Mensagens

As “duas pernas” do Justo

18 de Março 2016

As “duas pernas” do Justo

Quem se apoia numa só perna, cedo ou tarde, vai-se cansar, desequilibrar e, eventualmente, cair…

Ele ficou de pé… e teve a coragem de fazer o que dificilmente algum ser humano teria: questionar a Deus!

“Longe de Ti o fazeres tal coisa, matares o justo com o ímpio, como se o justo fosse igual ao ímpio; longe de Ti. Não fará justiça o Juiz de toda a terra?” (Gn 18.25)

Dizia Abraão a Deus o que pensava sobre o que Ele estava prestes a fazer: destruir Sodoma e Gomorra.

Ele teve a ousadia, a intrepidez e a coragem de ficar de pé e perguntar se Deus estaria mesmo prestes a destruir o Justo, juntamente com o ímpio.

E por que motivo teria Abraão falado com Deus daquela maneira? Porque, ele mesmo, também era Justo! E se ele, sendo um homem pecador, falho, mas justo, sabia discernir o que estava para acontecer… quando mais o Senhor.

Mas, o que seria ser justo diante do Senhor? A exemplo de Abraão, era viver a Fé-Consciente e Sacrificial, acompanhada de revolta! A vida de Abraão foi acompanhada de sacrifícios!

Minutos antes, Abraão acabara de receber a notícia da parte de Deus de que dali a 1 ano seria pai, e, ao invés de estar a exultar de alegria, de estar em ambiente de comemoração, tudo o que Abraão pensava era “… mas eu sou Justo… como posso pensar em comemorar a minha vitória se sei que o meu sobrinho e a sua descendência será toda queimada viva juntamente com os ímpios?”…

Esta é a dor, a revolta que está no coração do homem e da mulher de Deus, dos servos do Deus-Vivo, pois eles vivem na Fé-Sacrificial e na Revolta! Estas eram as duas pernas que mantinham Abraão de pé diante de Deus! Ou seja, não bastava a Fé, era necessária a Revolta! Pois uns mantêm-se equilibrados sobre uma destas pernas, mas apenas o conseguem durante algum tempo, pois rapidamente tropeçam e caem, já que uma não se sustenta sem a outra!

Tal como a Fé-Sacrificial, a Revolta tem que ser exercitada, ela não pode esmorecer. E foi, precisamente, isso que Abraão fez: ele não permitiu que a sua Revolta esmorecesse! E ele sabia bem o que estava a fazer, pois não era um rapazinho imaturo e sim um senhor com 100 anos de idade!

Sodoma e Gomorra estava condenada e Abraão, nos momentos que antecediam esta destruição, colocou-se de pé, diante do Senhor, para interceder pelo Justo, facto que revelou que ele não estava coxo e sim que estava bem equilibrado nas suas duas “pernas”: a Fé-Sacrificial e a Revolta!

E você, como está? De pé ou coxo na Fé?

Deus é contigo, e eu também!
Bjf


89 comments
  1. stefhany stivani

    Quando estamos na Fé,quando somos féis,nós temos moral para ficar de pé e cobrar justiça perante a Deus,por que o sacrificio fala por si só!

  2. Daniele

    Abrãao tinha uma fé sacrificial e tinha direito de cobrar de Deus pois o obedecia e era fiel. Assim temos que ser hoje, obedecer a palavra de Deus e sermos fiel até mesmo no pouco para que Deus possa confiar o muito em nossas mãos.

  3. Paloma Oliveira

    E esta foi a Fé de Abraão, pois se encontrava justo diante de Deus, por isso a importancia de termos as duas pernas.

  4. Jéssica

    A Fé e a Revolta são o que nos mantem firmes na presença de Deus.

  5. As duas pernas são a fé e a revolta, uma não pode andar sem a outra porque se cansa e não traz resultado algum , Abrão questionou a Deus justamente porque ele tinha uma fé- sacrificial que lhe dava direitos e depois por sua revolta de não aceitar exerce uma Fé num Deus tão grande e ver seu sobrinho morrendo junto com os injustos se servisse ao diabo. Temos que ter a fé- sacrificial que nos faz saber que somos justos e a revolta pra cobrar a justiça de Deus

  6. Rayane Aguiar

    A Fé sacrificial e a Revolta, são as duas pernas que nos mantem equilibrados para permanecermos firmes na fé. Uma depende da outra, principalmente para que diante das lutas e obstáculos possamos nos manter de pé.

