Audios

3 coisas necessárias para superar o impossível

3 de Novembro 2015

[soundcloud url=”https://api.soundcloud.com/tracks/231334303″ params=”auto_play=false&hide_related=false&show_comments=true&show_user=true&show_reposts=false&visual=true” width=”100%” height=”400″ iframe=”true” /]

Deus é contigo e eu também!

Bjf

Anterior

03 novembro

Seguinte

04 novembro


19 comments
  1. Rafael

    Bom dia bispo. Quando damos a cara para vencer o problema, sempre achamos a solucao, pode nao vir rapida a resposta, mais com certeza vira. Se sou perseverante, entao eu venco, e aquilo que era impossivel para a ser possivel. Obrigado.

  2. Clayton Silva

    É preciso que se tenha humildade para reconhecer que chegamos a esta situação e verdadeiramente precisa-se buscar sobre tudo ajuda por meio da fé, sem se preocupar com o que vão pensar a nosso respeito. Fico agradecido. Atenciosamente.

  3. Joyce Holanda

    Olá Bispo boa noite. Creio que somente quando confrontamos um problema, "impossível", é que podemos alcançar a vitória. A fé sabemos que não torna as coisas mais fáceis, mas ela faz o impossível, se tornar possível. Por isso devemos exercitar a nossa fé diariamente, para que quando estivermos diante destes tipos de problemas, venhamos estar suficientes fortes, para enfrenta-los, se apegando a sua palavra, que nos deu e dar provas concretas de que essa palavra para Ele não existe. Por isso devemos permanecer crendo, que em tudo Ele é com a gente. Deus abençoe Bispo, na fé.

  4. Marlene Nascimento

    Reconhecer o problema, enfrentá-lo e exercitar a fé. Muito obrigado pela direção, Bispo.

  5. Maria Clara Brites

    Olá Bispo, Durante muito tempo de igreja,eu descontava nas pessoas os meus problemas,e foi assim por muitos anos,até eu entender que não era as pessoas,mas era dentro de mim,pois não havia a confiança em Deus. Aprendi que sem essas três coisas é impossível superar. Obrigada Bp por compartilhar.

  6. Sandra Isabel Castelo

    Quando nós não agimos, concerteza que o impossível não vai acontecer na nossa vida. Na maioria dos casos nós ficamos na nossa zona de conforto e pensamos que já fizemos tudo reclamando porque não estamos ver a mudança de vida. Essas 3 coisas para superar o impossível é muito fundamental e devemos meditar nelas e colocar em pratica no nosso dia-dia.

  7. Caio Reis

    Boa noite bispo. Vemos que não à segredo algum para que o impossível aconteca. Cada um desses passos completa o outro, eu posso reconheçer mas se não uso a fé, se eu nao confronto não vai acontecer nada, o que vai acontecer é que a pessoa vai acabar por se sentir frustrado. E assim vice-versa Mas o que fazemos deve ser algo completo, se queremos a obra de Deus completa na nossa vida, se queremos que o "impossivel " aconteça devemos nos fazer o impossível, fazer cada um desses passos que custa, ate acontece de fazermos e de imediato nao ter resultado mas Deus é justo, ele é fiel, ele cumpre com o que promete.

  8. Priscilla Marcos

    Olá bispo, Uma das minhas maiores dificuldades nos primeiros anos na igreja foi entender isso que o senhor explicou agora. Porque eu pensava, mesmo que de maneira inconsciente (as minhas atitudes mostravam isso), que por acreditar em Deus, tudo iria acontecer automaticamente. Eu pensava que os problemas iriam se resolver e que eu não precisava enfrenta-los.... Pensava que por ir à igreja e não fazer "nada" errado, a minha vida espiritual estava bem. Que grande erro! Até que eu aprendi a enfrentar os meus problemas e a usar a fé para vence-los, pois através das minhas próprias mãos eu não iria conseguir. Obrigada bispo pelos valiosos ensinamentos que transformam nossas vidas!

  9. Fabiana Silva Pereira

    Olá Bispo, Quando agimos assim como o senhor falou no áudio estamos dependendo de Deus e não da força dos nossos braços. É quando passamos por momentos difíceis que mostramos se realmente dependemos dEle, mostramos para nós mesmo a fé que temos. Ele mesmo disse; que a fé sem obras é morta. Quando não tem essas 3 coisas tão importantes não veremos o impossível tornar possível. Obrigada.

