Mensagens

O Quinto Mandamento de Deus

26 de Novembro 2014

O Quinto Mandamento de Deus

Não basta amar, há que honrar!

Parece fácil, natural, sem necessidade de explicação… porém, infelizmente, não é isso que temos visto acontecer, pois, o 5º MANDAMENTO diz respeito a uma questão muito importante e mais profunda.


 

5º MANDAMENTO: “Honra teu pai e tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o SENHOR, teu Deus, te dá.” (Ex 20.12)

Este é, na verdade, o primeiro Mandamento com Promessa. Como assim? A realidade é que nos quatro primeiros Mandamentos existem Promessas associadas, mas não abertamente declaradas!

Mas, por que motivo este Mandamento específico? Porque, a Deus não podemos ver ou tocar, mas aos nossos pais sim, ou seja, podemos tocá-los, abraçá-los, beijá-los, demonstrar o nosso carinho, gratidão, respeito e obediência. Por isso, o que Deus está a dizer é que é nosso dever honrar o nosso pai e a nossa mãe (que nos deram à luz, criaram, educaram, etc.), e que, não obstante os nossos erros e imperfeições, nunca deixaram de nos amar!

E não basta dizer que os amamos, é necessário honrá-los! Porquê? Porque amar é um sentimento, mas HONRAR exige atitudes, de respeito, consideração, gratidão… pois jamais teremos como ‘pagar’ pelo que eles fizeram por nós e, muito menos a Deus! Desta feita, quando somos disciplinados, gratos, leais ou carinhosos, honramos aos nossos pais e estamos-lhes a demonstrar que tudo o que eles fizeram e fazem, não foi ou tem sido em vão!

É esta a conceção que Deus quer que tenhamos, pois, se não somos capazes de honrar aos nossos pais biológicos, que nos criaram e educaram, imagine ao nosso Pai Espiritual, que não se vê? Imagine honrar à nossa Mãe Espiritual, que é a Igreja? Local onde chegámos, doentes, indisciplinados, perdidos, maltratados e fomos curados, cuidados, bem recebidos e acarinhados… tal como faz uma mãe, que abriga, recebe, não censura, limpa, liberta, ajuda… e leva-o a ter um encontro com o PAI (Deus), por meio do Batismo nas Águas e com o Espírito Santo.

E quanto ao Pai Espiritual? Quando é que O Honramos? Quando O consideramos a Pessoa mais importante da nossa vida e a Ele somos fiéis, mas não de boca, e sim, novamente, através de atitudes, em casa, no trabalho, no meio das tentações, dos problemas… e porquê? Porque O temos em primeiro lugar e por isso (re)agimos de acordo com a Sua Palavra e não segundo o que sentimos ou o que os outros dizem! Por exemplo, somos dizimistas, perdoamos, dizemos a verdade, somos leais… isso é honrar a Deus, pois as nossas atitudes valem mais do que 1000 palavras!

A segunda parte do 5º Mandamento diz, então, respeito à Promessa, pois, se honrarmos pai e mãe, os nossos dias na terra serão prolongados, ou seja, viveremos muitos e longos anos, com alegria, saúde, prosperidade, amor… ou seja, será uma vida abençoada!

Porém, tudo começa por honrar o pai e a mãe físicos, assim como a Deus e à Igreja, que são o nosso Pai e Mãe espirituais! Então, cumpra com o Mandamento, pois, só assim a Promessa se realiza na sua vida!

Deus é contigo e eu também!
Bjf

Anterior

26 novembro

Seguinte

27 novembro


22 comments
  1. Carlos Correia

    Infelizmente hoje em dia a maioria das pessoas não honram os seus pais e mães,porque o conceito de respeito está a se esvaziar.Mesmo aqueles que muitas vezes se dizem crer em Deus.Este mandamento é muito importante porque se a pessoas não honram os seus pais físicos, como de verdade vão honrar a sua mãe (igreja) e seu Pai Que é Deus.Agradeço o ensinamento Sr.bispo.

