Mensagens

O Sexto Mandamento de Deus

3 de Dezembro 2014

O Sexto Mandamento de Deus

Sabia que, neste preciso momento, você pode estar a cometer homicídio?

Os Mandamentos de Deus não foram dados para condenar absolutamente ninguém, pelo contrário. Os 10 Mandamentos foram dados com o objetivo de libertar o ser humano, de realizá-lo e protegê-lo, pois Deus e a Sua Palavra são um só!

E o 6º Mandamento é:
 

“Não matarás…” (Ex 20.13)

Alguém poderá argumentar: “Mas eu nunca matei ninguém”… mas é precisamente aí que está a questão. Quando Deus disse: “Não matarás”, estava a referir-se a um aspeto mais profundo, pois existem 3 maneiras que você e eu podemos provocar a morte.

A 1ª FORMA, e a mais perigosa, de matar alguém é NO CORAÇÃO. Quando você tem uma mágoa, um ressentimento contra alguém, você é assassino. Por exemplo, eu nunca matei e nem vou matar ninguém fisicamente, mas já matei pessoas no meu coração, quando guardei uma mágoa. Pois, quando você guarda uma mágoa de alguém, considera essa pessoa morta. Você evita-a, não olha e nem se importa com ela, não é verdade? Porque para si ela morreu, já não existe.

Então, existe o assassino que mata espiritualmente, guardando dentro de si sentimentos ou ressentimentos contra outros, por isso é que Jesus deixou claro que o perdão de Deus depende do nosso perdão. Jesus só perdoa a quem perdoa! Se não perdoamos aqueles que nos ofendem, Ele tão pouco nos perdoará, pois ninguém é perfeito. Mas, quando perdoamos a alguém, então, estamos a cumprir com o 6º Mandamento, espiritual e emocionalmente falando, então, isso faz com que Deus também lhe perdoe, mesmo sem você pedir perdão.

A 2ª FORMA de matar acontece quando a pessoa NÃO PRIORIZA A SUA COMUNHÃO COM DEUS, a sua salvação, não pratica os Ensinamentos do Senhor Jesus… para Deus, essa pessoa está morta. Porém, essa pessoa não está a matar ninguém, apenas a si própria.
“A outro disse Jesus: Segue-Me! Ele, porém, respondeu: Permite-me ir primeiro sepultar o meu pai. Mas Jesus insistiu: Deixa aos mortos o sepultar os seus próprios mortos.” (Lc 9.59-60). Isto significa que podemos estar vivos fisicamente, mas mortos espiritualmente e quando assim estamos, permanecemos mortos para Deus.

E como reconhecemos esta morte? Quando não damos ouvidos à Voz de Deus, quando não temos o coração aberto para aceitar os Seus Ensinamentos, quando não nos predispomos a agradá-LO, a viver e assumir a Fé Viva (porque a Fé, sem obras, é morta)… estamos mortos. Existem pessoas que não matam, mas mantêm-se a si próprias mortas espiritualmente, porque não querem servir a Deus, não querem estar vivas para Ele. Pois, para estar vivo para Deus, você vai ter que cumprir com os Seus Mandamentos. Isso significa que vai estar morto para o mundo, porque quem está morto para Deus, está vivo para o mundo, entrega-se aos seus prazeres, sente-se atraído, seduzido e tudo isso destrói o ser humano, de dentro para fora: o seu caráter, física, emocional, e sobretudo, espiritualmente.

A 3ª FORMA de matar que Deus condena acontece quando matamos fisicamente. Quando Pedro pegou na espada e cortou a orelha do soldado, defendendo-se, Jesus disse: “Pedro, guarda a tua espada, porque com a espada feres, com a espada serás ferido”. Por outras palavras, o Senhor Jesus estava a dizer: “Você não foi chamado para matar e sim para dar vida.” Aquele que mata literalmente, ignora o Mandamento de Deus e os malefícios que trará sobre si e sobre as vítimas do homicídio.

Obs.: Ao próximo pode-se matar das 3 maneiras:
– Matar aos outros com Mágoa.
– Matar com as palavras julgando ou condenando.
– Matar fisicamente.

A si próprio pode-se matar de 2 maneiras:
– Matar-se espiritualmente, valorizando mais as coisas materiais.
– Cometendo o suicídio.

Por isso, quem se suicida já está condenado!

COSTUMO DIZER ÀS PESSOAS que, quando se passa a desejar a morte, é porque já se assassinou os próprios sonhos. Você pode ver que toda a pessoa que tem o desejo de suicídio, ela já não tem sonhos. Ela não quer sonhar, não crê nos sonhos e por isso quer acabar com a sua vida, porque, na verdade, ela assassinou os sonhos que Deus lhe deu.

Então, Deus deu sonhos a todos, por isso, não dá o direito a ninguém de tirar a vida seja a quem for. E, se Ele quer realizar os sonhos de todos, tem que usar os Seus filhos para evangelizar. Por outras palavras, Deus conta com você e comigo!

