Mensagens

Deus só cumpre com o Salmo 23 depois que cumprimos com o Salmo 24

26 de Julho 2012

Deus só cumpre com o Salmo 23 depois que cumprimos com o Salmo 24

[audio:/salmo23.mp3]

Tudo o que você tem é de Deus ou tudo o que é de Deus também é seu?

Não existe maior prova de que a nossa possessão é nula que quando deixamos este mundo. Não levamos nada connosco, nem a roupa que nos cobre o corpo, por isso, por que motivo vivemos com a ilusão de que somos donos de alguma coisa? Porque somos humanos e, infelizmente, vivemos de ilusões.
Existe um SALMO que a muitas pessoas transmite o amparo de que necessitam nos momentos mais difíceis da sua vida, que é o 23. Todavia, o que muitos desconhecem, é que este salmo só se cumpre a partir do momento em que reconhecem e praticam o que está contido no salmo 24.

[floatquote]

“Ao SENHOR pertence a terra e tudo o que nela se contém, o mundo e os que nele habitam.” (Salmo 24.1)[/floatquote]

Tudo o que vemos, temos ou podemos vir a ter PERTENCE A DEUS! Ele é o CRIADOR, a patente é d’Ele e nós apenas usufruímos da Sua criação. Se a muitas pessoas tem faltado quase tudo, é porque lhes tem faltado esse reconhecimento. Quando Jó perdeu tudo, fez uma declaração muito profunda, pensando que era Deus o causador do seu infortúnio:

[floatquote]“Nu saí do ventre de minha mãe e nu voltarei; o SENHOR o deu e o SENHOR o tomou; bendito seja o nome do SENHOR! Em tudo isto Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma.” (Jó 1.21-22)<[/floatquote]

De uma coisa todo o ser humano poderá estar certo, que todos um dia morreremos, mas a questão central é para onde irá a nossa alma? Sim, porque o corpo retornará à terra, mas a alma poderá ter dois destinos: a eternidade com Deus ou separada d’Ele. Todavia, a decisão não é de Deus, nem da vida ou da morte e sim do próprio indivíduo, é do EU! E esta decisão tem que ser feita ainda em vida, porque depois da morte já não há nada a decidir ou a fazer. A única coisa que levamos connosco depois da morte é a salvação ou a condenação eterna, pois conhecimentos, família, bens, título, tudo isso fica para trás.

Deus não criou o inferno para o ser humano e sim para o diabo e seus demónios, mas quem não Lhe quiser obedecer e desejar viver segundo as suas próprias orientações, estará condenado também a passar a eternidade separado d’Ele.

Mas viver desta forma exige sacrifício, por isso o salmista diz: “Quem subirá ao monte do SENHOR?” (Salmos 24.3). Assim é a vida com Deus, feita de renúncia, perseverança e esforço, pois até há quem suba, mas será que permanecem?: “Quem há-de permanecer no santo lugar?” (Salmos 24.4), ou seja, este é um lugar de pressão e só fica quem a suportar.

A ‘solidão’, os pensamentos, os insultos, as ameaças, as críticas, as nossas fraquezas, as palavras, os problemas, tudo isso acontece para nos tentar desviar do Objetivo para o qual Deus nos chamou, para nos fazer descer deste ‘Monte’. Quem subirá e quem permanecerá neste MONTE específico? Pois outros ‘montes’ temos subido para a realização pessoal, mas este é também para a realização espiritual, para a salvação da nossa alma.

[floatquote]“O que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à falsidade, nem jura dolosamente. Este obterá do SENHOR a bênção e a justiça do Deus da sua salvação.” (Salmos 24.4-5)[/floatquote]

Por isso, devemos ter e manter, em qualquer situação, bons olhos, uma mente limpa e positiva, perdoando as ofensas, as críticas, dando um bom testemunho da nossa fé inteligente e intercedendo pelos nossos inimigos, então, teremos a nossa recompensa, pois Deus irá agradar-se de nós! Assim, sacrificando, você conseguirá manter-se no MONTE (Altar do Deus Vivo) e verá o cumprimento do SALMO 23 na sua vida! Pois, fazendo a sua parte, nem precisará de pedir, pois Ele concede, até além do que necessitamos.

Obs.: Da próxima vez que queira dizer: ‘O Senhor é o meu Pastor e nada me faltará’, diga antes: “Ao SENHOR pertence a terra e tudo o que nela se contém, o mundo e os que nele habitam.” (Salmo 24.1) E, por isso, declaro: ‘O Senhor é meu Pastor e nada me faltará!’

Te vejo na IURD, ou nas Nuvens!

Anterior

Vida ou morte!

Seguinte

Não adianta!


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.