Mensagens

Ao sabor da corrente?

7 de Fevereiro 2012

Ao sabor da corrente?

“ A pessoa revoltada não consegue ficar estática perante a sua trágica situação…Sim! Porque só se revolta quem não se resigna, aquele que diz: Basta!!! Eu não estou neste mundo para ser mais um na multidão…”

O indivíduo revoltado normalmente é inconformado em relação às adversidades da vida. Não se resigna com a escassez, com uma família destruída, com enfermidades no seu corpo e nem que os seus sonhos estejam adormecidos. O seu espírito é de luta e sacrifício. Basta é uma palavra pouco usual na sociedade dos dias de hoje, pois o que mais temos presenciado é a plena aceitação em relação às contrariedades da vida.

Já parou para pensar na diferença que faz uma pessoa no meio de uma multidão? Talvez a sua resposta seja: nenhuma. A pessoa conformada não faz diferença nenhuma no meio da multidão, pois a sua vida será igual ao pior dos que estão à sua volta; mas a pessoa revoltada, ou inconformada, fará uma grande diferença no meio da multidão, pois a sua vida além de ser um exemplo para os outros, será um reflexo de que vale a pena viver e viver uma vida de qualidade!

Tem dado um basta nas contrariedades da vida ou tem-se deixado levar ao sabor da corrente?

Mensagem extraída do Livro
“Direto no Alvo”
, de Júlio César L. Freitas


9 comments
  1. Vânia FJ ALMADA

    Uma pessoa revoltada, ela não aceita o que está passando, porque se está revoltada, é porque passa por injustiças ou tem vivido uma injustiça ! E a pessoa revoltada no meio da multidão, faz a diferença ! Ela não olha para os outros, mas olha para o seu problema, revolta-se e vai em busca da solução daquela injustiça, ou seja, ela vai atrás do que tem que se cumprir na sua vida.

  2. ana caroline

    Basta é somente isto que tenho a dizer!!!!!!!!

  3. É verdade bispo, a revolta faz-nos diferenciarmos da multidão. E não só, mas também mudar o cenário que nos rodeiam, pois as maiores revoluções de nossa história, sempre partiu de um revoltado, que não aceitou se levar pelo sabor da corrente!

  4. Patrícia

    Sim Senhor Bispo, na revolta contra tudo o que nos acomoda, e não nos deixa crescer! Na fé

  5. Boa tarde, bispo! Estamos vivendo esse espírito de revolta inteligente, de quem não se conforma com a situação vigente e tem lutado sem cessar para vencer as adversidades. Na Terapia do Amor em Montes Claros - MG - Brasil, a revolta isenta de emoções faz parte dos ensinamentos aprendidos por todos que desejam vencer, não só na vida sentimental, mas também em todas as outras áreas. Bispo, gostaria de compartilhar com o senhor e com os internautas dois vídeos produzidos aqui em nossa cidade, com o objetivo de dar uma direção aos revoltados que precisam decidir sua vida sentimental! Seguem abaixo os links: http://terapiamoc.blogspot.com/2012/02/11-de-fevereiro-corredor-das-noivas.html http://terapiamoc.blogspot.com/2012/01/enquanto-isso-na-terapia.html Obrigado pela atenção! Érico Bandeira e a equipe da Terapia do Amor - Montes Claros/MG - Brasil.

  6. boa tarde é isso mesmo bispo tem que haver essa revolta nao estamos aqui na terra para ficarmos de braços cruzados e o desgraçado do diabo desfigurando o ser humano.a revolta ja começa logo assim temos que acordar para a realidade ou ficaremos ai ver as correntes.e sermos aprisionados na vida devido as nossas consequencia estou muito na revolta e continuarei ate o fim o diabo nao vai tirar meu polegar e muito menos da minha fe pois nao fui eu quem escolheu a DEUS mais ele que me escolheu. na fé

  7. Susana Ribeiro - Império

    É sempre mais fácil ficarmos acomodados... Esperarmos que algo acomteça... Só a REVOLTA, o CHEGA, o BASTA, nos fará sair do lugar avançar... Por isso não é hora de parar e ficar á espera mas é hora de ir á luta. Só isso nos fará destacar no meio da multidão...

  8. Eduardo Bravo - França

    Bispo Julio, boa tarde; A pessoa revoltada contra a situação se destaca diante das demais pessoas e diante de Deus. Deus nunca trabalhou com toda a multidão, porem escolheu pessoas especiais no meio da multidão. Abraão, Moises, Josué, Calebe, Gideão, David, Pedro, João e Tiago, e outros tantos, foram escolhidos e separados da multidão para uma grande obra. Cada um deles viveu e marcou a historia em épocas diferentes. Não se conheceram, mas tinham em comum a fé e a revolta. Cada pessoa que deseja vencer, fazer a diferença e se destacar das demais deve agir sua fé, revolta e sacrifício e conquistar uma vida de qualidade. Um forte abraço

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.