Mensagens

Bombardeados por mensagens

24 de Dezembro 2012

Bombardeados por mensagens

“Tanto Deus, como o diabo, trabalham com a palavra, mas a pessoa submete-se a quem quiser. A quem eu me submeter irei servir, e a minha escolha trará consequências boas ou más.”

“É uma pequena mentira que não vai fazer mal a ninguém…”; “Ajuda-a a encontrar a
solução…”; “Tu tens os teus próprios problemas, não precisas de carregar os dos outros…”; “Se não fizeres nada ela vai acabar por se matar…”.

Todos os dias somos bombardeados por mensagens que, na verdade, são argumentos, que provocam pensamentos, que, por fim, nos estimulam a fazer escolhas. Todas as opções estão diariamente, como um leque, diante de nós, à espera que escolhamos. Muitos acreditam piamente que a única saída é apenas aquela que conseguem vislumbrar, mas isto é só porque o seu espírito está condicionado, afetando a sua visão e, consequentemente, a sua capacidade de escolha. Todavia, muitos enganam-se em duas questões fundamentais:

1º Não refletem sobre o resultado das suas escolhas;
2º Acreditam se nada fizerem o problema desaparecerá como que por milagre.

Todavia, isto é um dos maiores engodos, pois se você não tomar uma decisão acontecerá o pior: alguém decidirá por si!

Te vejo na IURD, ou nas Nuvens!

Anterior

23deDezembro

Seguinte

24deDezembro


17 comments
  1. Thais Argueles

    Ola Bispo realmente,ou damos ouvido a voz de Deus ou a voz do Diabo as nossas atitudes mostra a quem temos ouvido ,e cabe a nós tomarmos atitude para agir do modo certo que é de ouvir a voz de Deus. na Fé Thais

  2. vinícius santos

    legal bispo,isso me ensinou muito é realmente tudo que ouvimos nos faz a fazer escolhas,e, se fizermos a escolha errada tendemos a cair. por isso em tudo temos que ver se enquadrinha na palavra de Deus.Deus abençoe o senhor Bispo!

  3. Paulo

    Confiar somente em DEUS e obedece-lo através da prática da sua palavra!!!

  4. RÉGIA MELO -PA

    a escolha das palavras que falamos sempre tem dois lados o que mata e o que aviva prova disso são todos esses ensinamento que recebemos dos pastores da i.u.r.d pois através deles tem acontecidos muitas almas salva e multidões livres de doutrinas religiosas .

  5. António - Ovar

    A escolha do Bem ou do mal é uma opção que só nós podemos tomar. E a partir daí vamos colher os frutos (bons ou não) dessa decisão.

  6. Joana - Ovar

    Tudo o que plantamos nós colhemos. Por exemplo, se plantamos batatas é impossível colher cebolas. Da mesma forma acontece na nossa vida. Cada decisão tomada levamos a plantar diferentes coisas e, por conseguinte, colher coisas positivas ou negativas.

  7. Vitor / Salvador do Sul-RS

    Um dos maiores poderes que o ser humano tem é o poder de ESCOLHA.O diabo sempre enviará os seus maus pensamentos,mas cabe a nós aceitar ou não!

  8. João Marques (Portugal)

    Eu li o novo livro do bispo Macedo e uma das várias coisas que me chamou a atenção foi que no inicio o bispo tinha um objectivo (pregar o evangelho), ele sabia o que queria, mas era precisamente dentro da igreja que vinham as vozes negativas. As vozes que vêm dos incrédulos têm um peso, um crédito diferente daqueles que vêm de dentro da igreja. Nós temos que ser determinados, temos que saber onde queremos chegar e como lá chegar. Não são os outros sejam de fora ou dentro da igreja que vão mudar o método de lá chegar (apesar de tentarem).

  9. Anabela - Ovar

    Quando nos tornamos adultos ou independentes, somos nós que fazemos as nossas escolhas, por isso, podemos dizer que temos o (poder) em nossas mãos. É lógico que o que vamos colher depende da decisão que tomarmos...

  10. Ana - OVAR

    Toda a nossa vida está assente em decisões. E estas decisões são provenientes de diferentes escolhas. Temos sempre imensas opções mas, para optar pela acertada, é preciso olhar “além do natural” e usar a razão e a inteligência, em detrimento do coração e das emoções. Só assim, temos a certeza de que, venha o que vier, estamos a seguir o caminho certo, o caminho que nos levará a uma total e completa realização.

  11. jane(Cenacúlo Del castilho)

    Boa noite,Bispo! DEUS nos dá o livre arbitrio,para escolhermos o caminho do bem ou do mal.Se a nossa escolha for para o bem ,então colheremos coisas boas,mas se for para o mal com certeza colheremos coisas ruins.Na fé.

  12. Reginaldo Campelo

    Muito forte bispo!

  13. Eliezer Rangel (Matosinhos - Portugal)

    O que é fato Bispo, é que ao me submeter a uma palavra (seja A de Deus ou do diabo), eu estou a tomar uma decisão muito importante e séria na minha vida, pois se escolher o mal, automaticamente me torno escravo (do diabo), no entanto, se escolher o bem me torno servo (de Deus). O mais forte de tudo isto, é que todo o poder de decisão, esta nas minhas mãos.

  14. Isabella Barboza

    Olá Bispo! Não só o que o diabo põe na nossa cabeça se não também o que os meios de comunicação tenta nos influir e nos levar a atitudes erradas que só nos levaram a destruição. Acho que uma das piores influências e frases de todos os tempos é: ''Escuta o teu coração, ele te levará ao caminho que vc deve seguir''-- AHHHH! que enganaçãoo!! Um abraço:)

  15. Magda

    Se a pessoa usar a fé inteligente, ou seja, o raciocínio, as suas escolhas são fundamentadas na Palavra de Deus, por isso não toma a escolha errada. Logo, isso vai trazer benefícios e não consequências para o espírito. Mesmo que se levantem problemas, Jesus disse: Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. João 14.27 A quem você se vai submeter?

  16. Carlos- Ovar

    É das escolhas que se define o rumo da nossa vida. Temos sempre varias opções de escolha. Uma escolha errada, po algo por vezes que parece inocente, vem na realidade desenrolar-se e revelar-se, a escolha errada, que nos levará ao destino indesejado.

  17. Carlos Velasco - Ajuda

    A escolha é como uma semente, se plantarmos mal, iremos colher mal, mas se plantarmos bem iremos colher bem, mas sempre colhemos o fruto do que plantamos. Quando se faz uma escolha consciente, os problemas veem mas não afectam, mas quando a escolha é feita ao contrário (sem consciencia), qualquer comentário abala. Temos de refletir em cada escolha que tomamos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.