Mensagens

Negligentes na Fé

14 de Agosto 2017

Negligentes na Fé

Negligência é o termo que define falta de cuidado ou de aplicação numa determinada situação, tarefa ou ocorrência. É frequentemente utilizado como sinónimo dos termos “descuido”, “desleixo” ou “preguiça”

Uma das características mais comuns da pessoa que está enferma na fé, é que ela deixa as coisas para serem feitas mais tarde… e nisso ela acaba não fazendo o que deveria.

Exemplos: “Depois eu oro…; depois eu leio a Bíblia…; depois eu busco Batismo com o Espírito Santo…; depois eu devolvo o Dízimo…; depois eu evangelizo…; depois eu participo da Santa Ceia…; depois eu participo da Fogueira Santa…; depois eu me Batizo nas águas…; depois eu escuto a mensagem do Bispo Macedo…; depois eu perdoo está pessoa…; depois eu me afasto desta má amizade…; depois…, depois… e depois….

Por causa da negligência da fé desta pessoa, consequentemente, o seu bem-estar espiritual, físico, sentimental, familiar, econômico, ministerial, fica para trás, fica para depois também!!!

Obs.: Mesmo crendo em Deus, tendo a Bíblia Sagrada em mãos e pertencendo a uma Igreja, isso tem acontecido com frequência.

Pergunto ao leitor: Qual a parcela de culpa que tem Deus, a Bíblia Sagrada ou a Igreja Universal nisso?

0, nenhuma!!! Porque a mesma oportunidade que foi dada a esta pessoa, a mim e a você, foi dada a todos na Igreja Universal…

O Povo de Deus nunca, jamais, em tempo algum, deve ser negligente, indolente na sua fé… porque o que Deus fez chegar ao nosso conhecimento é para ser colocado em prática, já.

Mas, aquele que considera, atentamente, na Lei Perfeita, a Lei da Liberdade (repare não basta observar, conhecer a Palavra de Deus… crer nas Promessas, eu tenho que considerar, quer dizer, praticar… esta Lei Perfeita, é a Leia da Liberdade, que nos torna livres e realizados por meio de uma vida completa…) e nela persevera (não é porque não estou vendo que não está acontecendo… devo perseverar… ser diligente na fé para ver o cumprimento do Prometido por Deus), não sendo ouvinte negligente (quem sabe o que tem que fazer e deixa para depois ou não faz, é considerado um ouvinte negligente… repare que não basta saber… eu tenho que praticar, agir…), mas operoso praticante (Deus espera que sejamos atuantes, diligentes, praticantes, operosos praticantes… agora pense comigo: “Deus vai pedir, esperar que façamos algo que não podemos?” É óbvio que não, mil vezes não!!!), esse será bem-aventurado no que realizar (aqui está o resultado: feliz no que realizar. Não basta idealizar, desejar, sonhar… é necessário realizar… Deus Quer que a sua felicidade seja total, seja verdadeira, mas há um preço a pagar.: Sejamos praticantes além de ouvintes e a nossa felicidade será completa Tiago 1.25).

Por isso, amigo leitor:

  • Decida a participar nas Reuniões do Espírito Santo ao Domingos pela manhã e Quarta-feira.
  • Seja fiel a Deus nas mínimas coisas…
  • Não quebre a sua Corrente de Oração…
  • Viva os Propósitos de fé de mês a mês…
  • Quando surgir a oportunidade de fazer um Voto a Deus, vá com tudo, Deus vai te surpreender…

Combata a negligência da fé, praticando a fé não somente na Igreja, mas em casa, no trabalho em todo lugar, e em quaisquer circunstâncias…Diga: “Eu sou diligente!!!”

Se o negligente deixa as coisas para depois, o diligente faz as coisas agora!

(Vou incluir aqui o link das 5 Coisas que você que ainda não vive em Novidade de Vida, deve fazer o quanto antes)

  • O Espírito do Deus-Vivo fez você entender o que você tem que fazer;
  • Tire todas as suas dúvidas, falando com um dos nossos Pastores;
  • Arrependa-se de fato e de verdade e disponha a se batizar nas Águas o quanto antes;
  • Busque com fervor o Batismo com o Espírito Santo às Quartas-feira e Domingos pela manhã, às 7h!
  • Faça parte de um dos muitos Grupos que há na Igreja Universal.

Deus conta contigo, e eu também.
Te vejo na Universal ou nas Nuvens!

Bjf

Anterior

14 agosto

Seguinte

15 agosto