Mensagens

Deus insiste consigo todos os dias!

1 de Setembro 2013

Deus insiste consigo todos os dias!

Você já não vive numa relação abusiva e infeliz, mas já é realizado sentimentalmente? Você já não é uma pessoa endividada, mas já é bem-sucedida na sua carreira ou empresa?

Existem pessoas que andam por este mundo como verdadeiras ‘obras incompletas’. O lado negativo das suas vidas já não é tão evidente, na verdade, já foi erradicado, porém, por outro lado, a sua realização nas diversas áreas que compreendem a sua vida, ainda não aconteceu.
Infelizmente, muitas destas pessoas, acabam por se ‘contentar’ com a sua realidade de vida, pois ainda não têm a Visão de Deus para a sua vida.

“Então, chegaram a Betsaida; e lhe trouxeram um cego, rogando-lhe que o tocasse. Jesus, tomando o cego pela mão, levou-o para fora da aldeia e, aplicando-lhe saliva aos olhos e impondo-lhe as mãos, perguntou-lhe: Vês alguma coisa? Este, recobrando a vista, respondeu: Vejo os homens, porque como árvores os vejo, andando. Então, novamente lhe pôs as mãos nos olhos, e ele, passando a  ver claramente, ficou restabelecido; e tudo distinguia de modo perfeito. E mandou-o Jesus embora para casa, recomendando-lhe: Não entres na aldeia” (Mc 8.22-23)

Por que motivo lhe ordenou que não regressasse à aldeia? Porque esta aldeia representa a cegueira espiritual. Naquela aldeia estavam pessoas que o tinham conhecido como cego. Com certeza que ele não nascera cego, ele tinha visão, só que, com o passar dos anos, ele foi ficando cego. E não é isto que tem acontecido com muitas pessoas? Pessoas que, um dia tiveram paz, saúde, prosperidade, um casamento feliz, uma família harmoniosa estavam bem espiritualmente, mas por se terem deixado envolver com pessoas incrédulas, com segundas intenções, negativas, acabaram por se tornar cegas.

E o Senhor Jesus sabe disso, tanto que se não fosse verdade, Ele não teria retirado o homem da aldeia. Quando o Senhor Jesus questionou o cego, dizendo: “Vês alguma coisa?”, por outras palavras, estava a dizer, “quem der ouvidos à minha Palavra, quem crer na minha Palavra, vê a vida como Eu vejo; vê o casamento como Eu vejo; vê a vida profissional, económica, espiritual como Eu vejo…”, pois é a Palavra de Deus que nos dá visão. Existe uma grande diferença entre a maneira de Deus ver, a nossa maneira de ver e a maneira de o mundo ver.

Aquele homem recebeu uma nova visão, a de Deus, segundo o que o Senhor Jesus poderia fazer por ele e não segundo o que mal destruíra ou o que os outros poderiam fazer. “Este, recobrando a vista, respondeu: Vejo os homens, porque como árvores os vejo, andando.” Numa primeira abordagem, aquele cego não recobrou totalmente a visão, era uma ‘obra incompleta’, todavia, quando o Senhor Jesus lhe tocou novamente, aquele homem passou a ver claramente, ficando completamente restabelecido, distinguindo tudo de modo perfeito. Mas, para manter a sua visão recém-adquirida, ele teve que fazer uma coisa: “não voltar a entrar na aldeia”, pois esta era a única maneira de não tornar a ‘cegar’.

Comprometa-se a fazer quatro coisas:

1º Deixe-se guiar pelas Mãos-Palavra do Senhor Jesus;
2º) Saia da aldeia, tradições, rotina, acomodação;
3º) Seja sincero e diga se está a “ver” ou não;
4º) E, por último, não aceite perder a sua visão-milagre por voltar a envolver-se ou deixar-se influenciar por pessoas incrédulas, que não têm nada a acrescentar à sua vida espiritual e moral.

 

Te vejo na IURD, ou nas Nuvens!
Bjf

Anterior

31 agosto

Seguinte

01 de Setembro


21 comments
  1. Fábio Medeiros- FJE açores

    Grande mensagem de Fé!!!