  7. ana

    As duas pernas que nos mantem equilibrado na fé pode acontecer oque for mas com esse equilíbrio nos mantem fortes e confiantes que Deus vai trazer força e solução pra tudo

  8. Marizene Queiroz

    Para recebermos a justiça de Deus, temos que ser justos primeiro, viver na pratica da mesma, assim conseguimos unir tanto a fe sacrificial quanto a revolta, temos que andar com as duas pernas nao somente com uma.

  9. Maria das Graças Lacerda

    A fé sacrificial e a revolta os dois pilares da vida do cristão...manter o equilíbrio não é fácil mas pra nós que somos do fé é impossível viver sem exercitar esses dois músculos vitais.

  10. Jolyene Pinheiro

    Uma depende da outra: a Fé Sacrificial e a Revolta, principalmente diante das situações que muitas das vezes nos encontramos, se tivermos Fé e formos acomodados de nada adianta. Por isso as duas tem que andar juntas!

  11. Bruna

    Fé e Revolta sempre andam juntas, até porque uma pessoa que diz ter fé e não é revoltada contra a situação, não conquista nada, tem uma fé somente da boca para fora, uma fé sem obras, e essas obras nada mais são que o sacrifício em favor do que se conquistar.

  12. Jadna Lima

    Revolta e fé move o poder de Deus em nossas vidas, quando estamos firme na fé e somos justo diante de Deus não tem como Ele não nos abençoá.

  13. A revolta nasce quando estamos sem saída e do nosso interior sai um grito preso que faz Deus descer ao nosso favor.Então surge uma força do próprio Deus para superar no espírito o que for ,pois tudo é na fé. Garantia de uma vida com Deus, se não for assim não temos direção ficamos divididos entre conselhos sem resposta certa.

  14. EDUARDA

    MUITO BACANA ABRÃAO TEVE A OUSADI DE FICAR DE PÉ DIANTE DE DEUS PORQUE ELE ERA JUSTO, PORQUE ELE NÃO APENAS TINHA FÉ, MAIS TINHA FÉ MAIS REVOLTA.

  15. Aline Caroline

    Amém

  16. Débora Mendes

    Agora posso ver que para uma vida equilibrada é necessário andar com as duas pernas para chamar a atenção de Deus e fazer a diferença acontecer .

  17. odete siuvana

    a resposta e viver com a fe sacrifiçial viver no altar e ter fe em deus pos ele nos respondera como respondeu a abraao

  18. lene do carmo correia dos santos

    temos que ser como abraao ter em nos essa revolta e viver de sacrificio pos so assim nos manteremos de pe,

  19. priscila do carmo dos santos

    temos que ter as duas pernas pois nao consegiremos nos mante de pe por muito tempo, somente com uma perna e as duas pernas sao a revolta

  20. Nayara Vidal

    É impossível nos manter de pé diante de tantas dificuldades que enfrentamos no mundo sem estarmos apoiados nos dois pés. Temos que sempre exercitar a Fé-Sacrificial e a Revolta !

  21. Giselle Pereira

    Para estar de pé e não coxo na fé tenho que manter a Fé Sacrificial + a Revolta= Resposta.

  22. Inês Costa

    Devemos andar em apoio a fé sacrificial e na revolta, pois não adianta só andar com a fé sem agir com a revolta.,pois a revolta é atitude, e fé e revolta andam juntas,Abraão venceu pela fé, pela revolta e obediência a Deus,por isso que falou com Deus de pé, pois estava alicerçado na fé e na revolta, por que ele dentro de si sabia que Deus é justo e não iria ser injusto com um justo que vivia na fé e na obediência a sua voz.

  23. roberta

    É importante ter fé sacrificial para não ser religioso, pois Deus não é alma para Se sensibilizar com tristeza, desespero, choro, etc. Ele reage à revolta, por isso mudou Seus planos quando Abraão indignado O desafiou. Admirável essa fé. Pensava que a revolta era apenas uma qualidade que alguns tinham, mas percebo que ela é tão necessária quanto à fé.