    • Anonimo

      Complicado,pois e os caso de pais e mães que prejudicam seus próprios filhos,matam,abandonam,destrói psicologicamente, causa traumas desde pequenos. espancam.Conheço caso que nunca deu amor ao filho desde pequeno,sempre diminuindo o próprio filho como faz até hj, Cresceu revoltado,foi p drogas,etc... e até hoje,caus confusão por conta de um pedaço de pão,luz acesa,e por ai vai, liga o rádio algo,e o filho precisando trabalhar no escuro,para evitar confusão. detalhe é evangélica.E ele fazendo correntes p/se libertar de tudo na Universal. Queria muito saber a respeito dessas mães desses pais,que destroem os filhos(as).pois ja vi a maldade de perto dessa mãe e ela se defende nesse versículo ai de honrar pai e mãe,mas está sempre fazendo o filho se sentir um zé ninguém,jogando maldições. Deve ser perdoado? SIM com certeza...mas não acho justo se aproveitarem desse versículo para defender suas maldades. eu resumi muuuito,

  2. Camila Almeida

    Amém bispo! Pura verdade, se não somos capazes de honrar nossos pais físicos que vemos todos os dias como seremos capazes de honras nossos pais espirituais? Não será possível, temos que exalar o perfume do Senhor aonde estivermos.

  3. É se honramos nossos pais Físicos naturalmente também iremos honrar nossos pais espiritual, seja nossos pais físico e espiritual os 2 merecem nossa honra e gratidão afinal os físicos cuidaram de nos com todo amor e os espirituais que é Deus ea igreja fizeram nos tornam uma pessoa de Deus exemplar, que sejamos dedicados a Eles e que tenhamos sempre Gratidão.

  4. Agostinho - FJE Centro - Coimbra

    Quando honramos os nossos pais eles tem prazer em cuidar de nós, em fazer mais para nós e nunca se cansam de nos perdoar, de nos exortar e nos ajudar quando mais precisamos porque sentem-se honrados, e assim é Deus quando o honramos com atitudes de Obediência, Temor, Dizimo e Sacrifício Ele tem prazer em nos abençoar e prolonga a nossa vida.

  5. Tiago Neto Leiria- FJE-Centro Alcobaça

    Ola boa noite, sim realmente devemos honrar aos nossos pais através de atitudes porque falar é facil, dificil é tomar atitudes corretas de acordo com a palavra de Deus.

  6. Margarida Marques FJE Figueira da Foz

    boa noite, muito forte o post. temos que pensar nos nossos pais também, não só em nós mesmos. são eles que ali estão quando as coisas correm mal, então temos que contribuir pelo lado positivo tudo o que eles fizeram por nós em toda a nossa vida.

  7. Ana Oliveira FJE Figueira da Foz

    Senhor Bispo Júlio, gostei muito do post de hoje, não só esse mandamento, mas todos devem ser cumpridos por nós com toda a nossa força, pois só assim agraderemos ao nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo.

  8. Tiago Lima FJE Figueira da Foz

    boa tarde bispo júlio, muito inspirador o que o senhor escreveu. é possível refletir muito e pensar nas atitudes que temos tomado. será que realmente tenho honrado os meus pais? será que tenho honrado o Deus que sirvo? é algo a pensar muito bem realmente. obrigado

  9. Gonçalo Cardoso FJE Figueira da Foz

    Por vezes erramos, não honramos os nossos pais, desiludimos, mas está nas nossas mãos mudar essa situação. Quando nos decidimos a dar um "Basta!" e a lutar com Deus para sermos diferentes, para nascer do Seu Espírito, ter um novo coração, todo o nosso carácter muda e passamos a honrar os nossos pais com as nossas atitudes, pois tudo foi feito novo!

  10. Maria Nunes FJE Figueira da Foz

    boa noite sr. bispo Júlio, penso que para que um bébé, uma criança, cresça saudável (a nível físico e emocional) necessita do pai e da mãe, da atenção e carinho de ambos. Assim também é na nossa vida espiritual, para crescermos saudáveis na vida espiritual, para desenvolvermos e amadurecermos, necessitamos desse apoio por parte do PAI (Deus)e da MÃE (Igreja), que estão sempre de braços abertos para receber o aflito, o necessitado. Mesmo que os nossos pais terrestres se esqueçam de nós, nos abandonem, Deus e a igreja nunca o irá fazer. Não é maravilhoso? Deus abençoe!

  11. Patrícia Gonçalves FJE Figueira da Foz

    bispo, obrigada por esse post, pois nunca é demais relembrar um dos principais mandamentos de Deus. isso é essencial para que venhamos a agradar a Deus, obrigada!!

