Mensagens

Incompleto, Frustrado e Desrespeitado

20 de Dezembro 2010

Incompleto, Frustrado e Desrespeitado

Se alguém me perguntar qual é o nome do meu Deus eu direi: Completo, Realizado e Respeitado. Este é o nome do Deus vivo!

Quando Cristo veio a este mundo, com os sinais que Ele fez de poder e milagres, deixou em evidência que o Seu desejo é de que a vida do ser humano seja completa, tanto na saúde, como na família, vida espiritual e material.

Deus quer que o ser humano supere a frustração e se sinta realizado em todas as áreas da sua vida. E quem não se sente realizado, sente-se frustrado!

Não é da vontade de Deus que você seja desrespeitado e a única forma de o fazer ser respeitado é a qualidade da sua vida ser sumamente superior à dos demais. A pessoa ou é respeitada ou é desrespeitada; ou é completa ou incompleta.

Quando Moisés apareceu para Deus no Monte Sinai, Deus disse-lhe: “Disse mais: Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó” ou seja, Deus não ficou apenas por palavras, mas acrescentou: Não se aproxime, porque é terra santa…”. Deus não nos dá apenas mandamentos, mas revela-nos quem Ele é, e o que Ele quer que façamos para sermos completos. Deus referiu – “Eu sou o Deus de teu pai”, isto significa, que Ele é o Deus de Abraão.

Deus não é Deus de incompletos, frustrados e desrespeitados, Deus é Deus de Abraão. E quem foi Abraão? Abraão foi um homem incompleto até aos 100 anos, porque para ele não importava a riqueza, mas que o seu sonho em ter um filho fosse realizado. Deus gosta que nós falemos com Ele, porque, quando falamos com Ele, o nosso espírito sobe, a nossa fé é fortalecida e a nossa comunhão com Deus é estabilizada.

Deus deixa claro, na Sua Palavra, que Abraão quando disse: “- O meu herdeiro vai ser um empregado porque eu não tenho filhos”, estava a questioná-Lo como haveria de saber se era verdade, e Deus respondeu-lhe para fazer o sacrifício. Passado um ano, ele foi pai.

Caso queira ver o seu sonho realizado, depende somente de si sacrificar. Deus só vai fazer a parte d’Ele, quando você fizer a sua. A nossa parte é materializar a nossa fé através do sacrifício voluntário e espontâneo. Deus não o obrigou a fazer aquele sacrifício, mas ele fê-lo de forma espontânea e voluntária, porque sabia o que queria: o filho dos seus sonhos. Deus fê-lo pai e, depois que teve o filho, prometeu-lhe que seria pai de muitas nações e pediu o que ele tinha de melhor, que era o seu único filho e ele não o negou. Deus o fez pai de uma grande nação, pela qual, veio o Cristo Salvador. Nós também somos filhos de Abraão. Caso afirme ser filho de Abraão, então dirá: Eu sou completo.

Abraão tinha 100 anos e era um velho incompleto, mas sacrificou e saiu do estado de incompleto para completo. Nós é que decidimos se seremos um cidadão completo ou incompleto. O que completa a nossa vida é o sacrifício a Deus, que nos faz alcançar aquilo que não conseguimos com os nossos esforços, capacidades e recursos naturais.

Continua amanhã…

Por seu servo em Cristo, Bp. Júlio Freitas


18 comments
  1. FLAVIO DA FÉ GUERRA

    É MUITO forte bispo..o próprio espirito santo confere ..porque o que é espiritual se desçirne espiritualmente,em tempos fui um cavalo muito xucro..agora pela regeneraçao do sacrifiçio que é a propria obra do espirito santo na minha vida estou a começar a viver a fé,sobrenatural digo..como o Bispo disse o fogo têm que subir...e manter vivo continuo exerçitando..jejuando para prevaleçer seguro ,posso dizer que estou a viver ,posso dizer que estou a viver o Genesis da minha vida ,uma nova unção...abraço.

  2. Erika

    Thank You Bishop for this post. It is so true what you say and how everything is connected as well. What this blog spoke to me is how sometimes we make God seem like a small God because of our lifes. Like you say not being complete. Our life is giving the testimony for example if we are blessed financial but have a terrible torn apart family that is being incomplete. God is waiting for us to decide and act just as Abraham sacrificed and became complete, it took him 100 years but he became complete.