Deus é contigo e eu também!
Bjf

Anterior

03 dezembro

Seguinte

04 dezembro


21 comments
  1. Fábio Medeiros- FJE Açores(S.Miguel)

    A única morte que devemos cometer é a nossa própria vida em prol da vida de DEUS, que é a aceitação do FILHO de DEUS. "Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso SENHOR JESUS CRISTO, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo." Gálatas 6:14

  2. Vanda Andrade - FJE Pombal

    Boa noite sr. Bispo Este post é muito útil e temos de o praticar no dia a dia na nossa vida. Temos de estar vigilantes para nao cometermos esse erro e de quebrar um dos mandamentos de Deus, porque só nos vai prejudicar a nós próprios, guardando magoa, julgando, de ambas as formas que o Sr mencionou porque com esses erros estamos matando sem nos aperceber,e por vezes ate apercebendo mas mesmo assim continuamos na pratica desse erro, e com a magoa, fazendo com que essas pessoas sejam apagadas praticamente da nossa vida, se existir essa magoa a pessoa com quem temos essa magoa até pode estar ao nosso lado e a gente fazer com que ela nem la estive-se nem existisse.

  3. Jorge-fje-ovar

    Bispo muitas pessoas pensam mesmo assim eu nunca matei ninguem,e as vezes nao temos consciencia do nosso falar que podemos matar uma pessoa so com uma palavra a morte espiritual tira a vida totalmente da pessoa pois ela fica apagada. E a magoa e um sentimento q ròi a pessoa por dentro aos poucos.este mandamento nunca tinha interpretado desta forma,foi um alerta para eu tar vigiando na minha maneira de falar para n causar dessas mortes

  4. Davide Andrade - FJE Pombal

    Boa Note, Bispo este post do Sexto Mandamento me mostrou onde eu tinha estado a errar e a errar redondamente com Deus, e por duas formas, Matando a outros guardando mágoa, e o matando com as palavras julgando ou condenando, esse direito só pertence a Deus, é Ele o único que tem o direito de julgar. E por muitas vezes isso nos acontece mesmo sem querer, parece que como um "Hobby", já é tão frequente julgar as coisas e os outros que por mais que não queiramos julgar ás vezes isso acontece... E a magoa que por muitas vezes guardamos até é só por uma coisinha de nada, e já começamos a por essa pessoa ou pessoas de lado, fingindo até que a pessoa não existe somente nos prejudicando a nós mesmos,e assim estamos matando essa pessoa da nossa vida; devemos seguir a Jesus e fazer como nos ensina! Perdoar. É um dos 10 mandamentos que devemos enxergar em nós e em nossa vida também, porque podemos estar a por em risco a nossa Salvação e Comunhão com o nosso Deus. Obrigado Bispo por partilhar estes Post Cheios da sabedoria do Espírito de Deus.Que Deus o Abençoe e o use mais e mais.

  5. Ana - FJE Ovar

    De facto este mandamento vai muito além da morte física. Por isso preciso de estar sempre muito atenta para que não mate quem me rodeia nem a mim mesma.

  6. Beatriz - FJE Ovar

    é verdade bispo , muitas vezes pensamos na morte fisica , e esquecemo-nos na mais importante , a espiritual . O ser humano é fraco , e acaba por não cumprir este mandamento da lei de Deus .

  7. As nossas vidas temos que ter fé em Deus sem fé não somos nada temos que seguir a vida para frente pensar positivo e pensar que nossas vidas vão correr muito bem.

  8. PAULO DIEGO FJE-POMBAL

    Boa noite bispo matar é algo muito forte onde tudo é destruído por causa de matar ou seja até no mundo quando alguém mata pessoa ou seus sonhos a pessoa acaba presa ou se suicida, dentro da igreja não vai muito longe muitas pessoa membros jovem mata sua comunhão com Deus através do orgulho do mau olhado ou inveja infelizmente isso aconteci dentro da igreja, mais está avento um resgate tremendo na igreja por causa da fidelidade dos homens de DEUS como o senhor bispo e por mim DEUS conto conosco para avivar essas pessoa resgatar e ajudar a se libertar as que ainda não firmaram uma aliança com DEUS.

  9. Joana Pinho - FJE Ovar

    É verdade bispo, existem muitas maneiras de matar, mas muitas vezes pensamos só na morte física. A partir de agora vou estar mais vigilante para não cometer nenhuma destas mortes.

  10. William - FJE Pombal

    Boa noite bispo! Refletindo nesta mensagem pude perceber que foi muito importante para mim o que o senhor explicou, pois sem perceber, às vezes vamos cometendo de alguma forma, aos pouco, alguns desses tipos de morte, e as vezes a pessoa se encontra morta espiritualmente e sem saber o porque, obrigado pela mensagem esclarecedora! Com certeza colocarei em pratica o que aprendi!