  12. Daniela Silva - FJE Figueira da Foz

    Boa noite bispo Júlio, É mesmo, o nosso pai é como se fosse Deus, e a nossa mãe é como se fosse a igreja. Não dá para apenas honrar o pai, etc., e não dar um mínimo de atenção à mãe ou vice-versa. Assim é em relação a Deus. Não podemos dizer que amamos e servimos a Deus, se não temos um mínimo de consideração pela igreja (a nossa mãe), desde a oferta até um simples ato de limpar as casas-de-banho da igreja. Como também aqueles que fazem tudo na igreja, mas depois não existe intimidade e comunhão com o Pai. Não funciona. Temos que honrar aos dois. Deus abençoe o senhor abundantemente!

  13. Tânia Silva FJE Figueira da Foz

    boa noite, é muito importante termos essa consideração e respeito por quem sempre cuidou de nós. por exemplo, as nossas mães, mesmo quando ainda estávamos nas suas barrigas, elas já tinham o cuidado com a alimentação, etc. tudo para que tivessemos um bom desenvolvimento. foi de grande importancia essa atitude, sem ela, talvez os nossos membros não tivessem desenvolvido bem.

  14. José Silva FJE Figueira da Foz

    boa noite bispo júlio, esse mandamento é um dos mais conhecidos, porém cada vez menos praticado nos nossos dias. vemos filhos a querem mandar nos pais, a agredir e até matar, etc., seja por não permitirem que os filhos façam alguma coisa, seja por terem ódio contra eles mesmo, o que não é de Deus. Todos os filhos devem lembrar-se do cuidado que os pais sempre tiveram com eles, todo o sacrifício, etc., e por isso o dever e obrigação de os honrar!

  15. Otilia Gonçalves FJE Figueira da Foz

    Boa noite bispo muito forte o post. É isso mesmo, se não provo que amo o meu pai e mãe através das minhas atitudes, como vou provar para Deus que o amo? Não é compatível...

  16. Renata Siqueira

    Muito forte, nunca tinha pensado dessa forma bispo, se eu não obedecer os meus pais que eu vejo como poderei obedecer meus Pais Espirituais que eu não vejo, não tem como, seria como correr atrás do vento.

  17. Clayton Silva

    Boa tarde bispo Júlio e a todos. A vida com certeza é fruto de uma honra ou desonra. Se somos obedientes e seguimos aos conselhos dos pais biológicos certamente que conhecemos frutos benéficos desta procedência, tratando-se do Espiritual Deus Pai e Igreja Mae muito mais ainda o seremos. Provérbios 1:8 Filho meu, ouve o ensino de teu pai e não deixes a instrução de tua mãe. Fico agradecido. Atenciosamente.

  18. Fábio Medeiros- FJE Açores(S.Miguel)

    Este Mandamento é tão importante que até o próprio SENHOR JESUS CRISTO, enquanto criança aos 12 anos, honrou o pai e a mãe(Lucas 2.51), por isso que toda a Sua família biológica foi salva(Atos 1.14). Hoje não é diferente, quando honramos nossos familiares incrédulos, estes se converterão, pois é Promessa do ESPÍRITO SANTO. "E eles disseram: Crê no SENHOR JESUS CRISTO e serás salvo, tu e a tua casa." Atos 16:31

  19. Gustavo Moura FJE Figueira da Foz

    Muito claro bispo. Quando honro os meus pais, sou grato, obediente, então os meus dias serão abençoados aqui na terra. E a maneira como nos relacionamos com a nossa família, vai refletir no relacionamento com Deus. E mais abençoado sou quando honro a Deus, através do meu caráter, no meu dia a dia, em casa, na escola, no trabalho, na rua, aonde eu for tenho que honrar a Deus.

  20. Rosangela Silvestre freitas

    Honrar significa se dar por inteiro , amar e ter consideração para com nossos pais, mas em primeiro lugar devemos honrar ao nosso Deus, que, para que possamos amar e honram quem nos ama tanto, porque assim teremos longos anos na terra.

  21. Melissa Ramos FJE Baixa da Banheira

    Este mandamento é muito forte, existem muitos jovens a morrer e as pessoas perguntam, como é possível tão cedo? tão novinho? Se Jesus disse se cumprimos, se vivemos este mandamento os nossos dias vão se prolongar, existem muitas respostas para especificar a morte de um jovem, mas uma delas é o não cumprimento dessa mandamento. Muitos deles batem até os pais, fazem dos pais tapetes e passam por cima, é triste...

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.