Mensagens

Em nome do dinheiro…

23 de Outubro 2013

Em nome do dinheiro…

Dizem os entendidos que “o dinheiro faz o mundo girar” e, de facto, nunca na História da Humanidade a sociedade se baseou num sistema monetário como hoje em dia, mas, e a sua vida? Por que sistema se rege?

[floatquote]“… Outro disse: Comprei cinco juntas de bois e vou experimentá-las; rogo-te que me tenhas por escusado…”
(Lc 14.19)[/floatquote]

Ninguém compra animais sem antes experimentar, verificar se a sua saúde é boa ou se estão aptos para exercer força de trabalho. Estas ‘juntas de bois’, na verdade, estão relacionadas com a vida económica da pessoa.

Pois, quem é que assume uma empresa sem conhecer o estado da mesma? Quem compra um imóvel sem conhecer o seu valor de mercado ou condição? Ninguém… na verdade, o ser humano tem por hábito ser muito cauteloso quando se trata de investimentos de âmbito económico, sendo a parte financeira uma das suas maiores preocupações.

Um dos estados mais preocupantes do apego ao dinheiro é a avareza ou ambição desmedida, não se satisfazendo nunca, estas pessoas, com o que têm, olhando sempre para o que podem vir a conseguir, pois é o lucro que as move. Mas, sobre isto, o Senhor Jesus diz o seguinte:

[floatquote]“… não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as vestes?… vosso Pai Celeste sabe que necessitais de todas elas”. (Mt 6.25;23)[/floatquote]

AVALIE-SE:

Será que não tem feito do dinheiro o seu “porto seguro”?

[floatquote]”Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição. Porque o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males, e alguns nessa cobiça, se desviaram da fé e a si mesmos se atormentaram com muitas dores”. (1 Tm 6.9-10)[/floatquote]

Não tem sido um “servo do dinheiro”, trabalhando apenas para amealhar cada vez mais?

[floatquote]“Ninguém pode servir a dois senhores, porque ou há-de aborrecer-se de um e amar ao outro, ou se devotará a um e desprezará ao outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas”. (Mt 6.24)[/floatquote]

Tem feito as suas ofertas e devolvido o seu dízimo com fidelidade?

[floatquote]“Honra ao SENHOR com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda, e se encherão fartamente os teus celeiros, e transbordarão de vinho os teus lagares”. (Pv 3.9-10)[/floatquote]

Leia mais:
Parte 1 – Qual é a sua desculpa?

Te vejo na IURD, ou nas Nuvens!
Bjf

Anterior

22 de Outubro

Seguinte

24 de Outubro


10 comments
  1. Ricardo Arcanjo

    Para mim ser dizimista sempre foi algo fácil. Apenas 10% da minha renda não faz tanta falta, não é mesmo?! Porém ser ofertante realmente é mais difícil, pois é aí que expressamos nosso amor e gratidão para com aquele que nos deu a sua vida: o SENHOR Jesus Cristo. O dinheiro é um excelente servo, mas um péssimo senhor.

  2. Sintia- Rússia

    Bom dia Bispo, realmente essa avaliação devemos fazer diariamente, para sabermos qual a nossa verdadeira situação espiritual.

  3. Bruna Gouveia

    Este poste foi muito útil para mim, pois sou uma jovem e uma jovem tem sempre muitos planos e muitos sonhos na área financeira e não só. Mas eu tenho a consciência que não posso ficar ansiosa e que não posso colocar em primeiro lugar aquilo que as minhas vontades e os meus sonhos pedem. Se a minha vida é de Deus, então certamente tudo o que virá vai ser da sua vontade e na hora que ele assim quiser. Praticando isto, é impossível não vencer.

  4. Ricardo Nunes - Luxemburgo

    Trata-se de uma fé inteligente: ninguém tem para me oferecer aquilo que so o Senhor Jesus tem. Além disso, tudo passa, tudo cessa, tudo acaba. O importante é investir com toda a força naquilo que é eterno. Isso sim, vale a pena!