  10. Pedro Rebelo

    Boa tarde Bispo claro simples e objetivo. Se não houver o confronto não se tem como provar que se crê se acredita em Deus, se não houver o confronto não se apela a fe pois se não se confronta o problema prova que não acredito que vou supera lo, logo Deus fica impossibilitado de agir.

  11. Diana

    Muito forte a mensagem, Bispo! Um aprendizado para mim. Vou colocar em prática. Não devemos fugir do problema, mas, sim confrontá-lo, assim seremos filhos de Deus fortes, e não fracos, covardes na fé. Que Deus abençoe mais e mais o senhor!

  12. Gianni Da Costa

    Uma coisa é ter fé, mas é totalmente diferente conservar essa fé até receber a resposta. A fim de pôr em prática a nossa fé, é preciso termos a visão de um objectivo definido. A fé é a substância das coisas- coisas nítidas- que se esperam. Se tivermos uma ideia vaga da nossa meta, não haverá comunicação com aquEle que pode responder á nossa oração.

  13. Francisco Baiadori

    Boa tarde Bispo! Estes são 3 conselhos práticos que podem mudar a atitude daqueles que estão a esperar Deus agir e não agem. Como Namã, que se dispôs em ir até o profeta, vencendo a dúvida, o preconceito e até mesmo o seu orgulho quando mergulhou no rio Jordão. E o resultado foi a superação daquela doença que era incurável. Se agirmos desta forma, com coragem, ousadia e fé, mostraremos o verdadeiro poder de nosso Deus em nossas vidas e todos verão o que Ele é capaz de fazer! E assim, glorificaremos ao Seu Santo Nome. Obrigado pela atenção e cuidado!

  14. Botelho Castelo

    Muito forte essas 3 coisas necessárias para superar o impossível, quando se reconhece o problema e o mesmo é apresentado a Deus na confiança de que Ele vai fazer o impossível, então nós confrontamos o problema ao invés de fugir e consequentemente a fé estará na flor da pele para ser exercitada e tomar posse do impossível. Concerteza que está mensagem simples e despertadora acrescentou algo na minha vida. Obrigado Bispo por ter partilhado. Deus o abençoe ricamente.

  15. Wilson Toste

    Bom dia bispo, reconhecer é sermos humildes perante o Todo Poderoso e é isso que Ele espera de nós, confrontar e desafiando o que quer que seja, assim como Davi enfrentou o gigante assim temos que ser nós no dia a dia, aparentemente um "problema", "situação" que olhando com olhos fisicos parece impossível de vencer, olhemos então com olhos espirituais, confiando e exercitando uma fé inteligente tendo por base a palavra que liberta, que promete que é verdadeira. Deus abençoe a todos.

  16. Fábio Medeiros - FJE Açores - Ilha de São Miguel

    Bom dia sr.Bispo, Talvez vocês digam a si mesmos: "Essas nações são mais fortes do que nós. Como poderemos expulsá-las? "Não tenham medo delas! Lembrem-se bem do que o Senhor, o seu Deus, fez ao faraó e a todo o Egito. Vocês viram com os próprios olhos as grandes provas, os sinais miraculosos e as maravilhas, a mão poderosa e o braço forte com que o Senhor, o seu Deus, os tirou de lá. O Senhor, o seu Deus, fará o mesmo com todos os povos que agora vocês temem." Deuteronômio 7:17-19 (NVI) Não existe problema maior que outro, a nossa carne é que é fraca quando a alimentamos, por isso estar sempre em ESPÍRITO.

  17. Alexandre Oliveira

    Bom dia Bispo, Tudo se torna possível quando, quando colocamos a nossa vida no Altar do Deus Vivo, para isto, com uma atitude de inteligência, agindo uma fé externada através de um sacrifício voluntário onde demonstramos a nossa total depender e obediência à Sua palavra. Depois de demonstrar vem então a reação se confiamos, nos entregamos, somente permanecermos fiéis.

  18. Antonio Volpin

    Bom dia Bispo e à todos, Quem não segue esses passos, se omite, foge e não chega a lado nenhum. Deus nos deu a Fé-Inteligente não para fugirmos, mas sim para "dar a cara", com toda força. Muito obrigado

  19. Weslley Coutinho

    Ta ligado bispo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.