  2. Junior Figueiredo

    Boa tarde bispo, Quando olhamos somente para os nossos objectivos, descartamos tudo aquilo que está ao nosso redor para nos deitar a baixo e somente olhamos para Aquele que pode fazer tudo aquilo que almejámos. Quando a pessoa deixar de olhar para o seu objectivo, ela começa a olhar para aquilo que está ao seu redor e acaba se acostumando com a vida que tem e não acredita que possa chegar além daquilo em que ela vive. O Criador pode acreditar em mim, os amigos e familiares, mais se eu não acreditar que sou capaz, não adianta de nada todos acreditarem. Se DEUS insiste, temos que insistir também. Um abraço bispo.

  3. Pâmela Escouto

    Olá Bispo, estas palavras foram edificantes, retornar para aldeia é se comportar como o cachorro que volta para o vômito ou a porca que depois de limpa retorna para a lama. É deixar para trás tudo o que ganhamos na presença de Deus, é viver uma vida seguindo a nossa própria direção, sem rumo e sem orientação!

  4. Marcos Costa - Paredes

    Bom dia Bispo, realmente nos depois de deixarmos a cegueira na podemos voltar a ser os mesmos que fomos quando éramos cegos assim, assim éramos nao o queremos voltar a ser. Temos que vigiar.

  5. Ricardo Arcanjo

    Muito Obrigado!

  6. Márcia Sousa - Paredes

    Boa noite Sr. Bispo! A verdade é que a visão de Deus não se compara com a nossa! Por vezes somos nós mesmos que limitámos o poder de Deus nas nossas vidas, por ouvirmos as vozes negativas à nossa volta ou por nos acomodarmos à situação em que vivemos. Contentamos-nos com a situação que vivemos, ou com as melhoras que alcançamos e não progredirmos. Deus tem coisas maravilhosas e extraordinárias para nós. Mas como aquele cego temos que estar dispostos a obedecer, mesmo que isso vá contra a nossa vontade. Por vezes o facto de ouvirmos as vozes e opiniões dos outros tomámos decisões e atitudes baseadas nisso, e acabam por ser escolhas erradas. É importante definir um foco e não deixar que nada nem ninguém nos desvie dele. A verdade é que muitas vezes quis fazer as coisas do meu jeito, e Deus tem algo tão grande para mim, e eu insistia em fazer as coisas da minha maneira porque não conseguia ver como Deus via. E acabei por me dar mal. Mas sempre temos uma oportunidade, só temos que ser sinceros, mostrar quem somos e a nossa real condição e estar dispostos a obedecer e a sacrificar em prol do nosso objectivo. Obrigada pelo post.

  7. vitor paredes

    Boa noite Este post é muito interessante sr.bispo nos faz ver se de facto estamos cegos ou se vemos e se ha coisas nos cegando entao temos de arrancar tudo o que nos cegos para vermos as bencãos de Deus.

  8. Patrícia Ribeiro e Tiago Brito - Paredes

    Boa noite: Nós também estava-mos cegos, mas apesar de estar-mos a pouco tempo na igreja Deus está-nos a dar muitas vitórias, com a força que deus nos esta dando vamos alcançar tudo que desejamos para o nosso futuro. Tudo isto custa muito, mas por fim realizamos todos os nossos sonhos para honra e gloria de nosso deus. Obrigada Sr bispo. Que Deus o abençoe

  9. Isabel Gomes - Paredes

    a mesma situação estava a acontecer na minha vida, pois já não tenho o peso da opressão á qual tinha quando entrei na igreja, mas, com o passar do tempo, a acomodação foi tão grande que em nenhuma área da minha vida havia progredido, agora não só a minha visão se abriu, mas também Deus me dá sabedoria e direcção para mudar, e como o Sr. falava só com atitude se alcança, pois até aqui simplesmente contentei-me em ouvir, um erro que custou muito caro.

  10. Cláudia Silva

    Boa noite, Bispo achei muito interessante ,porque uma pessoa se acomoda quando deixa de ter foco,e isso acontece quando se fica cego ( deixamos de ver o nosso objectivo e olhamos para o que nos rodeia ou então dá-se ouvidos a terceiros).Pode até não se dar conta na hora mas irá se perceber numa futura análise de nós mesmos,por isso Deus disse para vigiar-mos. Obrigada,Deus abençoe o Sr.Bispo

    • Cláudia Silva

      *Paredes

  11. Aurora Moreira-Paredes

    Boa noite Sr. Bispo. Gostei muito deste estudo. Achei esclarecedor e orientador para a minha vida espiritual. Que Deus o abençoe muito.