  5. maria IRLANDA DO NORTE

    Bispo ates de mais agradeco a DEUS PELA oportunidade e condicoes de poder estar sempre ligada,as mensagens postadas pelos homens e mulheres de Deus...eu estou lutando pra ter uma vida economica abencoada pois unica motivacao para tal e ganhar almas atraves da minha oferta contribuir pra obra de Deus que precisa muito e claro ter uma vida e qualidade digna de uma filha de Deus.

  6. Neirity Isabel- FJ Reboleira

    Boa noite senhor Bispo! Os apoios terrenos apenas nos podem suster durante algum tempo. A coragem para viver vem de uma confiança profunda e permanente em Deus, cuja Palavra diz: "...esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé". Mas o valor da fé depende daquilo onde é depositada, e a nossa fé é em Deus que nunca falha! Davi disse: "por Ti venceremos os nossos inimingos; pelo Teu nome pisaremos os que se levantaram contra nós"(Salmos 44:5). O Senhor Jesus disse: "Eis que vos dou poder para pisar (...) toda a força do inimigo(...)" ( Lucas 10:19). E o apóstolo Paulo disse: "Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nuidez, ou o perigo, ou a espada?(...) em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou"(Romanos 8:35-37). Deus abençoe!

  7. Carlos

    Seja pela escassez do momento, provocada pela crise, ou por uma confortável situação financeira, é certo que em momento algum, podemos nos deixar enredar pelas ciladas na busca pelo dinheiro e pela realização material. Mas Deus lhe disse: Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? (Lucas 12.20)

  8. Fernando - Pombal

    Boa tarde, Bispo! Realmente, havendo definição em quem servir, e se é ao Deus vivo, o dinheiro pode ser um bom servo e satisfazer a pessoa em tudo que dezejar a sua Alma, "Não há nada melhor para o homem do que comer e beber, e fazer com que sua alma goze do bem do seu trabalho. Também vi que isto vem da mão de Deus. Eclesiastes 2:24" não havendo definição e decisão em quem servir e por apego ao dinheiro ou por influencia da sociedade injusta e religiosa, a pessoa torna-se escrava do dinheiro e as consequências serão drásticas pois o dinheiro é um mal líder, eis o porque muitos com muito dinheiro porem, vazios dentro de si, desejam até a morte! "De modo que a sua vida abomina até o pão, e a sua alma a comida apetecível. Jó 33:20" Qual desculpas deremos para não buscar o Senhor de todas as coisas?

  9. Bom dia Sr. Bispo é muito importante esta mensagem,a quem temos colocado em 1°lugar os bens materiais ou a Deus? Se colocarmos a nossa vida na mão de Deus, 1°lugar Deus não dá nada que não possamos suportar, 2° Deus nos sustenta e devemos colocar toda confiança Nele porque Deus nos conhece e sabe quais têm sido as nossas necessidades. Por isso não devo preocupar Deus é comigo e consigo amigo/a. Deus abençoe cada vez o Sr.Bispo.

  10. Fábio Medeiros- FJE Açores

    DEUS "precisa" de € ? Se alguém disser que não , então é porque tem o coração no dinheiro ou tem pouco conhecimento das Escrituras Sagradas. Em toda a Bíblia, DEUS mostra como o dinheiro é importante em cada época em que SE manifestou. Então a resposta é sim. "DEUS precisa de €"... Vejamos alguns exemplos de SUA necessidade: Mostra o que DEUS representa para nós; (João 12:3) / (Gênesis 4:4) É através dele que DEUS vê de quem nós dependemos; (Mateus 6:21) / (2 Reis 4:1-7) Sem ele impossibilita a Pregação do Evangelho a todas as nações do mundo(Obra de DEUS); (Marcos 16:15) / (2 Coríntios 8:2-12) Sem ele é impossível haver prosperidade; (Mateus 14:13-21) / (2 Coríntios 9:7-11)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.