  24. Orivaldina

    Pode entender através dessa palavra que até tenho vivido a fé sacrificial,mas não tenho mantido de pé sem esmorecer, pode entender que falta mais revolta.

  25. flaviane oliveira

    temos que viver a Fé Consciente e Sacrificial essa fé agrada a DEUS

  26. Eliza Ferreira

    Fé em equilíbrio, para se chegar a um objetivo se faz necessário essa caminhada em que um passo é com Deus e o outro com nós, em retidão e sinceridade, em desafios e batalhas cujo a obediência a Palavra de Deus, trás resultados para nossas vidas.

  27. Lais Santos

    Devemos estar sim apoiados com as duas pernas,estarmos equilibrados, não pelo lado físico mas pelo espiritual...porque uma depende da outra: a Fé Sacrificial e a Revolta, principalmente diante das situações que muitas das vezes nos encontramos se tivermos Fé e formos acomodados de nada adianta, não podemos ser coxos para nos apresentar a Deus, para apresentar as nossas suplicas necessidades... Temos como exemplo Abraão!

  28. Sidney Belmont

    A fé que agrada a Deus não é uma fé pacífica ,mas uma fé revoltada contra o mal contra injustiça.

  29. Vitória Belmont

    Agora posso ver que para uma vida equilibrada é necessário andar com duas as pernas para chamar a atenção de Deus e fazer a diferença acontecer.

  30. lucia paula

    por muitas vezes permanecemos equilibrando em uma só perna quando caímos não percebemos o porque, mas no fundo sabemos que se não andarmos com as 2 pernas em vão será nossa caminhada rumo a salvação eterna.

  31. Débora Batista

    Temos que conciliar a Fé-Sacrifical e a Revolta. Sem as duas não há como permanecer de pé.

  32. Wheryka

    Quando não andamos com fé e revolta,são elas que nús mantém de pé para prosseguir diante das dificuldades da nossa vida,ter só fé não basta,a fé sacrifícial e a revolta trabalham juntas.

  33. jessica

    assim temos que viver hoje pela fé e revolta, só assim alcançamos a promessa de Deus.

  34. Janaina Bordin

    Se sem fé é impossível agradar a Deus , imagina se manter de pé se a fé não for colocada em pratica !!! Fé e Revolta, as duas pernas que mantem o ser humano realmente de pé .

  35. Mirelly Lacerda Pinheiro

    Realmente, sem Fé e revolta o cristão não subsiste. Não subsiste porque sem essas duas pernas ele fica acomodado, e a fé morta não funciona, é inoperante. O resultado de uma fé inativa é a perda do bem mais precioso: a Salvação.

  36. Las dos pienas espiritualmente es la fe sacrificial la de actitud y la indignacon que no asecta la derrota la vergüenza con las dos alcanzar la victoria.

  37. jeisa

    Temos que andar na Justiça,para que o JUSTO JUIZ possa nos ajudar na hora que precisamos mas.Ser JUSTO e viver a FÉ-Consciente e Sacrificial ,temos que ser revoltado,temos andar com os dois pé no chão pra se equilibrar e igual Fé Sacrificial e revoltada.Sem revolta a Fé não basta

  38. Elaine Cristina

    Temos que se revoltar com a situação que não aceitamos mas só podemos cobrar justiça da parte de Deus quando somos justos temos que ter nossa fé sacrificial e consciente.

  39. ANA PAULA

    isso nos ensina que nao devemos nos apoiar mais numa perna so e sim bem equilibrado nas duas pernas.

  40. Kerline N. Ferreira

    Nos temos que andar equilibrado com as duas pernas ,a Fé sacrificial e a revolta, pois em nem um momento anda com uma só, pois só com uma ,não temos o direito de exigir nada do Deus vivo.

  41. Itamares Lima

    A Fé-Sacrificial e a Revolta andam juntas são duas pernas que nos dão equilíbrio e se uma faltar então ficamos coxos.

