Bispos e pastores Blog Destaque

Cuidado onde pisa!

1 de Outubro 2020

Cuidado onde pisa!

Existe uma arma considerada a mais covarde de todas: a mina terrestre.

Cerca de 6800 pessoas por ano, são mortas ou gravemente feridas por minas. entre elas * + 70% são civis
Constatou-se que pelo fato de ser um armamento que pode causar mais danos em tempos de paz do que propriamente no conflito, e por não ter um alvo estabelecido, as minas terrestres deviam ser banidas de qualquer conflito armado, e com isso foi assinado um tratado internacional para banir este armamento.
Porém na guerra espiritual, esta é uma das armas mais utilizadas pelo nosso arqui-inimigo.

Mina terrestre
Objetivo:
* Parar ou atrasar o progresso do inimigo causando dano físico e moral.
* Incapacitar movimentação.

O que podemos identificar como “Minas espirituais”?
* Sentimentos
* Dúvidas
* Inclinações
* Pensamentos inconvenientes
* Palavras inconvenientes
* Maus hábitos

“PORTANTO nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta,” (Hb 12:1)

Embaraçado = preso, amarrado, incapacitado.

Sentimentos: reações da nossa alma as informações que ela recebe pelos sentidos naturais ( visão, olfato, tato, paladar, audição).

As informações que recebemos pelos sentidos geram reações naturais: ira, paz, repulsa, prazer, medo, etc…
Por isso não devemos nos guiar pelas emoções, elas são facilmente influenciadas pelas circunstâncias que nos cercam.
São os sentimentos que acabam por gerar pensamentos de dúvida, que por sua vez vão gerar medo, e depois tudo o que leva ao fracasso.

“Pecado, que tão de perto nos rodeia”

O pecado é uma mina, está a apenas um passo. Por isso temos que vigiar, saber onde pisamos. Um passo em falso e “já era”.
Há Minas que explodem por aproximação (você não precisa propriamente “pisar”, mas só de se inclinar aquele pecado já é suficiente para “explodir” e causar danos que impossibilitam o progresso)
Se você estiver perto de quem pisa na “mina” você explode junto. ( Cuidado com quem você anda… Amizade, grupo, rede social)

 

“Correr com paciência”

Normalmente quem corre é porque tem pressa, mas aqui o alerta é correr, sem pressa.

Maratona – correr em um ritmo relativo que condiciona a chegar em longas distâncias.

Nenhum corredor de maratona sai disparado com pressa, mas sua preocupação é manter o ritmo que lhe de condições de chegar no fim.

“E já vos esquecestes da exortação que argumenta convosco como filhos: Filho meu, não desprezes a correção do Senhor, e não desmaies quando por ele fores repreendido;” (Hb 12.5)

Não há nada que mexa mais com as emoções do ser humano do que ser contrariado, repreendido. É exatamente isso que põe para fora o que realmente está dentro de nós.
Quem gosta de ser repreendido? Mas a orientação é: não despreze. Ainda que você não goste, ainda que não concorde, não despreze!

*As correções nos fazem enxergar que nossas emoções estão nos enganando!*

“Porque o Senhor corrige o que ama, e açoita a qualquer que recebe por filho. Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija?” (Hb 12.6-7)

“Se” suportais…
A condição de suportar ou não é uma escolha nossa. Quer ser filho? Vai ser repreendido!

“Mas, se estais *sem disciplina*, da qual todos são feitos participantes, *sois então bastardos*, e não filhos.” (Hb 12.8)

Quem não aceita a correção:
* não é filho
* Não aprende
* Não desenvolve

“E, na verdade, toda a correção, ao presente, não parece ser de gozo, senão de tristeza, mas depois produz um fruto pacífico de justiça nos exercitados por ela.” (Hb 12.11)

Ninguém fica feliz ao ser repreendido. Causa constrangimento, vergonha, humilhação, mas depois disso aprendemos, amadurecemos e erramos menos.
* A repreensão é uma “antimina” de Deus para nós.
* A repreensão sem motivo é uma oportunidade de sermos justificados por Deus.
* Só há duas respostas para o servo: sim senhor, não senhor (isso elimina a emoção).
* O caminho para o reino de Deus é um campo minado. E o diabo caprichou nas minas… Muito cuidado onde pisa!

“O que disser ao ímpio: Justo és, os povos o amaldiçoarão, as nações o detestarão. Mas para os que o repreenderem haverá delícias, e sobre eles virá a bênção do bem.” (Pv 24.24-25)

Pr. Rodrigo – Filhos Universal – SP Brasil

Anterior

1 Outubro

Seguinte

Momento de Oração


3 comments
  1. Julieta

    Me ayudo este post ya que las veces que fui reprendida lo tomaba para mal. No me daba cuenta de que Dios me estaba cuidando mediante esa reprension y librandome de algo peor.

  2. Simone Viana Pessoa

    Aos que se mantiverem vigilantes no percurso da caminhada cristã, por certo alcançará a Coroa da Justiça.

  3. Sarah

    Que possamos estar sempre em alerta aonde pisamos e com quem andamos, pois nem todos que se aproximam de nos tem boa sorte intenções.

Deixe um comentário

Responder a Julieta Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.