Mensagens

“Ai, como dói!!!”

25 de Novembro 2015

“Ai, como dói!!!”

Não é um mar de rosas… na verdade, implica tomar a consciência racional do próprio estado e querer revertê-lo, doa a quem doer

[blockquote autor=”Jz 6.13″]”Respondeu-lhe Gideão: Ai Senhor meu! Se o Senhor é connosco, por que nos sobreveio tudo isto?”[/blockquote]

Esta exclamação de Gideão, vai diretamente aos ouvidos dos que comparam a sua vida com as Promessas e Feitos Maravilhosos do Deus-Vivo. Mas, repare que a primeira expressão de Gideão foi de dor, angústia e aflição, foi um profundo e revoltoso: “AI…!!!”

Gideão conhecia bem as Maravilhas que Deus fizera no passado, mas, ao mesmo tempo, vivia uma vida extremamente humilhante e miserável. E a forma como Deus o abordou e falou com ele por meio do Seu Anjo, só indica duas coisas:

  1. Deus não fica sensibilizado apenas por saber que conhecemos as Suas Promessas e Maravilhas do passado;
  2. Ele também não fica sensibilizado com a nossa situação de miséria, dor, opressão e humilhação.

O QUE TOCA O DEUS-VIVO, É A NOSSA FÉ REVOLTOSA EM AÇÃO!

[blockquote]“E que é feito de todas as suas maravilhas que nossos pais nos contaram, dizendo: Não nos fez o Senhor subir do Egito?”[/blockquote]

E foi assim, logo a seguir ao seu “AI!!!”, que Gideão começou por questionar a sua condição presente e, enquanto ele expressava a sua Fé-Revoltosa, Deus, por meio do Seu Anjo, o encarava, porém, quando ele saiu da Fé-Revoltosa e entrou na fé-religiosa, começando a falar do passado e da história do seu povo, o Anjo do Senhor deu-lhe as costas, não por desprezo, mas porque não era momento para falar do passado e sim AGIR! Pois o Senhor, por meio do Seu Anjo, fez uma declaração no presente: “… É contigo…!” Não Falou nada sobre o passado.

[blockquote]“Porém, agora, o Senhor nos desamparou e nos entregou nas mãos dos midianitas.”[/blockquote]

Observe atentamente o perigo que existe em sair da Fé-Revoltosa e entrar na fé-religiosa, pois, quando o fazemos, acabamos por culpar a Deus pelas nossas desgraças e infortúnios, a exemplo de Gideão, que quando saiu da Fé-Revoltosa, afirmou que Deus os havia desamparado, quando, na verdade, tinham sido eles a desamparar ao Senhor.

[blockquote autor=”Jz 6.14″]“Então Se VIROU o Senhor para ele e disse: Vai nessa tua força e livra Israel da mão dos midianitas…”[/blockquote]

Na realidade, Deus, na Sua infinita Misericórdia, Paciência e Justiça, ficou de costas para este blá-blá-blá, desabafos religiosos de Gideão, mas, quando ele atribuiu as suas desgraças a Ele, Deus virou-se numa atitude de: “Isso não! Pare de atribuir as suas desgraças a Mim!!!” e deu a Gideão e a todos os sinceros, mais uma Oportunidade – pois, logo em seguida, Deus lhe deu a Ordem de: “VAI e LIVRA!”

[blockquote]“… porventura, não te enviei Eu?”[/blockquote]

Quando Deus nos envia para o Altar – Sacrifício-Voluntário – o Faz, porque não há livramento, solução, superação, resposta ou Milagre, se não Sacrificámos com a Fé-Revoltosa.

Por isso deixou claro que, Quem nos Envia, não é o nosso eu, necessidade, os outros, e sim Deus, por meio da Fé-Revoltosa!

Você está revoltado com a sua situação física, sentimental, familiar, económica, profissional, espiritual, ministerial???

Então, pare de exclamar ‘ai’, e use a sua Fé-Revoltosa, participando nesta Fogueira Santa de Israel!

Deus é contigo e nós também!

Bjf

Anterior

25 novembro

Seguinte

26 novembro


17 comments
  1. Audrey

    Não são as nossas làgrimas que chamão a atenção de Deus. Mas sim as attitudes, a gente tem que ir e livrar, se levantar e mudar a situação, como o Gideão. O que faz a pessoa se levantar e a revolta. Estou nessa revolta, mas tenho que vigiar com as palavras que eu falo... Acabo com o "aí! ?"

  2. Amanda Muniz

    Todos nos passamos por momentos como o de Gideão. Quando eu peguei o envelope para o meu sacrificio, estava agindo uma fe religiosa, pois eu queria fazer um sacrificio da minha forma, nao da forma como Deus queria de mim. Nao estava usando a minha revolta. Mas o meu desejo de mudar de via, fez com que eu usasse a minha revolta, e partisse para tudo ou nada. E eu sei que Deus ele vai me honrar, pois ele esta comigo.

  3. Amanda Muniz

    Todos nos passamos por momentos como o de Gideão. Quando eu peguei o envelope para o meu sacrificio, estava agindo uma fe religiosa, pois eu queria fazer um sacrificio da minha forma, nao da forma como Deus queria de mim. Nao estava usando a minha revolta. Mas o meu desejo de mudar de via, fez com que eu usasse a minha revolta, e partisse para tudo ou nada. E eu sei que Deus ele vai me honrar, pois ele esta comigo.

