Mensagens

Método para prevalecer (parte2)

1 de Outubro 2012

Método para prevalecer (parte2)

A paz no mundo é uma ilusão… vivemos numa guerra constante e esta guerra é travada em três frentes: 1ª consigo próprio; 2ª com o seu semelhante e 3º com o Próprio DEUS

5ª FUGIR E PERSEGUIR

“O SENHOR feriu os etíopes diante de Asa e diante de Judá; e eles fugiram. Asa e o povo que estava com ele os perseguiram até Gerar; e caíram os etíopes sem restar um sequer…” (2 Crónicas 14.12-13) – Os problemas, os inimigos e os traumas têm de ser completa e inequivocamente superados, porque, senão, eles voltarão com mais força ainda, como referiu Jesus, sobre a estratégia de satanás (Lucas 11.24-26).

Então, se não lutarmos com as armas que Deus nos proporciona: a Autoridade do Seu Nome; a Obediência à Sua Palavra e a Confiança em enfrentar o problema… não temos como vencer os nossos inimigos! Mas, se Deus existe, como cremos que sim, então, Ele vai ter que fazer aquilo que nós não podemos. Deus feriu os etíopes diante de Asa, a mesma posição que devemos ocupar diante dos nossos próprios inimigos: os nossos problemas. Eles não podem estar em cima e nem ao nosso lado e sim diante de nós! Devemos encará-los e nunca considerá-los grandes, isto se você deseja desfrutar da sua família, da sua saúde, do seu casamento, do seu trabalho, em suma, da vida que Deus criou. Mas, para isto, só há uma forma: lutar com Deus e com os homens! Por isso, VÁ DESTEMIDO PARA O CAMPO DE BATALHA!

4ª CONHECER O NOME

“… no teu nome viemos contra esta multidão.” – Asa confiava no Poder inerente ao nome de Deus e, baseado nessa confiança, ia contra aquela verdadeira legião de inimigos. O nome representa a autoridade, por isso, Jesus disse: “em meu nome expelirão demónios” e o Salmo 91 também refere: “… pô-lo-ei a salvo, porque conhece o meu nome.” Ou seja, quem conhece o nome de Deus, o Poder e Autoridade que existem no Seu nome, não aceita a derrota, o fracasso ou o que não provém d’Ele, como: a miséria, o pecado, a mentira, a violência, o orgulho, a malícia, a acomodação… em suma, tudo o que não provenha de Deus é rejeitado! E tudo o que provenha de Deus é aceite!
No caso do rei Asa, se Deus não lhe tivesse proporcionado a vitória, então, ficaria claro que o Deus de Abraão, Isaque e Israel é um Deus falso, igual a tantos outros. Asa ‘colocou Deus contra a parede’, colocou-se a ele e ao seu exército, inteiramente, nas mãos de Deus!

É cada um de nós que dá a cara por Deus aqui na terra, por isso, Ele tem que nos livrar! Nós é que falamos da Sua existência, do Seu Poder, pagamos o mal com o bem, dizemos a verdade, pagamos os nossos impostos, somos dizimistas, perdoamos aos que nos ofendem, somos pais presentes, amigos, companheiros… enfim, DAMOS A CARA POR DEUS! ENTÃO, ELE TEM QUE DAR A CARA POR NÓS, MANIFESTANDO O SEU PODER, AGINDO SOBRE O QUE AINDA NOS FALTA!

{slide=Método para prevalecer – 1ª Parte}

3ª IR ALÉM

“Clamou Asa ao SENHOR, seu Deus, e disse: SENHOR, além de ti não há quem possa socorrer numa batalha entre o poderoso e o fraco; ajuda-nos, pois, SENHOR, nosso Deus, porque em ti confiamos e no teu nome viemos contra esta multidão. SENHOR, tu és o nosso Deus, não prevaleça contra ti o homem.” (2 Crónicas 14.11)

DEUS não deve ser o nosso Senhor apenas de boca e a prova é que Asa se levantou contra uma verdadeira multidão de inimigos (1.300.000), incrédulos que tentavam impedir que o povo de Israel servisse ao Único, Vivo e Eterno Deus! Tal como Asa, também somos pequenos, mas, com o Senhor do nosso lado, é impossível que não prevaleçamos, pois ter Deus como Aliado é a única forma de o fraco se tornar forte! Asa não era louco e sim um príncipe e quem é ‘príncipe’, filho do REI, não abre mão de nada!

2ª PRÍNCIPES E PRINCESAS

Ou seja, temos que ter Deus em primeiro lugar, como também precisamos de materializar o nosso amor. Mas, onde está o seu amor ou a sua confiança? Nos bens? No seu próprio conhecimento? Nos seus títulos? Ou em Deus? É neste campo que entra a oferta, pois o dinheiro e tudo o que ele proporciona tem sido dos deuses mais ‘adorados’ neste mundo.