  42. jeisa

    temos que andar na Justiça ,para que o JUSTO JUIZ possa nos ajudar na hora que mas precisamos.Ser Justo e viver na Fé-consciente e Sacrificial ,e temos que se revoltados ,temos que andar com os dois pé no chão pra se equilibrar e igual a Fé -sacrificial e revoltada,sem revolta a fé só não basta

  43. Cibele

    A nossa fé tem que ser ligada a Revolta, pois é ela que faz acontecer o impossível, nos dá coragem para tomar atitude diante dos problemas. Este post me fez refletir como vem sendo a minha postura diante das situações difíceis do dia dia.

  44. Isabella

    Muito forte. Temos que ser assim como Abrão termos a fé e a revolta, elas tem que andar juntas. Exercer diariamente. E ser fiel pois assim podemos cobrar a justiça de Deus

  45. Carmem

    A revolta e a fé tem que andar juntas, Pois não adianta ter a fé sem a revolta.

  46. Luana Braga

    Quando a pessoa é justa ela não quer apenas satisfazer seus sonhos, mas há nela a expectativa de ver a justiça Divina, pois sabe que esta é maior que qualquer um de seus objetivos.

  47. michelle Brito

    Quando usamos a fé damos um passo,e quando manifestamos a revolta ele se completa.

  48. Fany

    A exemplo de Abrãoo temos que viver a fé sacrificial e a revolta para que possamos viver a vida que Deus deseja para seus filhos.

  49. Ana lima

    Diariamente ouvimos que temos de usar a fé, não a fé emotiva, mas aquela que diante das adversidades não esmorece. Devemos estar atentos sobre qual fé temos manifestado.

  50. Daniele Oliveira

    Muito bom esse estudo Bispo, equilíbrio a chave do sucesso do justo, Fé e revolta.

  51. Allana Santos

    Muito forte! Quando vivemos em equilíbrio, andando com as duas pernas - fé sacrificial e revolta- assim como Abraão, somos justos diante de Deus, e assim temos moral para Lhe cobrar suas promessas.

  52. Mauro Lima

    Para nos agradamos a Deus temos que usar a revolta e a fe sacrificial para nos mantermos juntos diante Dele.

  53. Manuela mata

    É essa a fé que trás consigo a resposta de Deus pois se eu estou a ser justa e manifestar a fé sacrificial e a revolta de não aceitar o mal então o poder de Deus com certeza vai ser visto na minha vida.

  54. martinha

    Olá Bispo, de fato firme na fé, pois ela é quem nos sustenta e me da esta certeza de clamar e buscar Justiça de Deus..

  55. Janavy

    Quem anda na justiça precisa da Fé-Sacrificial e da Revolta, para que haja equilíbrio os dois devem ser exercitados, um depende do outro.

  56. Rosely silva santos

    Se andamos com as duas pernas:Fé-Sacrificial e Revolta deixamos de ser coxo na fé.

  57. João Paulo

    A justiça que estava dentro do ser de Abraão era tudo que lhe concedia Ousadia, Determinação e Fé, para questionar o Todo-Poderoso sobre a decisão que esta estava prestes a executar. E Deus por sua vez sendo Justo, soube ouvir e atender o questionário do Justo Abraão. Muito forte isto, parece que Deus não tinha noção do esta para fazer. Bispo, eu estou de pé! Boa noite senhor bispo

  58. Renata Baldim

    Para tudo na vida tem que haver equilíbrio, nada adianta pender somente para um lado ou para outro. Temos que ser justos diante de Deus para que possamos clamar e sermos atendidos por sua Justiça.

  59. Beatriz Ferreira

    Palavra para meditar, pois muitas vezes nos apoiamos apenas em uma perna e não entendemos porque não alcançamos a vitória. Vejo, que ou estamos com muita fé ou muito revoltados. E esquecemos que sem o álcool só o fósforo não ocasiona o incêndio. Vou unir os dois e correr em busca dos meus sonhos, pois passei muito tempo como "saci" pulando em uma perna só. Deus seja conosco.

  60. Rodrigo Leng

    Boa noite sr.Bispo, Duas coisas queria mencionar, a primeira refere-se ao facto de que quando nós temos a plena certeza que estamos a ser justos perante Deus, apesar das falhas que cometemos (não as de carácter), nós sentimo-nos no direito de cobrar de Deus, de o colocar á prova nos momentos de tribulação e exigir o cumprimento das Suas Promessas e nós próprios sabemos quando estamos ou não a ser justos, não há como negar, facto este que fez com que através da justiça de Abraão para com Deus pudesse então interceder por toda uma cidade que estaria por sua vez condenada.

