Mensagens

É perseverante ou teimoso/a?

16 de Maio 2012

É perseverante ou teimoso/a?

“Ora, Labão tinha duas filhas: Lia, a mais velha, e Raquel, a mais moça. Lia tinha os olhos baços, porém Raquel era formosa de porte e de semblante. Jacó amava Raquel e disse: Sete anos te servirei por tua filha mais moça, Raquel” (Génesis 29.16-18).

A Palavra de Deus ressalta as qualidades e a aparência física de ambas as filhas, mas a escolha de Jacó foi Raquel, pois, foi quem ele viu primeiro e por quem se apaixonou, foi amor à primeira vista.

[floatquote]“…chegou-se, removeu a pedra da boca do poço e deu de beber ao rebanho de Labão, irmão de sua mãe” (Gn 29.10).[/floatquote] Jacó removeu a pedra sozinho porque a sua fé, revolta e crença em Deus eram extremamente fortes. E, quando conheceu o pai de Raquel, Jacó disse-lhe que trabalharia durante sete anos porque sabia que tinha que pagar o dote e fazer o seu sacrifício, materializando a sua crença naquele amor. Labão, o pai da moça, sentiu segurança porque viu que o rapaz sabia o que queria e estava disposto a pagar o preço. O pai sentiu-se honrado e Raquel sentiu-se valorizada e amada.

[floatquote]“Respondeu Labão: Melhor é que eu ta dê, em vez de dá-la a outro homem; fica, pois, comigo”(Gn 29.19).[/floatquote]

O pai de Raquel sabia que o melhor era que a filha casasse com Jacó porque ninguém faria uma proposta daquelas e nunca ninguém a amou e demonstrou uma atitude séria de constituir família como ele. E acontece o mesmo com Deus! Ele pede o sacrifício porque precisa de algo? Ou somos nós que precisamos de sacrificar? Somos nós! O sacrifício é para Deus, mas somos nós que somos beneficiados. Afinal, quem é que ficou com a minha esposa? Foi Deus? Não, fui eu! Quem é que está a desfrutar da vida conjugal, amor, fidelidade e companheirismo? Sou eu e há 20 anos! No entanto, tive que sacrificar, cinco anos da minha vida, e faria tudo outra vez, porque sei tudo o que tenho desfrutado.

Portanto, o seu sacrifício para Deus tem que ser irresistível. Se está pela primeira vez na reunião e se questiona sobre o que tem que sacrificar, eu respondo-lhe que é toda a sua vida, começando pelo seu passado. E como o sacrifico é a materialização da nossa crença em Deus, então, você irá escrever o seu pedido sentimental e nós levá-lo-emos a Israel.

[floatquote]“Assim, por amor a Raquel, serviu Jacó sete anos; e estes lhe pareceram como poucos dias, pelo muito que a amava” (Gn 29.20).[/floatquote] Quando uma pessoa ama é capaz de sacrificar anos da sua vida como se fossem apenas poucos dias. Então, Jacó trabalhou sete anos e na hora de tomar posse disse:

[floatquote]“…Dá-me minha mulher…”(Gn 29.21). [/floatquote]

Mas ele foi enganado, pois, o sogro defendia que a tradição mandava que se casasse primeiro a filha mais velha. E porque é que o sogro fez isso com Jacó? Porque tudo o que ele fazia dava certo, onde ele colocava as mãos havia prosperidade e, por causa dele, o sogro tornou-se riquíssimo. Jacó acabou por trabalhar mais sete anos para mostrar que não era aproveitador e no total foram 14 anos de sacrifício. Contudo, existem pessoas que negam um mês de salário para Deus porque quando é para Ele acham que é muito!

Nós estamos aqui porque Deus viu sinceridade em nós e porque nos quereremos libertar do engano? Ou não? Então, aproveite a sua oportunidade, porque senão outros tomarão o seu lugar e essa é a verdade. Não seja teimoso, seja perseverante! A semelhança entre os dois é que ambos são insistentes, mas a única coisa que têm em comum é esta caraterística. O teimoso persegue o mal, pratica o que é errado e continua na prática do erro, num ciclo vicioso, e a sua vida como consequência também não sai daquele estado. O perseverante persegue o que é bom, mesmo que só lhe façam mal, ele só faz o que é bom, pois, tal como está escrito na Bíblia: “E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos…” (Gálatas 6.9)”. Muitas pessoas fazem o que é bom por pouco tempo, mas como não veem resultados, ficam dececionadas e são perseguidas. Contudo, eu não conheço um cristão verdadeiro que viva a fé e não seja perseguido porque a assume e faz o que é certo. Por isso, se você não se cansar de fazer o bem sempre, a seu tempo colherá o que é bom e, a partir desse dia, faltar-lhe-ão braços para colher e tempo para usufruir.

O teimoso insiste no caminho errado e para além de fraco é orgulhoso, porque cede às fraquezas e não reconhece os seus erros. Não aceita conselhos e fica irritado com quem lhe diz a verdade, com a cabeça diz que sim, mas com o coração diz que não. Já o perseverante para além de forte é humilde, pois, reconhece e aprende com os seus erros. Está sempre pronto para ouvir e praticar os bons conselhos. Quer que a sua fé funcione porque confia na Palavra de Deus e a sua força não lhe permite desanimar ou desistir. O teimoso é cabeçudo e a razão para continuar a insistir é o orgulho, por isso, é um cristão evangélico fracassado e um perdedor. E você vai continuar a ser teimoso ou perseverante?!?

