Mensagens

Não fique do lado de fora!

28 de Julho 2013

Não fique do lado de fora!

Depois de o Senhor Jesus nascer, José e Maria tiveram filhos… mas, que papel teria ‘esta família’ no ministério terreno do nosso Senhor?

Nós, pastores, temos feito exatamente o que faziam o Senhor Jesus e os Seus discípulos, ou seja, dedicado toda a nossa vida ao Povo que busca ao Deus Vivo. O nosso sonho é o Sonho de Deus: que as pessoas se tornem filhos, ou seja, princesas e príncipes nascidos de Deus. Que elas vejam Deus cara a Cara e tenham a sua alma salva. Disso se tratou não só a recente Campanha de Israel, como também a nossa própria vida!

O nosso salário é ver a sua vida transformada, para envergonhar o diabo e aqueles que dizem “eu quero ver para crer”, que, finalmente, vejam a sua superação, transformação e creiam. Pois agora poderão ver a diferença entre o antes e o depois… da libertação, da conversão, do Novo Nascimento, do Batismo com o Espírito Santo, do Sacrifício-voluntário para o Deus Vivo.

Mas, tal como cada um de nós, o Senhor Jesus nasceu no seio de uma família, sendo Maria e José Seus pais físicos e vendo, em algumas passagens bíblicas, Como o Senhor Jesus interagia com este Seu lado:
“Falava ainda Jesus ao povo, e eis que a sua mãe e os seus irmãos estavam do lado de fora, procurando falar-Lhe.

E alguém lhe disse: Tua mãe e teus irmãos estão lá fora e querem falar-Te.” (Mt 12.46-47)

Jesus foi o Primogénito, mas Maria foi novamente mãe, tendo tido filhos com José. Mas, onde deveria estar Maria e os irmãos de Jesus? Com certeza no interior da casa onde o Senhor Jesus estava anunciando as boas novas, ao lado do Senhor Jesus, pois, onde está o Sacrifício, tem que estar o que nele crê e assume a fé! Porém, daqui depreendemos que até então eles não tinham assumido a sua fé-sacrificial no Senhor Jesus, como o seu Salvador.

Maria e os seus outros filhos, com certeza, teriam algo importante para dizer a Jesus… porém, não estavam no lugar devido, tendo o Senhor Jesus respondido a quem lhe trouxera o aviso:

“Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?” (Mt 12.48)

Você acha que o Senhor Jesus foi insensível? Pois bem, eu digo-lhe que o Sacrifício para Deus dói, mas também liberta! A Fé Viva nada tem a ver com sentimento, pois este último não resolve e sim agrava o problema! O sentimento fortalece a sua fraqueza e debilita-o, por mais forte, capaz ou inteligente que você seja! E podemos confirmar isso através das inúmeras decisões erradas, tomadas com base no sentimento ou em emoções. No nosso caso (Pastores do Centro de Ajuda), nós tomamos decisões não com base em emoções, circunstâncias ou no que as pessoas querem ouvir e sim no que Deus quer que você saiba! Mas, a dor, ela está lá… que é a dor de sermos censurados e criticados, como, com certeza, o Senhor Jesus deverá ter sido no momento em que deu aquela resposta.

Assim, também nós temos sido e você terá que ser, pois, se você não é perseguido e se a sua fé não incomoda aos seus familiares, conhecidos e desconhecidos, amigos e inimigos, então, existe algo de errado com a sua fé… provavelmente, ela estará morta (sem obras)! Porque a Fé Viva agrada a Deus e desagrada ao resto do mundo, inclusivamente, a nós próprios.

“E estendendo a mão para os discípulos, disse: Eis a minha mãe e meus irmãos. Porque qualquer que fizer a vontade de Meu Pai Celeste, esse é Meu irmão, irmã e mãe. (Mt 12.49-50)

E quem são os discípulos? Os que deixam a sua casa, pai ou mãe, irmãos, bens, por amor a Ele e ao Evangelho, mas que recebem nesta vida cem vezes mais (Mt 19.29) e Deus cumpre a Sua Promessa, porém, para que isso aconteça, tem que haver o sacrifício, pois Jesus só estende a Mão a “quem sobe no Altar”, pois são estes que sacrificam-voluntariamente, ou seja, a quem está “no lado de dentro” e não no de fora.

Te vejo na IURD, ou nas Nuvens!
Bjf


4 comments
  1. jose de ribamar

    Hola, Bispo que bien tengo el placer en escribir en su página. Que bella mensaje, sirve como ejemplo para todos que son de Dios. Un abrazo.

  2. Danilo-FJE LEIRIA

    Só consegue entrar no santo dos santos(altar e na presença de Jesus)quem esta disposto a sacrificar a se despojar e infelizmente são pouquissimos os que o fazem, por isso o mundo tem gemido, pois prefere sacrificar para todos desse mundo ao invés de sacrificar voluntariamente para aquele que pode fazer o impossível se tornar possível!

  3. Rafael-FJE LEIRIA

    Boa noite sr Bispo Júlio, muito forte mesmo esse post, quando abraçamos nossa fé inteligente no Deus vivo, o inferno inteiro se levanta, mas o sacrifício voluntário, nos faz fortes poderosos, para resistir as perseguições e em meio as elas crescer, desenvolver, pois não existe problema/dificuldade que não traga junto consigo uma oportunidade, é isso quue tenho aprendido nessa obra maravilhosa, libertadora, redentora e transformadora do CdA!

  4. Cristina Silva -Lisboa

    Boa tarde bispo Júlio Identifico-me com este post, pois concerteza por estar do lado de dentro,e por ter assumido a minha fé diante de todos, sou criticada pela minha família.Eles até hoje nao entendem as minhas decisões, mas porque nao vivem a mesma fé inteligente ,vivem no sentimento e cegos pela religiosidade, como podem entender?Presos ao passado,enganados ,sofrem mas nao admitem o orgulho.Vou combater o bom combate até ao fim,contrariar minhas vontades e sentimentos pois literalmente minha vida esta no altar e aprendi a viver pela fé racional .Nunca deixarei de lutar por eles para que tenham um encontro com Deus e sejam realizados como eu. Um abraço

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.