Audios

Morto ou vivo para Deus (Parte 2)

26 de Dezembro 2015

Anterior

26 dezembro

Seguinte

27 dezembro


5 comments
  1. Diane

    Tá ligado bp estar cansado não é problema mas o sinal de que sim estou na guerra e Deus é comigo para vencer! Vamos em frente

  2. Diane

    tá ligado bp estar cansado não é problema mas o sinal de que sim estou na guerra e Deus é comigo para vencer!

  3. Fábio Medeiros - FJE Açores - Ponta Delgada

    Bom dia sr.Bispo, Quando estamos no espírito, o cansaço torna-se um prazer, mas quando na carne um faro difícil de carregar.

  4. João Ferreira

    Boa tarde Bispo, para que sejamos fieis até a morte, temos que estar mortos para o mundo até a morte. Quando estamos vivos para o mundo então a nossa vida perde o gosto completamente, porque o nosso interior e exterior é trevas, ou seja, podemos até ter tudo (no exterior), mas nada nos agrada, nada trás satisfação completa, somos incompletos! Mas quando morremos para o mundo e vivemos para Deus, então passamos a estar completos, porque Deus não dá nada incompleto, Ele mesmo deu o Seu Único Filho por completo até a ultima gota de sangue e água e assim é a nossa vida quando vivemos para Ele. COMPLETA! Obrigado pela sua direcção, Deus o abençoe!

  5. Francisco Baiadori

    Boa tarde Bispo! A nossa dependência tem que estar única e exclusivamente em Deus, pois as pessoas e familiares podem nos decepcionar, mais Deus jamais nos decepcionará. E por mais que estejamos cansados pelas lutas, problemas, dificuldades, temos que perseverar, pois como está escrito: "com efeito, tendes necessidade de perseverança, para que, havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa." (Hb 10:36). Fizemos e fazemos a vontade de Deus quando sacrificamos, negamos nossas vontades, praticamos a Fé-Revoltosa. Assim, alcançaremos a promessa (resposta, realização dos sonhos, Vida Etetna) e todos verão que só o Senhor é Deus! Obrigado pela atenção e cuidado!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.