Mensagens

Acha que foi muito?

25 de Novembro 2014

Acha que foi muito?

Quando se faz ou oferece algo para Deus, achando que é muito, este algo torna-se único, ou seja, sem sequência…

Mas, por que motivo tantas pessoas chegam, com tanta frequência, a esta conclusão?

A realidade é que, infelizmente, temos verificado, em inúmeras pessoas, o seguinte método de raciocínio: elas já sacrificaram no passado, no entanto, pararam porque, do seu ponto de vista, já deram e já fizeram muito, porque, caso não tivessem considerado muito, não teriam parado nem de Sacrificar e nem de Conquistar.

É assim que a mente humana funciona, quando não está orientada por algo superior a si própria, é ela que estabelece o limite da capacidade do seu próprio sacrifício.

Por isso é que, SE O QUE EU OFEREÇO, EU NÃO CONSIDERO MUITO, aquilo apenas se tornou o PRIMEIRO de muitos outros, ainda MAIORES.

Mas, neste caso, o que faz a pessoa, na prática? Vai sempre superando o seu Sacrifício, aquilo que foi estabelecido, feito ou oferecido. E, consequentemente, também vai aumentando as superações e conquistas, em todos os aspetos.

E desengane-se quem pensa que se trata apenas de algo material, na verdade, este princípio aplica-se a todos os aspetos na nossa vida, seja na vida espiritual, física, como material.

Deus é contigo e eu também!
Bjf

Anterior

25 novembro

Seguinte

26 novembro


8 comments
  1. O Sacrifício é um conjunto de entregue, seja sacrifício físico, espiritual e carnal, temos que nos superar a cada entrega para que não venhamos achar que já fizemos muito.

  2. YONARA Fonseca FJE Baixa da Banheira

    Boa noite Sr.Bispo Júlio realmente quando nós vivemos do sacrificío não há nada que nos impeça de sacrificar para Deus. Quando nós partimos para uma decisão não há como dar errado,porque o 'muito' que nós pensamos que colocamos no Altar não é nada comparado com aquilo que Deus tem para nós. Muito obrigado por essa mensagem. Que Deus o abençoe a cada dia mais.

  3. Fábio Rosa FJE IMPERIO

    Eu sacrifíco e quero continuar a sacrificar, é a constante dependência de Deus que traz resultados a mantêm a nossa fé ativa.

  4. Clayton Silva

    Boa noite bispo Júlio e a todos. Colossenses 1:18 Ele é a cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito de entre os mortos, para em todas as coisas ter a primazia, Quando se oferecer algo para Deus não se faz medição ou comparação do que se foi oferecido antes e nem mesmo do que se oferecerá depois, pois cada sacrifico expressa como realmente se está diante de Cristo e o que Ele representa para o que sacrifica, além de mostrar para Ele que realmente Ele é o primeiro e está acima de coisas e pessoas a expressão de sacrificar revela a posição em que Deus se encontra ao que lhe oferece. Fico agradecido. Atenciosamente.

  5. naide

    Quando vivemos de fé em fé, o sacrifício para nos é sempre uma forma de nos aproximar mais e mais do nosso SENHOR JESUS.

  6. Fábio Medeiros- FJE Açores(S.Miguel)

    "E vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem Daquele que o criou." Colossenses 3:10 Quando estamos no Sacrifício a nossa vida aperfeiçoa-se ou aproxima-se mais de DEUS, a Perfeição.

  7. Tiago Neto Leiria- FJE-Centro Alcobaça

    Ola boa tarde, devemos sempre nos esforçar para que possamos dar cada vez mais a Deus, pois nós nunca poderemos dar mais a ele do que Deus pode dar a nós.

  8. João Marques (Portugal)

    Aquilo que nós fazemos para Deus nunca é muito, entretanto nós temos sempre novos desafios e novas metas a atingir.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.