Mensagens

As obras falam por si…

19 de Outubro 2016

As obras falam por si…

Quando afirmamos algo como sendo verdadeiro, é natural que quem nos escute acredite… todavia, para quem é mais experiente nestas andanças da vida, é sabido que mais do que dizer, importa fazer…

O mesmo princípio se aplica às coisas de Deus, ou seja, a espiritualidade de alguém é apenas conhecida pela sua disposição em Sacrificar espiritualmente e materialmente para Deus, de forma voluntária.

Quem diz crer, mas não Sacrifica, se engana. Porque não existe relacionamento com Deus através dos pensamentos, sentimentos, emoções ou palavras, pois foi, é, e sempre será necessário que haja obras, que dizer, a Fé-Viva acompanhada de atitudes de Sacrifício.

São os Sacrifícios-Voluntários que materializam e exteriorizam a nossa confiança, obediência e dependência de Deus e aqui não há o lado humano-sentimento, apenas o espiritual-entrega, manifestado através da sua e da minha Fé-Viva.

Te vejo na Universal ou nas Nuvens! 


Deus é contigo, e nós também!
Bjf

Anterior

19 outubro

Seguinte

20 outubro


2 comments
  1. Emerson Ferreira

    A bíblia é cara quando registra que "porque é poderoso quem executa as suas ordens" (Joel 2:11), sendo assim, mais poderoso do que os que conhecem a palavra de Deus, frequentam a igreja ou fazem suas atividades espirituais, são aqueles que obedecem a Palavra de Deus. Para que se obedeça ela, então se deve negar a si mesmo, a exemplo de Abraão que aceitou o pedido de Deus em sacrificar seu único filho a qual ele amava. Ele apenas não decidiu sacrificar o filho, mas quando aceitou obedecer a Palavra de Deus, ele sacrificou os seus sentimentos.

  2. Clayton Silva

    Olá bispo Júlio, Uma abençoada Quarta-feira! Assim como as nossas reações mostram a nossa condição. As nossas atitudes ou seja os nossos sacrifícios também mostram a nossa confiança, obediência e dependência total de Deus. Fico agradecido. Saudações.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.