Mensagens

A melhor forma de derrotar o seu RIVAL

19 de Junho 2015

A melhor forma de derrotar o seu RIVAL

Ele compete consigo todos os dias… e tudo porque deseja ter tudo aquilo que você tem…

A palavra RIVAL, na sua origem, significa adversário, algo ou alguém que se opõe a si e torna a sua existência praticamente impossível. Muitas pessoas mantêm uma rivalidade ao longo da sua vida, coexistindo em constante competição, desentendimento e ciúme.

Ana era uma mulher casada, que amava o seu marido Elcana e vice-versa. Porém, Ana tinha um problema, considerado incapacitante, especialmente para a época em que ela vivia: ela era estéril, não podia dar ao filhos ao marido a quem tanto amava. Como forma de minimizar a situação (e como era habitual naquela altura), Elcana tomou para si outra mulher, Penina. Esta sim, ao contrário de Ana, podia conceber… e, assim, Ana, por ser a mulher a quem Elcana amava, tornou-se a rival de Penina, que a provocava, a irritava, pois sabia que o coração de Elcana pertencia a Ana. (1 Samuel)

Porém, a RIVAL Nº 1 de Ana, na verdade, não era Penina e sim a sua própria esterilidade, a sua doença. Penina só veio a existir na vida de Ana por causa do seu problema de saúde. Ou seja, Ana, na realidade tinha 3 RIVAIS:

  1. A DOENÇA
  2. PENINA
  3. OS FILHOS DE PENINA
  4. Todavia, existia ainda um outro rival, o 4º, que era a ACOMODAÇÃO.

Todos os anos, Elcana ia à Casa de Deus e fazia sacrifícios e orações, por si mesmo e por Ana… mas nada acontecia. Ana aguardava pela Justiça Divina, através dos sacrifícios do seu marido, do amor que ele sentia por ela e pelas suas lágrimas, pois era só o que ela sabia fazer, chorar e ficar amargurada… ela era incapaz de reconhecer que quem estava a ser injusta era ela… mas para com Deus.

Tal como Ana, não são poucas as pessoas que, hoje em dia, mesmo estando na Igreja, na Casa de Deus, só sabem chorar por causa dos seus problemas, estão tristes, amarguradas. Elas têm pena de si mesmas, por isso, tentam comover a Deus, pois sentem-se vítimas das circunstâncias, são “coitadinhas, pobrezinhas e infelizes”… Todavia, esse não é o choro da Fé, pois está a envenená-lo cada vez mais, a fazê-lo viver no sentimentalismo, ao invés de na Fé Viva.

Por isso, não pense que o seu rival é a concorrência, o seu vizinho ou o seu colega de trabalho… O SEU RIVAL É A RAIZ, o que está por detrás daquela pessoa ou problema. O verdadeiro rival de Ana era, de facto, a doença, o espírito que estava por trás da mesma! Depois, sim, vieram os outros rivais.

Deus só poderia fazer justiça quando Ana se revoltasse contra o seu problema, quando deixasse de ser acomodada, ao ficar na dependência do marido, assim como nós, que não devemos ficar na dependência do marido, da esposa, do pai, da mãe, dos filhos, do pastor ou do bispo… pois só devemos depender de Deus e de nós mesmos, da nossa própria Fé!

Ana fez de Elcana, o seu marido, a sua fortaleza, quando a sua força única deveria ser a sua Fé em Deus! E foi só quando ela descobriu isso, que o seu choro, a sua vida, a sua realidade de ser estéril foram transformados e todos os seus rivais caíram por terra!

Não cometa o erro gravíssimo de Ana, que a levou a perder anos da sua vida sem que nada mudasse. Vença os rivais que têm agido na sua vida, criando os problemas, fazendo de Deus a sua única fortaleza!

Deus é contigo, e eu também!

Bjf


15 comments
  1. Conflita

    A acomodação tem feito com que muitos ficam prestados diante das situações e que não venham alcançar nada porque não conseguiram encontrar a raiz de seu problema. O mais importante é não se acomodar, nem Espere pelo tempo. Lute e vai em frente.

  2. Cléa Souza

    É da Natureza Humana sempre atribuir a terceiros seus problemas e frustrações. Como Ana, existem milhares de pessoas que vivem pela Fé Emotiva, envelhecem e não amadurecem espiritualmente falando, sempre criam obstáculos que impede o verdadeiro crescimento espiritual. O que nos impossibilita vencer nossos traumas e frustrações, é não ter a consciência de que nosso maior rival somos nós mesmos. Só quando exercitamos a FÉ VIVA e cremos em um DEUS PODEROSO, somos libertos dos nossos fantasmas, aniquilando para sempre os nossos rivais.

  3. Renildo Souza

    Depois de uma atitude de fé é ai que Deus entra em ação. Porque quando usamos o sentimento, usamos o coração e a bíblia fala que enganoso é o coração mais do que todas as coisas e perverso, quem o poderá conhecer? Então quando usamos a razão a fé racional e não a emocional conseguimos entender os planos de Deus para nossa vida.