  11. Eliana - FJE Pombal

    Sinceramente eu nunca havia interpretado este mandamento desta forma tão profunda! As vezes não temos consciência das coisas como realmente são, a partir de hoje estarei mais atenta para não cometer nenhum destes suicídios.

  12. Viviane - FJE Pombal

    Esta mensagem me ajudou bastante no sentido de abrir os meus olhos para as consequências de minhas atitudes ou a minha falta de agir, sem nos aperceber podemos estar a cometer algum destes suicídios, por isso a importância da constante vigilancia!

  13. Leandro - FJE Pombal

    Este mandamento é muito mais profundo do que muitos podem pensar, como o sr. bispo explicou há muitas formas de matar, para mim a mais perigosa tem sido a mágoa, pois muitos convivem com ela e acham que ainda têm razão e motivos para nutrirem tal sentimento dentro de si mesmos, pois culpam a outra pessoa, mas temos que lembrar que Jesus ensinou que para sermos perdoados por Deus, primeiro temos que perdoar os que nos ofenderam.

  14. Rúben Nunes - FJE Ovar

    Ao ler este post pensei, quantas pessoas têm interpretado mal este mandamento, e quantas pessoas têm falhado neste mandamento, temos que vigiar muito bem, proteger-mo-nos porque existem várias formas de matar, e por vezes muitas pessoas matam-se a si e ao próximo (espiritualmente), falhando assim em 2 mandamentos, porque não vigiaram e acabaram por cair nas ciladas que o diabo frequentemente arma para perdermos a nossa fé, e perdendo a nossa fé, ficamos fracos e dessa forma não cumprimos certamente este mandamento.

  15. Filipe - FJE Ovar

    A mágoa é como uma pequena bola de neve numa avalanche, á medida que vai rebolando montanha abaixo vai crescendo até se tornar descontrolada. E ninguém quer estar fora de controlo magoado com alguém, teremos de perdoar, porque se alguém próximo errou, de certeza que também já erramos antes.

  16. Anabela - Pombal

    A magoa é como a ferrugem , vai corroendo até apodrecer tudo, sem nos apercebermos passamos a viver naquela magoa ,eu já passei por isso ,enquanto guardei magoa , a minha vida parou , porque em vez de pensar em mim , passei o tempo todo a lembrar o que me tinha feito e no que me tinham falado e isso fez a minha vida parar,o meu foco estava em outro lugar , alem de ser infeliz , quando pedi perdão foi como se uma nuvem negra saísse de cima da minha cabeça fiquem bem mais leve e feliz.

  17. Alexandre Oliveira - Faial- Açores

    Boa tarde Bispo, por isso que devemos medir nossas palavras, o que falamos, pois por nossa boca, o que dizemos para nós pode-se parecer nada, mas para quem esta a ouvir pode der crucial para a destruição ou reconstrução, para a vida ou a morte, não significa que devemos esconder a verdade, pois a mesma ainda que pessoas não gostem de ouvir ela é sempre edificante e construtora, pois muitos para se dar bem com os outros deixam de lado a verdade e falam mentiras, não priorizando a vida com Deus.

  18. Fander TAvares Pereira.

    Bom dia Bispo e a todos! Por meio da explicação prática e inteligente do 6º mandamento, vemos o quanto é importante participar as quartas feiras e meditar sobre cada mandamento, pois somente pela direção do Espírito Santo entendemos o verdadeiro significado de cada um deles, e não somente lendo os mesmos. Ao pôr em pratica oque nos tem sido revelado, aí sim, seremos LIBERTOS, REALIZADOS e PROTEGIDOS.

  19. Clayton Silva

    Boa tarde bispo Júlio e a todos. Esse é o cuidado que se tem que tomar para não acontecer de levar-mos alguém ao suicídio e o pior deles é o espiritual, pois por uma decisão precipitada se age de forma sem vê as consequências que podem levar à morte espiritual, quando se dirige a alguém que não tenha uma estrutura alicerçada, não esteja firme na fé e em plena comunhão com Cristo por meio de uma conversão. "A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibais como vos convém responder a cada um". Uma forte e boa mensagem de reflexão. Fico agradecido. Atenciosamente.

  20. Maria - FJE Ovar

    Bom dia... Ler este post deixou me a pensar, a maioria das vezes ao ler esse mandamento, pensamos apenas na morte física, e esquecemo nos, de todas as outras vertentes que 'matar' pode ter... Muitas vezes, o ser humano é fraco e acaba por guardar uma magoa da Pessoa A ou B, passando a viver no sentimento, mas esquece que ao faze lo, esta também a falhar a este mandamento, por isso se torna tão importante, vigiar mos e buscar mos todos os dias. Porque muitas vezes podemos não estar a matar outra pessoa, mas estar a cometer suicídio espiritual, sem sequer nos apercebermos.

  21. marciane ribeiro placido

    Bom dia bispo....estou precisando muito de ajuda estou passando por um momento muito difícil em meu casamento.....desde já agradeço.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.