Te vejo na IURD, ou nas Nuvens!


16 comments
  1. Michele oliveira da silva

    Deus é fiel sempre quando o assim fazemos a Ele renunciando as nossa próprias vontades e sacrificando sempre a nossa vida o nosso eu vontades e desejos para realizar somente o querer de deus em nossas vidas. E jamais devemos nos casar de fazer o bem porque nos eu devido tempo Deus ira nos responder e tamanha sera a benção que nos faltar mão s e braços para segura-las eu creio....

  2. Jorge Fj Império

    Eu achei esta parte muito boa "Já o perseverante para além de forte é humilde, pois, reconhece e aprende com os seus erros..." Devemos ser perseverantes e combater um bom combate da Fé

  3. Luciana Mendes - Cenáculo do Espírito Santo - Chelas

    Bom Dia, Bp.Júlio. Realmente, a única caraterística em comum é a insistência de ambos. Se analisarmos, Jacó poderia ter sido visto ou tachado de teimoso, visto que ele ia contra as regras, teria sim que se casar a filha mais velha, no entanto, ele não olhou para isso, e sim para aquilo que sabia que queria, que era Raquel. Ele foi perseverante e mostrou o seu querer por 14 anos. O que posso concluir é que, Jacó não se importou com o que os outros iriam pensar, mas com aquilo que Deus lhe mostrou. Deus Ilumine cada um de nós!

  4. Michael Costa

    O caráter de quem é de Deus mostrasse na perseverança... Para quem está verdadeiramente no sacrifício, muitos anos soam como poucos dias, porque na vinda da resposta todo esforço é válido!

  5. Carlos Rocha

    Por isso a importância do sacrifício, pois quando o fazemos, simplesmente, somos como Jacó, não aceitamos a primeira coisa que se nos apresente, se a mesma não está de acordo com o que queremos, mas seguimos até alcançarmos a verdadeira, a que nos realiza. O que sacrifica não busca ficar satisfeito, e sim REALIZADO!

  6. Heloiza Helena RJ

    'Então, aproveite a sua oportunidade, porque senão outros tomarão o seu lugar...' -- É a mais pura verdade mesmo Bp. Julio, a uma grande diferença entre os dois!! Deus abençoe mais e mais!

  7. Sandra Serra

    Boa noite Bispo! Muito forte,de facto se não retirarmos todas as pedras de dentro de nós,vamos continuar teimosos e sofrendo, dizendo que "DEUS não ouviu nos".A verdade é que nós não demos ouvidos á voz de DEUS,por isso continuamos a sofrer.Eu vou continuar perseverando,nunca vou desistir de alcançar as promessas do nosso DEUS,para isso é necessário ser-se humilde,sinceras e confiar na palavra de DEUS... Na fé!

  8. Telma Sousa - Império

    Uma pessoa perseverante não desiste do seu objectivo pode "cair" mas não tira os olhos do seu foco e vai até ao fim por ele, mesmo que erre admite o erro e aprende com o mesmo ; O teimoso desiste facilmente do seu objectivo pois não tem capacidade para aguentar 1 fase dificil e sempre que erra se dá desculpas responsabilizando terceiros.

  9. Rosane

    Tudo que precisava...

  10. AUGUSTA FERREIRA

    Boa tarde Sr.Bispo estou a tratar de uma situacao que o normal era ja estar resolvida mas ainda nao esta sempre aparecer obstaculos quando eu estava no mundo tudo tinha e com facilidade,agora na presenca de Deus a cem por cento tudo me e muito complicado,mas posso dizer com toda certeza...EU SOU PERSEVERANTE...porque sei que Deus esta a ver a minha luta e no momento que ELE ACHAR que eu deva ter,eu vou ter...eu confio...NELE...Deus o abencoe poderosamente como D.Viviane,todos servos e servas de Deus.muito obrig.

  11. Marta

    PERSEVERANTE SEMPRE.

  12. FÁBIO FJ-IMPERIO

    E bem verdade muita das vezes lutamos ,fazemos,somos e parece que o nosso trabalho e em vao mas se materializarmos a nossa confiança e a nossa perserveranca sem desistir então colheremos os frutos. Agradecimentos

  13. Susana Ribeiro - Império

    Por vezes parece que não somos ouvidos, parece que a nossa luta é em vão... mas no seu devido tempo a resposta vem, temos de ser perseverantes, humildes, pacientes, corajosos e nunca perder o nosso foco. Obrigado.

  14. Catarina Cascalheira - Império

    Eu quero continuar preserverante, quero continuar a aprender, quero ter a oportunidade de melhorar e a cada dia conhecer mais a Deus. Deus Abençoe.

  15. lioneida

    OTIMO BISPO NUNCA PODEMOS DEIXAR NOSSO EU FALAR MAIS QUE A RAZÃO SE NÃO PERECEMOS E MORREREMOS NA FÉ.

  16. João Marques (Portugal)

    Jaco realmente lutou por Raquel. Ele mostrou que estava certo e confiante daquilo que queria. Quando uma pessoa não sabe o que quer, anda ao sabor do vento, umas vezes para a direita e outras vezes para a esquerda. É por isso que temos que ser determinados, e temos que seguir em frente mesmo quando alguém diz que não é possivel. Quando nós chegamos ao fim, acabamos por perceber as nossas capacidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.