ir, ela ia pro um lado eu ia para um outro (me escondia) só pra nao ouvir: "Vamos na igreja hoje Carol". rs... Mas enfim, com a perseverança dela, não demorou muito, não... Isso começou em Fevereiro de 2009 e em Março/2009 no dia 25/03/2009 eu entreguei a minha vida, e no dia 04/04/2012 me batizei nas aguas, com muita vontade de morre pro mundo. E hoje, estou a 3 anos na presença de Deus, servindo Ele como obreira e muito feliz por ter conhecido O meu Senhor Jesus, que teve essa paciência comigo... ADOREEI O SEU TEXTO BISPO... QUE DEUS CONTINUE LHE ABENÇOANDO...Abraços!

  16. Bispo, conhece o truque dos 3 toques na campainha? Eu experimentei enquanto estava a evangelizar para o evento Seu Espírito, Sua Vida e resulta mesmo. Então é assim, o obreiro tem de tocar 3 vezes à campainha de uma casa com um tempo de espera entre cada toque porque à primeira toda a gente faz de conta que não está, à segunda atendem os que: - não ouviram a primeira; - os que viram que afinal não era outro som qualquer; - os que perceberam que era algo importante; - os que estavam com preguiça de abrir a porta; Se ninguém atender, toque a terceira vez, os que vão atender são os que: - perceberam que era algo importantíssimoooo; - os que estavam com muita preguiça em abrir a porta; Se tocar com determinação diminuem as possibilidades de não atenderem. Se não atenderem nem assim, é porque não estão mesmo em casa. Experimentei e resultou ;)

  17. Jéssica Amorim

    Não só a minha família, mas a todos ! Deus continue te abençoando e te guarde bem !

  18. Jéssica Amorim

    Bispo, minha mãe fazia pior. Ela gritava: Não tem ninguém aqui não ou colocava musicas mundanas bem alto. Por enquanto eu sou a unica da igreja, com esse texto descobri que tenho que "obrigar" minha família desse jeito que a obreira fez. Chamar com jeitinho nem sempre funciona. Obrigada pela dica. Na fé!

  19. AUGUSTA FERREIRA

    BOM DIA.SR.BISPO EM PRIMEIRO MUITO OBRIGADO PELO SEU CUIDADO.TOU NA FRANCA HA QUATRO MESES.MAS SEMPRE VEJO OS BLOGS DOS BISPOS E ESPOSAS.JA QUE NAO E ME POSSIVEL IR MAIS VEZES A IGREJA TENHO A OPORTUNIDADE DE VER E MEDITAR NA PALAVRA,QUE ME TEM SI MUITO BOM.O TESTEMUNHO DO PR.MARCOS MESQUITA E PARRCIDO COM O MEU.TEMOS QUE SER INSISTENTES PARA GANHAR AS ALMAS PARA DEUS.PORQUE QUANDO ALGUEM NOS DA A CONHECER O SENHOR JESUS NOS NUNCA MAIS NOS ESQUECEMOS DELA.COMO ACONTECEU COMIGO..LEMBRO ME MUITO DO PR.MARCOS MESQUITA.DEUS ABENCOE MAIS E MAIS O SEU MINISTERIO...ASSIM COMO AO SENHOR E A TODOS SERVOS DE DEUS.

  20. JESSICA ARGENTINA

    HOLA SR. OBISPO LA PERSEVERANCIA TARDE O TEMPRANO NOS TRAE LOS RESULTADOS QUE NOSOTROS QUEREMOS. YO TAMBIEN FUI CERRADA Y ME REIA DE LAS PERSONAS DE LA IGLESIA PERO UN DIA TUVE LA NECESIDAD DE CONOCER A DIOS Y FUE EN ESE MOMENTO QUE ACEPTE LA INVITACION. UN SALUDO DESDE ARGENTINA. JESSICA

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.