  61. Vanessa

    Aqueles que são justo diante de Deus,tem como cobrar de Deus,abraão sabia a vida que ele tinha de sacrifício e revolta ,por isso se manteve de pé,não deixou se esmorecer pela situação.na nossa vida tem que ser assim Fé+Sacrifício+Revolta=Resposta!!!

  62. Luana

    Está aí o segredo para o sucesso de Abraão, a Fé e a revolta. Duas coisas q temos que exercitar constantemente. Quem faz uso disso se mantem de pé e sempre sabe que Deus vai cumprir Suas promessas mais cedo ou mais tarde.

  63. André Sousa

    Boa noite Sr. Bispo, Abraão foi ousado, porque ele não tinha nada a temer , ele sabia daquilo que ele era diante de Deus, um homem justo. Para que possamos ser ousados e intrépidos como foi Abraão temos de ter essa mesma solidez que ele tinha, temos de estar apoiados tanto na fé-sacrificial como na revolta, porque não há revolta sem sacrifício nem sacrifício sem revolta, e se estas duas "pernas" não estiverem juntas uma com a outra vão ficar saltitando e vão acabar por tropeçar e cair.

  64. Viviane

    Abraão era justo e revoltado e vivia a fé sacrificial,ele podia cobrar de Deus e assim temos que ser, pois se não formos justo e vivermos a fé como poderemos cobrar algo de Deus?

  65. Alexander Santos Lima. Cacém

    A fé sacrificial levamos a obedecer, e permanecer firme. Já a revolta não nos deixa acomodar e aceitar os problemas. Ela faz com que possamos ir além e conquistar. Essas qualidades faz-nos crescer e estabelecer com Deus.

  66. maria pinheiro

    Senhor Bispo eu ainda estou a subir degrau a degrau mas estou com a certeza e convicção ke estou a subir com as duas pernas numa fé consciente

  67. angelaalvesdealmeida

    realmente temos que estar firme com deus pois ele E perna todos quer ter mais infelizmente poucos a procura emborra deus quer estar com todos..

  68. Liliane

    Boa noite, sr. Bispo Assim como as duas pernas físicas nos fazem andar, correr e manter o nosso corpo em equilíbrio. Assim também são as duas pernas espirituais, quando agimos a Fé-Sacrificial e a Revolta nossa vida anda para a frente, nos faz correr rumo ao nosso objetivo e nos mantém em equilíbrio. E consequência desse agir alcançamos uma vida realizada e transformada. Deus abençoe o senhor e sua família.

  69. Naiara Oliveira

    Devemos usar a fé inteligente como neste exemplo das pernas, se usarmos uma que é a fé e não usar a outra que é a revolta nada adianta pois as duas só da certo JUNTAS COM A PRÁTICA.

  70. Rafaela

    Boa Tarde Bispo, entendo agora melhor que de nada adianta a fé sem a revolta, uma depende da outra para vencer, pois quando ajo a a fé tenho direitos posso cobrar assim como Abraão fez, pois se obedeço a Deus faço o que ele pede tenho que usar a revolta para cobrar o que por direito me pertence.

  71. Thaísa

    Deus jamais desampara os seus.Se somos justos para com Ele, Ele fará justiça na nossa vida.

  72. Thaísa

    Deus jamais desampara os seus.Se somos justos para com Ele, Ele fará justiça na nossa vida.

  73. Não tem como andar só com uma perna e não cair,pois para que as coisas andam tem que ser equilibrada

  74. Verdade eu já passei por esta experiência ,quando não há equilíbrio ,a pessoa desanima e fica com muitos pensamentos negativos na mente.

  75. Cláudia Assis

    Quando usamos a fé sacrificial e nos revoltamos é impossível ficarmos sem a resposta de Deus, pois Ele é o justo juiz.