  12. Elsa Gomes - Paredes

    Boa Noite, Sr. Bispo! Comigo aconteceu o mesmo, quando cheguei há igreja os meus olhos foram abertos, mas como ainda dava ouvidos aos que os outros diziam ou ao que eu pensava certo, demorei a aceitar a nova visão que o Senhor Jesus me quis dar. E por isso andei chega por muito tempo, e quando não existe visibilidade, fica-se vulnerável para tropeçar, cair, e isso foi o que aconteceu comigo... E tal como aconteceu com o cego eu tive a chance de voltar a ter a Visão que Deus quer dar. E claro que para continuarmos a ver, temos que obedecer ao que Deus nos diz. Boa noite, Deus o abençoe.

  13. Marcelo Carneiro-Paredes

    Boa Noite Bispo. É de facto um inspirador estudo. Durante tempo demais andei "cego" e dei-me mal com isso, mas agora caiu-me a ficha e estou a andar no caminho certo. Bem haja!

  14. Tiago Dias - Paredes

    Boa Tarde Sr. Bispo! Bom o estudo que o sr postou é muito interessante. Para mim vem de acordo com algo que um obreiro passou para mim estes dias, que a obediência é muito importante. O mesmo aconteceu com o cego, é certo que Jesus o pegou pela mão, mas se dentro dele não houvesse um querer, uma vontade de mudar ele não iria, ou então, na primeira imposição de mãos ele desistia porque não viu resultado, mas ele confiou em Jesus, mesmo não vendo sabia que só Ele o podia ajudar. As vezes reclamamos por não recebermos nada quando pedimos logo, mas também é Deus a ver a nossa Fé e saber se somos ou não perseverantes. E quando Jesus lhe disse para não voltar a aldeia, ele obedeceu porque sabia que voltando a aldeia ia voltar ao mesmo. Por isso é que a OBEDIÊNCIA é muito importante.

  15. Laurinda Gonçalves - Paredes

    Sr. Bispo com respeito ao seu estudo faz-nos parar para pensar se realmente estamos a ouvir a palavra de Deus ou não... Com respeito à minha visão, mesmo dentro da igreja não conseguia atingir algo grande,mas sendo sincera perante Deus pedi-lhe para me mostrar a grandeza que Ele queria na minha vida, e a minha visão mudou! Agora não podemos ficar com a visão e parados, temos que agir! Tenho que estar vigilante para não retroceder e cometer o mesmo erro de me limitar perante o poder de Deus!

  16. patricia alvarenga de albuquerque

    Olá bispo, muito direto este post e vou dizer das quatro tarefas a que menos vemos o povo a fazer infelizmente é a quarta. Tristemente a maioria do povo que se diz cristão se mescla com o mundo. Fique com DEUS Patricia

  17. Boa Tarde Sr. Bispo , muito interessante este estudo, realmente temos que nos afastar de tudo aquilo que nos impede de ver a grandeza de Deus e buscar a visão que o nosso Deus tem para a nossa vida.

    • isabel ( paredes)

      Boa tarde : Também eu estava cega e agora Deus me está dando visão. Só quando começamos a ver com os olhos de Jesus e que se da a transformação. Um processo doloroso mas essencial . Obrigada Sr bispo. Que Deus o abençoe .

  18. Fernando

    Boa tarde, Bispo! Deus não faz nada incompleto, se algo está incompleto em mim é porque não estou a deixar Deus terminar a obra d'Ele na minha vida, como? agindo no sentimento! querendo agradar a pessoas, ainda que por medo, pois infelizmente muitos vivem na dependência de alguém e vai continuar, se não usar a fé inteligente ainda que perdendo aqui mas ganhando lá na frente! a proposta do Senhor é bem clara,"E mandou-o Jesus embora para casa, recomendando-lhe: Não entres na aldeia" o que fazia o cego continuar cego era a influencia negativa e religiosa da tradição e dos incrédulos, mas, estando ele neste meio, o que fez ele ver? a fé e a obediência a palavra de Deus.

  19. João Marques (Portugal)

    Bispo, eu gostei deste estudo. Quando nos guiamos esclusivamente pela Palavra de Deus, nós vamos longe, mas quando nós ficamos dentro da aldeia (aquilo que a religião e os outros falam), nós vamos ficar para trás.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.