  3. gabriela costa

    Quem não deseja ter uma vida completa e ser respeitado?Por isso, ainda mais nós que somos de Deus devemos desejar e tornar isto realidade ...

  4. Gracyene Leandro

    Muito forte,no altar de Deus é tudo por tudo,só assim que Deus responde.

  5. Wendy

    El sacrificio no es una obligación, lo hace quien quiere tener una vida completa y maravillosa, ya que damos y generamos nuestro todo a Dios y Él nos da su todo, Pasamos a ser socios de Él. Saludos...

  6. Juliana de Araújo

    Muito obrigada por essa mensagem, bispo. Eu sabia que o sacrifício era muito importante, mas desconhecia o fato de que ele nos completa. Ler esse blog está sendo muito bom. Tenho aprendido muitas coisas novas! Que Deus abençoe o senhor.

  7. Nataly Gabrielly

    Realmente o meu Deus é completo e realizado e está sempre a minha disposição e eu na mesma que a dele... Ele é perfeito, único e para sempre será o mesmo. Amo ser escolhida por ele e chamada para seus planos.

  8. Edith

    Human can only go so far with their own strength, but it won't last long either. That's why we must depend on God and sacrifice to obtain greater things and maintain firm with Him.

  9. Nieves

    Muy fuerte este mensaje! el sacrificio nos saca de una vida incompleta a una vida completa, esto es porque el sacrificio provoca la respuesta, mueve la mano de Dios. Como ocurrió con Abraham, no importa la edad, él tenía 100 años y una vida incompleta, podemos tener edad pero tener una vida incompleta, y cuando Abraham sacrificó pudo realizar su sueño, pienso que fue hasta como rejuvenecer, y así pudo tener cumplida en su vida la promesa de Dios de que sería padre de muchas naciones. Completar nuestra vida depende solamente de nosotros y de nuestro verdadero sacrificio.

  10. Jennifer

    This is true Bishop, God came to give us an abundant life. Not an "almost there" one. When we don't see this, the devil use that to tempt the person to doubt God promise and not believe that his life can be complete. Very strong I look forward to the continuation. Thanks

  11. As you said Bishop, the sacrifice is what shows God that we are in the total dependence of Him. So God make us complete by adding in our life what is missing, for His name to be glorify by our life. Thanks

  12. Marisa

    Bispo, O sacrificio é o caminho que temos para tomar posse das bençãos prometidas a Abraão, e assim ter uma vida completa em todos os sentidos. Obrigada, Que Deus Abençoe

  13. Thaís Cristina

    Muito forte Bispo! É verdade Deus não fará nada enquanto não fizermos a nossa parte, porque se nem com Abraão foi assim com a gente não será diferente. Por isso estou certa de que fiz a minha parte e logo Deus fará a dEle. Estou esperando a continuação... Nessa Fé, Thaís Cristina-Pernambuco

  14. Beatriz Moraes

    É verdade quando sacrificamos para Deus, Ele nos abençoe e muda nossa vida, assim nos tormamos completos e com isso também ficamos realizados.

  15. Francinele

    Creio verdadeiramente nessa mensagem é digo nao só o sacrifício momentâneo nós fara ser completos mais o sacrifício diário crendo que Aquele que prometeu nunca,nunca falhara !!! 20/12/2010 Francinele Goiania

  16. É muito bom saber que Deus gosta de nos ouvir!

  17. Muito boa essa mensagem, eu também quero ser completo como foi Abraão e estou disposto a sacrificar ao meu Deus para isso.

  18. O Sacrifício é a única forma de chegarmos até o nosso objetivo, que o senhor mesmo disse: sermos completos. Deus nos faz chegar até o extremo de nossa fé, de nossas forças afim de nos provar e nos galardoar com aquilo que irá nos completar que é o nosso maior sonho! E aliás não é nada comparado ao sonho do próprio Deus para as nossas vidas. Abraão só queria um filho, mas Deus o queria fazer Pai de grandes nações! O Sacrifício serve para tornarmos pessoas sem limites!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.