1ª MATERIALIZAÇÃO

A primeira condição para que lutemos com Deus, com os homens e prevaleçamos é a materialização da fé, pois, “sem fé é impossível agradar a Deus”. Porém, a fé é abstrata, ela não se vê, até que a materializemos por meio de atitudes, decisões, de uma força que nos levará a fazer algo que chame a atenção de Deus e que, ao mesmo, tempo Lhe agrade e venha a desagradar ao diabo.

{/slide}

Te vejo na IURD, ou nas Nuvens!

Anterior

slide30Setembro

Seguinte

01deOutubro


12 comments
  1. Junior - Lousã

    Olá bispo, quando estamos firmes na fé com o Autor da Vida e nos nossos objectivos, as lutas diárias da vida faz nos aperfeiçoar mais ainda na nossa fé para superar a cada situação que acontece. Mas aa forças malignas tem duas estratégias para querer derrubar um soldado da fé: 1- Duvidar do poder que seu DEUS tem de resolver aquele problema. 2- Fazer a pessoa acreditar que ela não é capaz de vencer. Duvidando do poder de DEUS ou desacreditar de si próprio de que não é capaz de vencer, para o diabo tem o mesmo efeito. Por isso temos que ser destemido e implacável contra a todas situações contrárias a nossa fé. Sempre olhando para o alvo.

  2. Diana Nogueira Fj- Império

    Reconhecer que sem Deus não somos nada, por isso temos de usar a nossa fé e agirmos conforme os mandamentos de Deus.

  3. Ariela Vanessa

    Boa noite Bispo Julio! Asa RECONHECEU que so ele nao podia. Mas quando temos Deus do nosso lado e fazemos tudo aquilo por Ele mandado reconhecemos tambem que tudo podemos agora. Deus abencoe

  4. BEATRIZ MESQUITA

    tá ligado Bispo!!! temos que enfrentar os nossos problemas cara a cara com as armas que o nosso DEUS NOS deu.... vamos arrebentar!

  5. Marciano Aureliano

    Se esta fé é fundamento para mim eu não posso ser acanhado e calado, tenho de ser atrevido e ousado, e afrontar quem for contra essa fé (que não são poucos, mas sim uma multidão kkk). Abusado como um filho que tem o pai sempre por perto para livra-lo. "nenhuma promessa falhou de todas as boas palavras que o SENHOR falara à casa de Israel; tudo se cumpriu."Josue21:45

  6. acabei de lêr agora a segunda parte " método para prevalecer " me ajudou muito . Eu vou destimidamente nessa fé.

  7. Liliana Carvalho - Carnaxide

    O que mais me chamou a atenção neste post é que se não usarmos a fé sobrenatural, ou seja, a fé inteligente não se consegue prevalecer. como o Senhor disse, se nós somos dizimistas, pagamos o mal com o bem, dizemos a verdade, se nós damos a nossa cara aqui na Terra por Ele, Ele tem que dar a cara por nós. Porque não é justo nós darmos a nossa cara e Ele não dá a cara Dele por nós e o nosso Deus não é um Deus injusto ele é um Deus justo.

  8. Alex Andrade - Tomar

    Sem duvida bispo a Luta deve fazer parte do nosso dia-dia, pois faz amadurecer e crescer, e mesmo com toda essa guerra exterior o que há dentro é uma paz. Porém essa paz só existira por meio de atitudes materializadas da nossa fé!

  9. weberson Honorarto

    A confiança em Deus é tudo, e quando usamos a nossa Fé nesse Deus tudo da certo.

  10. Carlos Velasco - Ajuda

    Asa não só acreditou mas creu, pois homem algum se não tivesse a certeza que teria alguém mais forte que ele iria fazer frente aos 1.300.000, mas ele disse "(...)porque em ti confiamos e no teu nome viemos(...)" ve-se através das palavras dele que existia uma entrega! Devemos de ser assim como Asa, mesmo que venham "inimigos" fazemos frente, porque o Deus de Asa é o mesmo que o nosso!

  11. Asa reconheceu que precisava de Deus para resolver aquele problema. Existe problemas que a força humana não resolve, que só mesmo o poder de Deus para resolver, e Asa reconheceu

  12. Luziane

    É verdade.Temos q agir da mesma forma qndo queremos ser diferente e mudar a nossa vida por completo esse é o segredo,é doloroso sacrificar tais coisas mas só o prazer d agradar a Deus vale a pena.Na fé

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.