  4. Stéfany Nunes

    Boa noite bispo, muito forte essa mensagem me fez analizar qual o tipo de fé tenho usado. Com o passar do tempo deixamos nos influenciar pelas circunstâncias e a fé se torna religiosa e quanto mais reclamamos a situação fica cada vez mais complicada. Pois só com a revolta podemos chamar atenção de Deus!!!

  5. Katia Taborda

    Boa tarde Bispo Julio. Aqui bem claro mostrando a fe-revoltosa e fe-religiosa. E quantas vezes que eu nao percebia e entrava nessa fe-religiosa e começava ja reclamar com Deus e mesmo nesse momento Ele me nao respondia nada e nao acontecia nenhuma mudanca. Porque e mesmo Ele nao tem culpa de nada. Quem tinha culpa so eu porque nao fazia certo com precisava fazer. Nao me entregava como precisava entregar por isso nao acontecia nada. Mais quando eu uso fe-revoltosa nao tem reclamações nao tem culpa, tem foco revolta, fe e total entrega. Deus abençoe o senhor e a família.

  6. Airton Pereira

    boa noite! Sr Bispo muito forte essa mensagem pois muitos são os religiosos que culpam a Deus pelos seus problemas , mas poucos os revoltosos, que estão de "saco cheio" com a situação e é quando vão para o tudo e so assim Deus se manifestara nas suas vidas .

  7. eduardo souza oliveira

    reconhecer a nossa situacao e se revoltar contra ela,com a ajuda de forca.maior e o primeiro passo para uma mudanca.

  8. Raúl Corrales Romero - LORCA - España

    ¡Yo voy! ¿Cómo podemos negarnos a sacrificar por una causa tan justa y una propuesta tan maravillosa? Dios ya nos mandó salir de la cueva (fe religiosa) y hacer uso de la fe con indignación (sacrificio en el altar) y ahora no podemos fallar. Tenemos una responsabilidad muy grande y nuestra familia y muchas personas dependen de nuestra actitud y están observando nuestra decisión. No podemos tener miedo, llegó la hora de sacrificar. Gracias por este mensaje obispo Julio,

  9. Rui Moutinho - FJE SJ Madeira

    Boa tarde Sr. Bispo, Deus só se virou para Gideão quando ele mostrou Revolta dentro de si, pois antes de Gideão se revoltar ele falava apenas com o Anjo do Senhor. Se em nós não houver Revolta, Deus não se vira para nós e não atende a nossa necessidade. Muito obrigado por esta publicação mais que esclarecedora!

  10. Fábio Medeiros - FJE Açores - Ponta Delgada

    Bom dia sr.Bispo, O problema de Gideão era a humilhação de DEUS, por isso foi-lhe revelada a Fé Revoltosa para glorificar o Seu Santo Nome. Hoje é igual DEUS não aceita ver aqueles que Ele escolheu ainda antes da fundação do mundo serem escravizados pelo poder do pecado, pois assim Ele não fica em evidência. DEUS depende de nossos problemas para ser Glorificado neste mundo, por isso não temer os mesmos.

  11. De fato Gideão, foi um grande exemplo de fé e ação!

  12. sandra rodrigues

    Boa noite Bispo devemos nos curar primeiro deste trauma, e uma vez livre poder recordar sem sentir dor, mais recordar para mostrar a grandeza do nosso Deus.

  13. Antonio Volpin

    Boa Tarde Bispo e à todos, Gideão mostrou a Deus sua condição: sou o mias pobre... Deus mostrou à ele o Sacrifício.... Ou seja, não tem ai, e sim VAI! Muito obrigado

  14. Lector Frecuente

    Definitivamente los lamentos y el victimismo con conducen a nada. Buscar culpables es lo mismo que eludir la propia responsabilidad. Hoy en día no es muy diferente a los tiempos de Gedeón, el mal ha prevalecido, la miseria, la injusticia, la calamidad por la tibieza de aquellos que reclaman pero no reaccionan. Pienso que Dios está buscando a personas conscientes de Su grandeza, poder y además indignadas. Gente que es capaz de sacrificarse a sí mismos para que haya una diferencia o mejor una coherencia en vida. ¿cómo creer en un Dios tan grande y aceptar una vida al margen de mi fe? Indignante, intolerable, insensato.

  15. Clayton Silva

    Na Revolta e no sacrifício. Uma abençoada Quarta-feira bispo Júlio e á todos. Ai! Para aqueles que conheceram como também viveram as maravilhas de Deus em sua vida e hoje se encontram a viver fora desta maravilha! É mesmo de viver revoltado e agora mais do que nunca agir a fé com total revolta em direção da onde nos virá a resposta é a verdadeira transformação de vida, isto é ir para o Altar. Muito forte bispo Júlio essa mensagem. Fico agradecido. Saudações.

  16. Carlos Correia

    Boa tarde Bispo Quando vivemos uma fé revoltosa ,existe em nós uma impaciência para que as promessas de Deus se cumpram.Eu posso dizer que é uma revolta Santa ,porque é baseada na palavra de Deus. O SACRIFÍCIO É COMO O RASTINHO QUE FAZ EXPLODIR O DINAMITE E COLOCA A DESCOBERTO O MINÉRIO PARA A EXPLORAÇÃO.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.