  4. Emilia

    Si tenemos a Jesús como nuestra fortaleza, única fortaleza entonces vamos a ser capaces de vencer todo aquellas raíces de nuestra vida que nos hacen acomodadas, que hacen que siempre tengamos los mismos problemas y nunca salgamos de esa situacion

  5. zuly belisario

    Uno de los pasos mas importantes para obtener una transformación en nuestras vidas, es reconocer la raíz de aquellos errores que poseemos, no haciendo de ellos un motivo por el cual hacernos las victimas delante de Dios, sino tomando una actitud de inconformidad de intolerancia una indignación en contra de aquello, para así poder arrancar esa raíz que causa tanto mal y solucionar totalmente aquel problema.

  6. Paulo Cabral-São Carlos

    Boa noite Quanto mais tempo tiver na igreja isso não significa que vou ser justificado pelo tempo da igreja, não vou ser justificado pela acomodação e nem vou ser justificado se a minha fé estiver no pastor, vou ser justificado se exercitar a minha fé, a fé sem obra é morta.

  7. Raquel Sanabria

    Es verdad Obispo, en casi todos los casos el motivo por el cual no conseguimos vencer no tiene nada que ver con los factores externos alrededor, y si el factor principal, que es la confianza y obediencia plena a la palabra de Dios. Muchas gracias por este mensaje.

  8. Aurora Dos Santos - Rio de Mouro - FJ Rio de Mouro

    Boa noite Bp. Rivais sempre havemos de ter, pois estes são como as adversidades que enfrentamos. Porém, só os podemos vencer quando fazemos de Deus a nossa fortaleza, como vemos a exemplo de Ana, que apesar de ter auxílio do seu esposo ela não vencia, pois tudo dependia dela, da sua atitude. E assim, também é connosco. Ainda que tenhamos auxílio de outras pessoas, se nós não agirmos a nossa fé, sem sentimentos ou dependência de terceiros, nada acontecerá!

  9. Yeni

    es necesario nuestra aptitud de indignacion y que mejor al usar nuestra propia fe pues es como podremos vencer cada uno de los rivales que se nos presentan en la vida y conquistar aquello por lo que tanto tiempo hemos esperado.

  10. Mirian Joice

    O nosso alicerce sempre tem que ser Deus,em tudo e para tudo.

  11. Clayton Silva

    Boa tarde bispo Júlio e á todos. Temos que tomar todo o cuidado para que não venhamos a ser rivais de nós mesmo. Temos é que ser humilde em reconhecer o quanto erramos e nós por aos pés de Cristo, e viver única e exuzivamente na total dependência de Deus e de nossa fé em revolta em busca da realização de um sonho que um dia se foi. Fico agradecido bispo. Atenciosamente.

  12. MARCELA SOUSA

    Boa tarde Sr. Bispo Júlio, Vejo que Ana criou seu próprio rival, ela se via como vitima, quando uma pessoa pega seu problema e se ver como vitima, se ver de coitadinha, quando se acha inferior a outra pessoa que aparentemente até tem uma vida de realizações, essa pessoa começa a criar seu próprio rival, enquanto Ana se viu assim, ela mesma se levou a perder anos e anos da sua vida, sem que nada mudasse. Mas quando Ana se revoltou, ela aprendeu a viver na dependência de Deus, essa mulher deixou de ter recursos próprios “sentimentos “o que a fazia criar seu rival. Quando Ana ergueu a cabeça e começou a viver pela fé, não ouve mais sentimentos, Ana deixou de viver seu ser natural, ela começou a ver Deus agir na vida dela. Mas para isso Ana teve que pagar o preço, deixar o seu próprio eu de lado e aprender a viver a fé sobrenatural e inteligente. Muito forte a historia de Ana, faz com que vigiemos para não cair no mesmo erro que Ana caiu, e por outro lado Ana deixou um exemplo muito forte de superação, através da sua fé inteligente ela recebeu o tudo de Deus na vida dela.

  13. Hay gente que no se da cuenta del error que comete, pierden tiempo llorando y rezongando por las cosas de la vida, la solucion real debe ser indignarse y hacer algo al respecto

  14. Filipe Silvestre - Cascais

    Boa tarde bispo. Todos os nossos problemas têm uma raiz. É essa raiz que lhes dá força e sustentação. Ora quando descobrimos qual é o nosso principal inimigo, que está na base de todos os outros problemas, ao usarmos da nossa força para o derrotar, todos os outros problemas e inimigos que nos atormentavam, vão acabar por secar, pois já não têm a raiz para os alimentar. Automaticamente tudo o resto se vai transformar. Enquanto que se tentarmos apenas resolver os problemas superficiais, hoje podemos resolver um, mas amanhã vai aparecer outro da mesma origem. Então é essencial fazer esta auto-análise e descobrir qual é realmente o nosso problema, pois tudo o resto são frutos dele. Obrigado pela mensagem bispo.

  15. Fábio Medeiros - FJE Açores - Ilha de São Miguel

    Bom dia sr.Bispo, O único em que nós devemos confiar é em DEUS, e seguidamente em nós mesmos, porque somos fruto de Sua Inteligência e Amor... "E DEUS criou o homem segundo a sua imagem; à sua imagem foi ele criado; homem e mulher foram criados." Gênesis 1.17

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.