  76. Daniela

    Quando falamos que uma pessoa é justa significa que: Ela vive pela fé racional+ sacrificial+ revolta. Os servos de Deus têm que viver a fé equilibrada, ou seja, ela tem que viver a fé, sempre sacrificando, no entanto, acoplado a fé mais o sacrifício tem que haver a revolta. Ambos devem ser praticados com frequência. A exemplo disso temos Abraão que com 100 anos de idade cobrou a justiça de Deus. Ele não era coxo na fé. Assim, também temos que ser.

  77. Temos que nos apoiar mas nossas duas pernas uma é a fé a outra a revolta. Se não usar a fé com a revolta nada acontecera temos que esta com as duas penas firmadas na justisa de Deus

  78. Yessica

    Muy fuerte es imposible tener una fe que funcione realmente si no existe en nosotros el sacrificio e indignación no llegamos a ningún lugar, debemos ser indignados espiritualmente y sacrificar día tras día para alcanzar los resultados si ponemos en práctica esta palabra y sacrificamos nos indignamos contra la situación y luchamos veremos los frutos de nuestra actitud entonces sacrificio + indignación= Vitoria

  79. Alice F Costa

    Assim como na nossa vida (fisicamente) precisamos estar apoiados com duas pernas, na nossa vida espiritual e a mesma coisa, necessitamos fazer uso das duas pernas, a Fé- Sacrifical e a Revolta, tem que haver exercício com elas. So podemos reivindicar esses direitos para Deus quando nos próprios somos justos, e não quando somos coxos.

  80. Alice F Costa

    Assim como na nossa vida (fisicamente) precisamos estar apoiados com duas pernas, na nossa vida espiritual e a mesma coisa, necessitamos fazer uso das duas pernas, a Fé- Sacrifical e a Revolta, tem que haver exercício com elas. So podemos reivindicar esses direitos para Deus quando nos próprios somos justos, e não quando somos coxos.

  81. Paulo Cabral

    Boa noite Eu tenho estado a viver a minha Vida Segundo a minha fe e sacrifcio, a fe leva - me a sacrificar e o sacrifcio leva- me a tomar atitude de coragem de negar o meu proprio eu e fazer a vontade de Deus.

  82. Mirela

    Ai esta a importância de Ser Justo para com Deus , usar da Fé alicerçada e a revolta inteligente.

  83. Adérito Diogo

    só alcançamos a justiça de DEUS se tivermos Fé-Sacrificial e Fé-Revoltosa são os elementos que nos justificam diante do Altíssimo.

  84. Victor

    Boa noite Sr.bispo E verdade bispo quando a gente está de pé a viver uma fé sacrificial e revolta temos todo coragem de questionario com deus porque deus não vai destruir o justo com ímpios porque nós temos praticado à justiça deus é justo enquanto que o ímpios tem praticado a injustiça

  85. Estela

    Boa tarde. Realmente para nos mantermos de pé precisamos estar bem fundamentados na fé e na revolta

  86. Robin - FJ Ajuda

    Boa noite Bispo, Muito forte esta mensagem. Realmente é impossível ter uma Fé que funciona devidamente sem esses dois elementos: Sacrifício e Revolta. Quem é revoltado está disposto a sacrificar para alcançar resultados e quem sacrifica é porque está revoltado com a situação e decidiu tomar atitudes para que a mesma mude. Sacrifico e Revolta são os dois elementos para que sejamos realmente Justos.

  87. Clayton Silva

    Uma abençoada noite bispo Júlio e á todos. Certamente que de pé, e revoltado sim contra toda e qualquer injustiça. Deus sabedor de todas as coisas sabe bem que como ser humano, somos falhos e pecadores, porém quando manifestamos por meio de uma revolta a fé inteligente com justiça, Ele se manifesta em nossa vida. Fico agradecido. Saudações.

  88. josy

    Muito forte,a fé e a revolta tem que ser as duas pernas que devemos ter,uma depende da outra para que a justiça de Deus aconteça em nossa vida.

  89. vnicius

    Ai esta a importância de Ser Justo para com Deus , Porque como abraão falou para Deus que ela longe de Deus fazer tal coisa matar o justo com o impio , e se seguir fazendo o que é certo justo perante Deus , quando vim a injustiça e clamar a Deus usando a fé e a revolta , Deus fazera justiça pois ele é o justo juiz

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.